Quer ser líder? Não, obrigado! E o equilíbrio aumenta



A rodada pós-Carnaval da Superliga masculina poderia marcar a troca na primeira posição. Mas vai ficar marcada por equilibrar ainda mais a disputa na zona de classificação para os playoffs.

O líder Sesi foi até Montes Claros e perdeu por 3 a 1 para os mineiros, quarto colocados, com parciais de 25-18, 27-29, 25-23 e 25-19.  Murilo reclamou do saque do time paulista. Já o técnico Giovane lamentou as falhas no passe. É perceptível que o conjunto, como um todo, ficou devendo.
Logo depois, a Cimed, ainda sem o levantador Bruninho, foi Contagem, também em Minas, para encarar o Sada/Cruzeiro, terceiro melhor. Um vitória bastaria para que os catarinenses assumissem a ponta. Mas eles caíram em sets diretos, parciais de 25-20, 25-23 e 25-18. Nitidamente, o titular da Seleção faz a Cimed ser um time capaz de brigar pelo título. E precisa voltar rapidamente.

Assim, os quatro agora estão mais próximos na classificação: 49, 48, 44 e 43. Mas a disputa pelo primeiro lugar está polarizada entre Sesi e Cimed.

Quem tem a lamentar é o Vivo/Minas, que, apesar da sétima vitória seguida (3 a 1 sobre o Soya/Blumenau), não conseguir diminuir a distância para o G4. Foi a 41 pontos.

Vale citar ainda a importante vitória do Vôlei Futuro (também em quatro sets) sobre o Londrina/Sercomtel, em confronto direto. Os dois dividem o sétimo lugar com 38 pontos, no limite de classificação para os playoffs. O Medley/Campinas está na cola, com 37.



  • Vitor

    Muito boa essa Superliga. Agora fato que me espanta é a irregularidade do ‘quase sempre’ regular Sesi. Como vem alternando bons momentos no passe e no ataque nos últimos jogos. No jogo de hoje vimos até Serginho quinando bolas e tomando aces bobos e Murilo desperdiçando ataques no simples. Preocupante !
    Já em relação a equipe do Cimed, nenhuma novidade. Desde aquele jogo em que o Bruninho se contundiu, isso estava anunciado. Joel que me desculque, mas ele não tem volei pra ser titular de uma equipe como o Cimed. Ainda mais uma equipe regida e marcada pela velocidade e ousadia do Bruno.
    E o Vivo/Minas segue na sua bonita caça ao líderes. Sábado terá uma batalha contra a Cimed na Arena Vivo. Se ganhar, coloca seu nome de vez os favoritos.
    E também achei surpreendente a vitória do Volei Futuro sobre o Londrina. Apostei em um 3×1, só para os Paranaenses. Bonita vitória do time de Araçatuba, e que sirva de combustível nessa reta final. O amante de volei agradece.
    Abraço

  • Leonardo

    Sesi e Cimed estão em jogo de empurra para ver quem vai disputar as quartas de finais com o Vôlei Futuro. Um tentando deixar a liderança para o outro. mas esta tática pode dar errado pois agora o Vôlei Futuro tem boa oportunidade de ficar em 7º lugar na classificação final.
    Compreendo Sesi e Cimed pois com certeza não será fácil encarar o Vôlei Futuro logo de cara, visto que o elenco é formados por jogadores que gostam de jogos decisivos como Ricardinho e Vissotto (vide Vissotto nas finais do Mundial). Não creio que essa volta do Bruninho já na semana que vem seja muito confiável, um rompimento de ligamento decorrente de torção no tornozelo não é tratada tão rapidamente. Acredito que ou o Bruninho terá que se preservar um pouco durante as partidas ou poderá acabar agravando a lesão.

  • SUELY

    Penso que tanto o SESI como o CIMED perderam porque a superliga está muito equilibrada, é muito dificil aceitar que um técnico como GEOVANE, jogadores como SERGINHO,TIAGO,MURILO vão se deixar abater para não enfrentar o VÔLEI FUTURO. O que realmente aconteceu foi que, tanto o SADA como o MONTES CLAROS,conseguiram superar seus adversários.O time do Montes Claros é guerreiro, os meninos estão de parabéns e técnico TALMO então que figura abençoada. Nós os torcedores do vôlei estamos apaixonados pela superliga deste ano.Nota 1.0000.

MaisRecentes

Joelho afastará Gabi das quadras



Continue Lendo

As primeiras transmissões da Superliga na TV



Continue Lendo

Vaivém: Thaisa jogará a Superliga



Continue Lendo