Quase sem dor, Natalia já salta. Mas é preciso paciência



Nos próximos jogos do Brasil no Grand Prix será possível ver, gradualmente, o retorno de Natalia. Dez semanas após a cirurgia para a retirada de um tumor benigno da canela esquerda, a atleta está recuperada e volta a ser opção de Zé Roberto Guimarães. Mas, galera, devagar com os pedidos aqui para ela entrar logo no lugar da Mari, da Paula, ou de quem quer que vocês escolham. Ultimamente percebi que o assunto pontas da Seleção gera amor e ódio entre os torcedores.

O procedimento cirúrgico que Natalia passou foi delicado e raro, como contou o médico Júlio Nardelli. Segundo ele, existiram apenas nove ou dez casos semelhantes no mundo. Hoje, a ponta começa a ter a mesma carga de treinamento das demais companheiras.

– Nós combinamos com o Zé Roberto que o retorno seria gradativo. Não precisamos expo-lá a uma atividade intensa logo de cara. Então, nós estamos criando esse planejamento porque não existe nada efetivamente escrito e diagnosticado na literatura médica. Estamos criando esse protocolo, até para divulgar para quem precise depois. É um protocolo muito simples, mas que tem tudo contado para que o retorno seja positivo e sem risco para a atleta. Depois de dois meses e meio, ela está voltando o treinamento com salto e está atacando com mais força. O retorno dela está sendo bem positivo e vamos ver se conseguimos aproveitá-la mais na fase final do Grand Prix – disse o médico.

O Brasil estreia na segunda semana do GP nesta sexta, em Alamaty, no Cazaquistão, contra a Tailândia, às 9h (horário de Brasília). Sportv e Esporte Interativo transmitirão.

– Fiz a cirurgia há dez semanas. Estou me recuperando super bem. Tinha começado a treinar desde a Copa Pan-Americana, no México, a parte de fundo de quadra e defesa. Depois, em Saquarema, comecei a saltar aos poucos. Já na primeira etapa do Grand Prix, aumentei a carga de treinamentos e estou saltando quase sem dor. Estou cada vez melhor. Espero, em breve, poder entrar em quadra para ajudar as meninas – comentou a jogadora.



  • Afonso (RJ)

    Volta logo, Natália (Fiona, Panzer I). Precisamos de você.

  • Realmente Daniel, é preciso paciência. Até porque, o ano ainda é longe, tem Campeonato Mundial e início da Superliga.

    Siga o @eee_blog, Acesse o Esporte e Esportistas, http://t.co/L0MUUv4 e Curta o Facebook! http://on.fb.me/jqI0DV

  • Mauricio

    Será que 2012 será o ano da Natália? Tomara!

MaisRecentes

Joelho afastará Gabi das quadras



Continue Lendo

As primeiras transmissões da Superliga na TV



Continue Lendo

Vaivém: Thaisa jogará a Superliga



Continue Lendo