Primeiro passo bem dado



Uma estreia com poucos sustos.

Assim defino a vitória brasileira por 3 a 0 sobre a Bulgária, parciais de 25-19, 25-22 e 25-16, na tarde desta terça-feira, pela primeira rodada do Campeonato Mundial, em Trieste, na Itália.

Um primeiro set tranquilo, o segundo enroscado até o empate no 22º ponto e um terceiro novamente de total domínio brasileiro. Saque entrando para incomodar e desestabilizar a recepção das europeias, facilitando demais a vida do bloqueio, poucos erros e nada de nervosismo.

Vencido este duelo, que tinha tudo para ser um pouco mais equilibrado, é de se esperar mais duas vitórias por 3 a 0 sobre Camarões e Canadá, esperando jogos de verdade apenas contra Turquia e Sérvia, no encerramento desta primeira fase.

PS: acrescentando aqui algumas opiniões a mais sobre a estreia:

– Com 50% de aproveitamento no ataque, Jaqueline mostrou mais uma vez a evolução neste fundamento.

– Bom ver Sheilla começando o Mundial como maior pontuadora do Brasil (15). Em jogos contra times altos, a presença da oposto será fundamental.

– Fernanda Garay destoou do restante do time. Recebeu mais de 20 bolas de Dani Lins e colocou apenas quatro no chão. Também não estava bem no passe.

– Thaisa admitiu que ficou abaixo do normal no ataque. Os sete pontos marcados são a prova de que a bola de segurança com ela, pelo meio, não funcionou.

 



  • Aline

    Esse Mundial Feminino está muito fraco, acho que muitas jogadoras de alto nível não se animaram a disputar esse torneio devido ao regulamento ridículo e ao excesso de jogos desnecessários. E preferiram tirar férias a ter que ficar nesse torneio de louco.
    Esse seria o caso de Sokolova, Yuko Sano, Taismary Aguero que preferiu se dedicar ao filho, por exemplo.
    CAMPEONATO CHATO e EXTREMAMENTE ESVAZIADO DE GRANDES JOGADORAS E POR ISSO MUITO DESINTERESSANTE:
    1) Natalya Mammadova, maior estrela do Azerbaijão esnobou o Mundial e deu mais valor ao clube Rabita Baku, em vez de se desgastar no Mundial vai aproveitar esse parada nos campeonatos de clubes para operar o ombro direito.
    2) A central vibradora da Bélgica, Aelbrecht,se lesionou durante os treinamentos e está fora.
    3) A líbero Sano MVP do Grand Prix preferiu tirar férias em vez de jogar, como se já não bastasse a aposentadoria da levantadora Takeshita.
    4) Em CUBA a situação é pra lá de crítica! Houve uma debandada geral, jogadoras como: Nancy Carrillo, Daimí Ramírez, Rosir Calderón, Yanelis Santos, Yusleinys Herrera, Kenia Carcaces, Yusidey Silié, Yaima Ortíz poderiam muito bem estar nesse Mundial 2014 formando uma equipe competitiva, porém CUBA vem com um bando de novatas lideradas por uma ADOLESCENTE de apenas 15 anos: Melissa Vargas.
    5) O passe da RÚSSIA é sofrível e como SOKOLOVA,a melhor passadora do time, preferiu tirar férias a vir para o Mundial, a central Shlyakhovaya ficará de fora por uma lesão no joelho e a outra central Morozova ainda se recupera de problemas no ombro, com isso, a Rússia fica ainda mais dependente de GAMOVA e das BOLAS ALTAS!
    6) Os EUA tem desfalques importantíssimos: a oposto Destinee Hooker, as ponteiras Kimberly Glass e Megan Hodge, a líbero Tamari Miyashiro, e a central Heather Bown.
    7) A HOLANDA não contará com a ponteira canhota Grothues lesionada, melhor sacadora do Mundial 2010.
    8) Os JOGOS ASIÁTICOS,ou seja, as OLIMPÍADAS ASIÁTICAS, estão sendo disputados simultaneamente com o MUNDIAL FEMININO DE VÔLEI. A TAILÂNDIA priorizou os JOGOS ASIÁTICOS e mandou sua EQUIPE B para o MUNDIAL,enquanto a EQUIPE A disputa os JOGOS ASIÁTICOS. Portanto, não teremos o talento da levantadora Tomkom, melhor do mundo na atualidade.
    9) O CANADÁ não contará com sua maior pontuadora, a oposta SARA PAVAN que estará no GRAND SLAM DE VÔLEI DE PRAIA DE SÃO PAULO.
    10) A SÉRVIA não terá BJELICA E MALAGURSKI.
    11) A TURQUIA não contará com a oposta Darnel.
    12) A ITÁLIA está sem TAISMARY AGUERO que pediu dispensa para se dedicar ao seu bebê.
    13) Na ALEMANHA, Mari acabou não considerando o convite do técnico GIOVANI GUIDETTI de passar a defender a equipe, que ganharia com a experiência da Campeã Olímpica.

