Prazer, Zaytsev!



Zaytsev foi o nome da partida de hoje entre Brasil x Itália.

Foram 23 pontos (19 no ataque, dois no bloqueio e dois no saque) e a certeza de que ele se transformou na referência desta Azzurra para a metade final do ciclo olímpico. Virou líder do time e é uma das bolas de segurança do levantador Travica. E Zaytsev vem arrebentando na função de oposto, a terceira diferente de carreira, uma prova de sua polivalência.

Ao chegar na redação do LANCE!, neste sábado, fui buscar nos arquivos o PDF de uma matéria que fiz com ele, em Roma, quatro anos atrás, durante a fase final do Campeonato Mundial.

Zaytsev em 2010 zaytsev

Na ocasião, Zaytsev era um dos pontas reservas. Havia sido a surpresa na lista final para a competição e foi ganhando espaço aos poucos naquele time, que acabou perdendo para o Brasil na semifinal. Em 2014, na Polônia, ele pode ser um dos protagonistas.

Para quem quiser conhecer ou relembrar um pouco da história de uma família importante do vôlei mundial, segue a página que saiu no LANCE! na ocasião.



MaisRecentes

Copa altera o status da Seleção Brasileira masculina



Continue Lendo

Coluna: Vale prestar atenção na vizinhança



Continue Lendo

Coluna: Já esperava ver a Seleção em outro patamar



Continue Lendo