Pitaco atrasado – 3



Este post tem um delay grande mesmo. Me perdoem.

Concordo com o assíduo visitante Afonso.  Vôlei Amil e Pinheiros fizeram o melhor jogo dos playoffs da Superliga feminina até agora.

Os 25 pontos de bloqueio do time da capital deixaram José Roberto Guimarães louco da vida. Logicamente, temos muito mérito das jogadoras do Pinheiros para uma estatística fantástica em um duelo de quatro sets.  Mas também é preciso colocar parte do “mérito” na conta das atacantes do time de Campinas e também da levantadora Pri Heldes.

O Vôlei Amil, sem Fernardinha, dependeu muito, durante toda a Superliga, da habilidade das atacantes, principalmente das estrangeiras Vasileva e Ramirez.  Contra o Pinheiros, as duas somaram 25 pontos e viram Pri Daroit se destacar, fazendo 23. Difícil afirmar o que seria diferente com Fernandinha em quadra. Mas o estilo dela é mais agressivo do que o de Pri Heldes, além de ter um melhor tempo de bola com as centrais e principalmente com a búlgara Vasileva, que precisa de uma bola bem mais alta do que as demais para atacar.

 

 



MaisRecentes

Bento fora da Superliga. Castro já comemora vaga



Continue Lendo

Semana positiva das Seleções adultas



Continue Lendo

Coluna: O polêmico teste na regra do vôlei



Continue Lendo