    • Bil

      Melhor para nós, que venha o título inédito, não precisamos mais provar nada para ninguém que somos os melhores.

    • Fernando

      Como fala abobrinha, meu Deus.
      Esvaziado de craques estava o mundial masculino. Este sim com um nível técnico baixíssimo.
      Feminino tem nada menos que Gamova, Kosheleva, Obmochaeva, Sheilla, Thaísa, Fabiana, Piccinini, Del Core, Costagrande, Lo Bianco, Saori Kimura, Akinradewo, Larson, Brakocevic, Sonsirma, Ozsoy, Zhu Ting, Bethania de la Cruz, Manon Flier, Vasileva, Poljak, Mihajlovic, Ognenovic, Kozuch, Furst, Van Hecke.
      E poderia continuar a lista.
      Incrível como algumas pessoas sempre olham o lado meio vazio pra falar do vôlei feminino e diminuir o valor de uma possível conquista das meninas mas com o masculino numa entressafra danada olham a metade cheia do copo, principalmente a tal ALINE caps lock

      • pedro

        Muito bem dito, fernando. sem falar que muitas das jogadoras faladas por aline estão lesionadas. elas até queriam jogar o mundial, mas devido a lesões não puderam. e comparar campeonato mundial com jogos asiáticos, é para RIR.

        e heather bown não é opção pra kiraly. dps de 2008, ela foi totalmente deixada de lado até pelo técnico neozelandes nas olimpiadas de londres.

        ou seja, aline so falou MERDA

      • Bia

        Tenta tanto desmerecer que até não citou que estamos sem nossa líbero bi-campeão olímpica. Mammadova já aposentou da seleção, essas atletas cubanas não defendem a seleção a tempos, Sokolova está machucada e quem são Miyashiro, Bjelica e Malagurski na fila do pão? Vamos valorizar o hoje!

    • Naty

      Dos times que vc citou, Bélgica, Canadá, Azerbaijão e Holanda não chegariam longe, mesmo com as jogadoras que vc citou de fora…..
      No Japão, Takeshita se aposentou (a hora chega pra todas) e Sano já havia falado que pensava em deixar a seleção…..
      Cuba já era de se esperar um time fraco, devido à política do país em relação aos times nacionais…..
      Sokolova disse que não está bem fisicamente para jogar o mundial….(essa sim uma pena não estar no mundial)……Rússia sentirá falta……
      Mas falta mesmo fará Darnel à Turquia e Bjelica e Malagurski à Sérvia……
      As equipes asiáticas, tirando o Japão que de vez em quando arranca um pódio, nadam nadam e morrem antes mesmo de chegar na praia…..
      E temos muita estrelas nesse mundial……como queria estar lá para ver Thaisa, Sheila, Gamova, Kosheleva, Lo Bianco, Brakocevic e muitas outras…..

