A programação do Rexona para o Mundial



O Campeonato Mundial feminino de clubes em Manila, nas Filipinas, serviu como lição para o Rexona-Ades mudar os planos para a próxima edição da competição, em Kobe, no Japão, no próximo mês.

O campeão da Superliga decidiu antecipar a viagem para se ambientar ao fuso horário, diferentemente do acontecido no último torneio, além de quebrar o longo deslocamento em duas partes. Desta forma, o time carioca viajará no início da próxima semana. O primeiro trecho da viagem será até a Holanda. No país da ponta Anne Buijs, o Rexona treinará por dois dias.

Na sequência, o elenco viajará para Osaka, no Japão.  Apenas na véspera da abertura, no dia 7 de maio, as cariocas irão se deslocar até Kobe, para o reconhecimento oficial ao ginásio.

No fim de semana, com a definição do campeão europeu, o Vakifbank, da Turquia, uma vaga foi aberta na competição, já que a equipe já preenchia um posto como convidada, ao lado de Vôlei Nestlé, Volero Zurich (SUI) e Eczacibasi (TUR). A Federação Internacional deve anunciar nos próximos dias quem ficará com a vaga. A tendência é de que seja mais um time europeu.

Os demais participantes do Mundial serão os japoneses Hisamitsu Springs e NEC Red Rockets.



MaisRecentes

Não sei em quem apostar na Superliga feminina



Continue Lendo

Coluna: Um por todos, todos contra Taubaté na Superliga?



Continue Lendo

Caramuru usa artifício jurídico para jogar a Superliga



Continue Lendo