Poloneses ganham convite para o Mundial de Clubes



O Mundial de Clubes masculino terá três clubes europeus na disputa. Aparentemente, uma decisão muito política.

A sopa de letrinhas chamadas Jastrzebski Wegiel, da Polônia, recebeu o convite para a competição, que acontecerá em Doha, no Qatar, entre 10 e 18 de outubro. Assim, o Velho Continente terá  na disputa três dos quatro times que jogaram o quadrangular decisivo da Liga dos Campeões da Europa. O italiano Trentino, do levantador Rapha, e o russo Zenit Kazan já estavam garantidos.

Os poloneses são comandados pelo italiano Lorenzo Bernardi e recentemente se reforçaram o central Holmes, ex-Vivo/Minas, e o oposto Lasko, ex-Verona e remanescente na Azzurra do time que disputou o último Mundial de seleções. O curioso é que o time brigou para não ser rebaixado no Campeonato Polonês.

Além do trio, já estão confirmados o Al Arabi Doha, dono da casa, o TWS Vancouver, time canadenses indicado pela Norceca, e o egípcio Al Ahly, campeão da África).

Faltam a definição dos campeões asiático e sul-americano, que já gera polêmica antes do início, após as reclamações do Sada/Cruzeiro por ter ficado fora da disputa.



  • Jailson

    Para um campeonato mundial de clubes ser honesto na minha humilde opinião só teria acesso o dono da casa como convidado,e os campeões de cada continente.Todos jogariam entre si como na copa do mundo.

  • Bia Ferraz

    Lembrando que no feminino o convidado foi o vice-campeão europeu, deixando o Fenerbahce que dava o convite como certo de fora, concondo com o comentário de cima, deveria ser os campeões continentais e se tivesse um convidado deveria ser um clube do pais sede.

MaisRecentes

O novo conceito da FIVB para 2018



Continue Lendo

Apenas Lebes/Canoas faz o dever de casa na rodada



Continue Lendo

Um líder por pontos ganhos. Outro por pontos perdidos



Continue Lendo