Pinheiros atropela mais um favorito



Um verdadeiro atropelamento. Assim pode ser definida a primeira partida das finais do Paulista feminino. Sem dar chance para o Vôlei Futuro, o Pinheiros/Mackenzie fez 3 a 0, em sua casa, na série em melhor de três.

Na abertura da semifinal, contra o Sollys/Osasco, o time de Paulo Coco havia feito algo parecido. Para muitos, o raio não cairia no mesmo lugar. Não só caiu naquela série, como volta a cair na final, contra mais um favorito.

O Pinheiros/Mackenzie, mesmo que não seja campeão estadual, já provou que vai incomodar os favoritos na Superliga. O time não tem grandes estrelas, mas erra pouco e tem padrão de jogo. Fabíola está com moral após o Mundial, as ponteiras Ju Costa e Soninha estão em boa fase, Natália Martins é ótima central, Lia, Michele e Marina, que completam a base titular, são regulares.

No jogo desta quinta, o passe do Vôlei Futuro foi o diferencial (negativo). Sem a bola na mão, a levantadora americana Glass, ainda sem entrosamento com Paula e Fabiana, as principais atacantes de Araçatuba, nada pôde fazer. William Carvalho mexeu em quase todas as peças, mas não viu qualquer possibilidade de equilibrar a partida.

No Plácido Rocha, precisará mais do que a torcida para igualar a série e impedir o título do time da capital.



  • Filipinho

    Torço muito para o Pinheiros derrubar o Volei Futuro, o time do Pinheiros merece pois é muito guerreiro e espero que o Zé Roberto esteja dando uma olhada nessa Jú Costa, ele bem melhor atacante que Jaqueline, Sassá e Regiane.

  • Guto Santos

    Só não entendo como a filha do Wiliam pode ser líbero do Vôlei Futuro…me desculpe Wiliam, mas ela é muito fraca…fala sário!

  • Filipinho

    Eu sei que o tópico é do Campeonato Paulista, mas quero falar sobre o meu time de coração que é a Unilever.
    No inicio estranhei Gattaz no banco, para mim só tinha uma explicação, o Bernadinho quer que a levantadora Dani Lins se entrose com valesquinha e Juciely, mas depois percibi que por mais que gattaz seja alta, e essa é sua 3º temporada na equipe, sem contar que foi ao Mundial e é sempre lembrado por Zé Roberto nas convocações, ela nunca foi jogadora de decisão como valesquinha e Juciely, por isso no momento sou a favor dela ficar no banco. Mas tenho que falar da levantadora Dani Lins, ela voltou muito bem da seleção, assim como Fabiola, e faço uma aposta não vai ter para Ana Tiemi, carol Albuquerque, Glass, Ana Maria e nem Ana Cristina, Dani e Fabiola vão arrebentar.

MaisRecentes

A dor de Gabi e de quem estava ao lado



Continue Lendo

Duas gratas surpresas na Superliga



Continue Lendo

Minas espera Hooker ainda em outubro



Continue Lendo