Porrada americana



Acompanhei nesta quarta-feira o treino dos Estados Unidos, que irão enfrentar República Tcheca e Camarões na segunda fase do Mundial da Itália.

Sem exagero, achei que tivesse assistindo a um jogo válido pela competição.

Não teve nada de treino tático, repetição de fundamento… Foi um duelo para valer entre titulares e reservas, com intensidade, muita pancadaria, juiz apitando e nada de se poupar para o jogo “de verdade” do dia seguinte.

O Stanley, oposto, destaque do time na conquista da Olimpíada de Pequim, segue como um trator em todos os tipos de bola. Apesar de falarem que a meta é Londres-2012, é bom ficar de olho bem aperto com os americanos na Itália.



MaisRecentes

Brasil larga bem na segunda fase do Mundial



Continue Lendo

Os prováveis participantes do Mundial masculino de clubes



Continue Lendo

Brasil “mapeia” os perigos para duelo com a Austrália



Continue Lendo