    • Marcio Fu

      Mas a maioria das jogadoras que você listou não vieram ao mundial porque estavam contundidas. Tirando a Tailândia que veio com time B porque quis, os desfalques não foram por vontades das jogadoras (tenho muitas dúvidas sobre a Sano ter tirado férias no lugar de vir ao mundial). E, por favor, Kimberly Glass e Destinee Hooker já não são mais as mesmas há muito tempo. Quem viu Glass manca jogando pelo Praia na temporada passada sabe disso, e Hooker estava em um time B de Porto Rico.

      Quanto à Cuba, a maior parte dessas jogadoras não pode mais jogar pela seleção, por imposições do regime de lá. O que vem acontecendo é que os dirigentes cubanos querem voltar a ter um time competitivo, e pelo visto fazem isso mandando uma categoria de base para todas as competições adultas. As jogadoras ganham experiência internacional e conhecimento dos times. Vamos aguardar para ver.

    • Fernando

      Na Real, as jogadoras que você citou, estão todas as decadência e não farão falta.

  • Felipe

    Nos deixe informado sobre o caso Leal. Obrigado.

  • Demetrius

    Não gostei muito da atuação da seleção brasileira. Os destaques no ataque foram Sheila e Fabiana e na defesa, Camila e Jaqueline. Não gostei da atuação da Dani. Houve muitos erros de levantamento, incluindo erros na armação de jogadas. Talvez tenha sido o fato de ser estreia. Eu entraria com uma equipe mista amanhã, tendo em vista o nível do adversário e a duração do torneio. Todo o cuidado é pouco para não termos lesões ao longo do torneio. Eu colocaria a Gabi no lugar da Jaqueline, a Tandara no lugar da Sheila e a Adenízia no lugar da Fabiana, com possibilidade das outras entrarem ao longo da partida. Precisamos aproveitar jogos assim para dar condicionamento a todas as jogadoras.

    • Marcio Fu

      Primeiro jogo é sempre de ajustes, por mais que Dani já conheça todas essas jogadoras, há o fator ginásio, torcida e similares. Não creio que ZRG colocará um time misto, porque ele precisa do time principal focado e no ritmo. A única jogadora que não rendeu o que se esperava foi a Garay, mas mesmo assim jogou bem.

  • Alex Lima

    Não gostei muito da atuação da Fe Garay… Errou alguns passes e no ataque foi bem abaixo do seu rendimento normal!!!

  • Marcio T.

    Talvez pelo nervosismo da estréia, senti algumas jogadoras muito presas ao atacar, caso da Fer Garay e Thaísa. Passe com momentos de instabilidade, tem que melhorar…Sheila novamente comandando. Fabiana muito segura no saque e ataque. Ponto positivo o bloqueio! Negativo o passe.

  • Billy

    LUIZ(minha amiga invejosa do blog).Atualizando prá você.Hoje eu fui pro ginásio assistir a estréia das meninas(fui de LIMUSINE-lógico-e bebendo champagne fínissimo,mas só uma taça,pois não gosto de ficar bêbada como você).Você acredita que quando eu cheguei na porta do ginásio,a organização ficou tão deslumbrada com a minha presença ilustre, que queriam até estender um tapete vermelho para mim entrar ? Enfim, quando entrei no ginásio fui muito ovacionado e todos queriam tirar fotos e mais fotos comigo(lógico que não deu para mim atender à todos-senão como eu iria conseguir assistir a estréia das meninas do Brasil).Quando o jogo acabou ,toda a torcida local me fez prometer que eu voltaria ao ginásio novamente.Bom, sua invejosa,depois eu te deixarei mais informada à meu respeito,ok! .Não fique incomodada,quem sabe um dia você consiga atingir o meu patamar de vida,não é mesmo!? Beijinhos invejosa…

    • Stéphanie de Mônaco

      Nossa você acabou de se entregar que é uma “tremenda de uma favelada de araque”, quando deslizou ao escrever:
      “estender um tapete vermelho para mim entrar”
      “não deu para mim atender à todos”
      “assistir a estréia”
      “à meu respeito”
      Isso é vobulário de uma semi-analfabeta sem nenhuma classe!
      Cruzes, volta pra sargeta, pomba-gira dos infernos!

