Rapha campeão na Itália em final com placar incrível



O Trentino transformou a final do Campeonato Italiano em um passeio. Neste domingo, em jogo único disputado em Roma, massacre sobre o Cuneo por 3 sets a 0, parciais de 25-13, 25-22 e 25-9, em pouco mais de uma hora de jogo.

O primeiro e o terceiro sets tiveram placares difíceis de ser ver em jogo de líder contra lanterna. Em final de campeonato, então…

O oposto tcheco Stokr foi eleito o melhor da decisão, após marcar 21 pontos.

O time de Trento, que já havia conquistado a Liga dos Campeões da Europa e o Mundial de Clubes, fecha sua Tríplice Coroa com o scudetto.

Entre astros como o búlgaro Kazyiski e o cubano Juantorena, brilha o levantador brasileiro Rapha.  Em sua quinta temporada na Itália, a segunda pelo Trentino, ele se firma como um dos melhores da posição na Velha Bota. Já são seis títulos, além de ter sido eleito o melhor levantador dos dois últimos Mundiais.

Outro brasileiro campeão pelo Trentino foi o central Riad, um dos reforços do RJX para a próxima temporada.



  • Vitor

    Nossa, que decisão mais sem graça. Depois querem falar que a nossa Superliga não é o melhor campeonato de clubes do mundo.

    • Paulo

      Ué, mas não é mesmo. A nossa Superliga ta com um nível altíssimo, e apesar do italiano ter caído um pouco, continua sendo o melhor campeonato do mundo. O masculino…pq o feminino…nossa…ta péssimo…

      • Vitor

        Acho a nossa Superliga Masculina muito melhor que o Campeonato Italiano. O material humano brasileiro é muito superior. Faltam bons técnicos.
        A Feminina realmente deixa a desejar. A Liga Turca, Russa e ainda a Italiana são bem superiores a nossa.

        • Adriano

          Falando do feminino, acho que a liga italiana é ainda muito superior às demais em termos de equilíbrio técnico. Se você for olhar os campeonatos russo e turco, por mais que haja várias estrelas lá, você verá que provavelmente o hiato entre os 3, 4 principais times para os demais é tão grande (ou ainda maior) que aqui no Brasil. 25 x 9 e coisa do tipo acontece o tempo todo.

          No masculino, acho, sim, que tecnicamente a nossa liga não deixa a desejar pra nenhuma outra, mesmo com poucos estrangeiros. É ilustrativo dar uma olhada na quantidade grande de levantadores de alto nível que nós temos. Quanto à organização, aí é um capítulo à parte, e estamos ainda bem atrás.

          Falando do Rapha, pessoalmente acho ele um levantador excelente e espero que com esse título ele obtenha mais reconhecimento. Durante a passagem do Bruno por Modena, vimos muito todo mundo exaltá-lo, merecidamente, mas muitos esquecem (e me refiro principalmente às redes sociais, twitter, etc., e alguns sites de vôlei – acho que o blog do Daniel cobriu de maneira justa) do valor do Raphael, grande levantador brasileiro, e que fez seu nome lá fora. Para mim, sem desmerecer o talento do Bruno, o Rapha ocupa um espaço entre os três melhores levantadores do país HOJE, ao lado de Ricardinho e William. Mas temos un 6 ou 7 levantadores que poderiam estar na seleção.

  • Luciano

    Parabéns ao Trentino, time empresa que deu certo. Porém para a Itália isso é ruim, pois o levantador é brasileiro, um ponta é búlgaro, o outro é cubano, o oposto é tcheco, somente os centrais Birarelli e Sala e o líbero Bari são italianos, sem contar com o outro time da final recheado de gringos, portanto, Itália como seleção tá longe de chegar ao pódio novamente.
    Isso é de se preocupar..
    Agora fico pensando como o Bernardinho vai definir o segundo levantador do time, pois o Bruno é garantido no time, Marlon está com a seleção a algum tempo, Willian fez uma excelente super liga e Raphael tá conquistanto tudo.. e agora Bernardo?

MaisRecentes

Como ficará a Arena da Baixada para as finais da Liga



Continue Lendo

Vaivém: Sidão animado com projeto corintiano



Continue Lendo

Vaivém: A apresentação de Serginho no Corinthians



Continue Lendo