      • Billy

        Nossa,Stéphane o texto não era dirigido à você-mas se a CARAPUÇA te serviu,fazer o quê…Você com certeza é uma pobre,recalcada e invejosa como o Luiz.E você é tão trouxa e burra que nem soube entender o que eu escrevi.E pro seu governo,eu sou Homem e não mulher.Tchauzinho sua favelada,pois hoje eu irei novamente assistir ao vivo no ginásio as meninas do Brasil.E quanto à você vá fazer companhia ao Luiz e continuem com suas vidinhas pobres aí no Brasil.Que intrometida…(Só não uso palavras de baixo-calão aqui,pois sei que a moderação não deixaria passar,senão…)

  • Mari

    Boa estreia das meninas….a Sheilla, Jaque e Fabiana jogaram muito, na minha humilde opinião as melhores do Brasil.
    O ponto negativo foi a instabilidade do passe da Garay, mas acho q isso foi por conta do nervosismo da estreia, nada que complique muito.
    Ahh quem nos dera ter uma Camila Brait de libero no masculino, seria muito mais fácil.
    Ótima tb foi a Dani na distribuição e nas inversões a Fabiola e a Tandara deram conta do recado.
    Achei a Thaisa um pouco travada no primeiro set, mas conforme o jogo foi andando ela melhorou e muito.
    Sequencia boa para as meninas fazerem logo 9 pontos, pq sábado e domingo terão pedreiras. A Turquia que o Brasil não consegue jogar bem e a Servia com a volta da Bracocevic.
    Vamo que vamo jogo a jogo buscar esse título inédito.

  • manu

    vou torcer contra o time feminino, mesmo que a chance delas perder é minuscula devido ao nível fraquíssimo que se encontra o volei feminino e ao nível muito superior do time do Brasil. Mas vou torcer contra. Sem ver nenhum jogo, obviamente.

    • Paula

      Que coisa feia, eu não torço a favor da masculina até que haja algum integrante do “Dia da Vergonha” fazendo parte da equipe, mas desejar o mal para os atletas que representam o nosso país seria demais e desnecessário, já que eles se tombam sozinhos. Parafraseando uma famosa pensadora contemporânea, só posso desejar a você vida longa para que possa ver a cada dia mais a nossa vitória.

      • manu

        engraçado, você torcer contra a masculina é bonito e eu torcer contra a feminina é feio?? Se toca, torço contra elas exatamente por gente como você. Infelizmente elas não vão perder, já que o nivel é pifio. Mas torcedor da seleção feminina é tudo gente escrota.

        • Paula

          Estamos precisando fazer uma campanha para os leitores desse blog voltar para o mobral, qual a parte do não desejar mal você não entendeu? #BackToMobral #ForaDilma

          Ah, o que dizer sobre o nível tecnico de um campeonato que Rússia, EUA e Itália nem ficaram entre os quatro e o grande favorito ainda consegue a proeza de perder?

        • Caio

          Que discussão sem sentido, Ana Moser resumiu muito bem essa disputa ridícula entre SMV e SFM em apenas 3 palavras: Feminino >> Masculino.

  • Edu

    Deu pro gasto.Algumas jogadoras parecem que sentiram certo nervosismo principalmente a Dani que foi imprecisa em alguns momentos em jogadas já pré trabalhadas.Se recuperou bloqueando boas bolas a partir do segundo set.Camila Brait(estreando num mundial como titular),Jaqueline e Sheila foram as melhores em quadra.Thaisa e Fabizona foram ok.Garay foi inconstante no ataque e na recepção provavelmente a jogadora mais deficiente do lado brasileiro.Nas inversões não comprometeram Fabíola,Gaby e Tandara. Natalia entrou somente sacando o que é um desperdício caso se mantenha apenas nessa função já que existem no mercado brasileiro de vólei feminino melhores sacadoras que ela.Vamos ver.E a receita para ganhar foi simples:isolar a Vasileva nos ataques para que ela perca a sua efetividade.Não é uma jogadora grandiosa.Apenas uma atacante nata bastante aplicada.Surtiu efeito.Contra Camarões e pela extensão campeonato acho que uma equipe mista seria uma boa medida como sugerida nos comentários prévios.

  • Juliano

    Desde a terceira fase do Grand Prix que Fernanda Garay tem jogado numa decrescente.
    Se fosse ruim de defesa, Gabi já teria tomado o lugar dela.
    Não sei o que está acontecendo, se está muito cansada ou se está muito marcada diante do que atuou nestes últimos anos.

    Thaísa ainda em altos e baixos. Espero que atue bem em jogos importantes.

    Dani Lins anda péssima desde o Grand Prix. Já bati nesta tecla várias vezes. Não repara se a jogadora está caída, tampouco acerta a bola da Sheila. Sheila fez é mágica com as jacas. Até as bolas da Thaísa estavam baixas e estranhas. Aliás, se fosse contra o time americano, Thaísa teria saído do jogo de tanto bloqueio que teria levado. Espero que ela melhore porque vamos realmente precisar dela. Apesar disto, não acho que seja a culpada pelas péssimas atuações na pipe da Garay, de qualquer forma.

    Torço muito para eu engolir o meu próprio “veneno” ao assistir ótimas atuações de Dani Lins e Garay.

    Fabíola nem vou comentar. Desculpe, Freitas, não vi esta qualidade que tanto fala. Pelo contrário, vi uma Tandara forçada a jogar largadinhas porque o levantamento estava horrível. Ora, se elas treinam na reserva para as inversões, não é possível que Fabíola não consiga levantar adequadamente para Tandara. Ela será o nosso maior trunfo quando Sheila não estiver bem. Pfvr, né, pastora!

    Fabiana FENOMENAL. Ainda uns 80% do que pode jogar, mas muito bem. Quero ver a atuação Sesi desta última temporada no Mundial. Ela e Dani Lins conseguem carregar o time inteirinho, se tiverem bem. Aliás, a Rússia, mesmo com Gamova, não dá conta do “Sesi”, quando esta dupla está bem.

    Jaqueline e Brait estavam demais na defesa. Incrível. A bola subia toda hora, parecia um time asiático. Impressionante. O que prejudicou um pouco foi a péssima atuação da Garay, pois Dani Lins adora utilizar a pipe nos contra-ataques.

    Sheila foi bem. Também estava 80% de sua atuação. Senti falta das bolas da linha de três metros. Praticamente só atacou quando estava na rede. Não sei se é estratégia para jogos importantes… Vamos ver.

    A vitória foi ótima, apesar da instabilidade da Garay. Era um adversário que estava na memória, tendo em vista que foi contra ele a única derrota de 2013. Turquia que aguarde, porque a derrota de 2014 não vai ficar assim.

    Que a Turquia que se cuide, pois pode nem se classificar na primeira fase se mal contra o Canadá.

    Acredito que Bulgária fará jogos memoráveis contra Turquia e Sérvia, podendo beliscar um segundo ou terceiro lugar. Louco para assisti-los.

    Torcendo para as americanas darem um caldo na Rússia. Vai ser ótimo para a segunda fase, pois pode Bulgária ou Sérvia atrapalhar o tricampeonato consecutivo já nesta fase.

  • Guilherme

    Nossa, a Rússia está jogando com Gamova, Kosheleva e Goncharova! Deve ser o time com o melhor ataque, o problema é que o passe nunca deve chegar na Startseva.

MaisRecentes

Definidos os grupos do Mundial masculino de clubes



Continue Lendo

As quartas de final do Paulista masculino



Continue Lendo

Bruninho e Renan analisam conquista



Continue Lendo