Péssima notícia para Unilever e Seleção: Natália será operada de novo



Reproduzo abaixo o release divulgado nesta segunda-feira pela Unilever, com a confirmação de que Natália vai precisar ser novamente operada para retirada de tumor na canela. Uma pena para o time carioca na Superliga e um sinal de alerta para a Seleção Brasileira.

A ponta Natália será submetida a nova cirurgia na canela esquerda, nesta terça-feira. A jogadora passava por um período de recuperação, após a retirada de um tumor benigno, em junho, e seguia um programa de treinos específicos na Escola de Educação Física do Exército, na Urca. A segunda intervenção será realizada no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, pelo médico Reinaldo Jesus Garcia, especialista na área, e terá o acompanhamento integral de Ney Pecegueiro, médico da equipe carioca.

– A Natália fez a ressecção do tumor em junho, quando servia a Seleção Brasileira. Passou por todo o procedimento, como manda o figurino, e deu tudo certo. Ela vinha se recuperando bem. Mas o tumor acabou voltando, uma recidiva, como costumamos dizer – explica Ney Pecegueiro.

A jogadora havia sido liberada para fazer exercícios físicos, sem treinamento com bola, saltos ou deslocamentos, na Escola de Educação Física do Exército, na Urca, ao lado das companheiras da Unilever, mas voltou a sentir dores.

– É um tumor benigno local, que causa dor. Depois da cirurgia, ele voltou pequenininho e decidimos esperar pela cicatrização natural. Mas, à medida que ela foi intensificando o treinamento, a dor aumentou muito e preferimos poupá-la. Fizemos uma série de exames e constatamos a necessidade da operação – diz o médico.

A estimativa de recuperação é de cerca de três meses.

– Claro que o tempo vai depender de como ocorrerá a cicatrização. Mas isso não significa que ela ficará três meses parada e só depois voltará aos treinos. Ela ficará com a perna em repouso, mas poderá fazer um trabalho com os braços, os ombros, ter contato com a bola. Vamos dosar os treinos de acordo com a cicatrização – explica Pecegueiro.

Natália demonstra confiança ao falar da nova cirurgia.

– Fiquei muito chateada nos dois primeiros dias, depois que soube que teria de operar novamente, até porque estou praticamente desde junho sem treinar direito. Mas agora, depois de conversar com o Ney, estou bem otimista. Ele me disse que a chance de cura é de 100%. Agora, só o que posso fazer é me cuidar fisicamente, me recuperar e esperar. Mas tenho pensamento positivo, quero voltar a treinar e jogar o mais rapidamente possível.

O técnico Bernardinho lamenta o fato de Natália ter de passar por nova cirurgia.

– Temos um bom grupo, mas a Natália é uma perda significativa, importante, para o time na temporada. Infelizmente, ela não teve condições de fazer nenhum jogo ainda pela Unilever. Uma pena”, diz Bernardinho. “Mas agora o que está em jogo é a sua integridade física, sua recuperação. Fico triste porque estávamos havia anos tentando trazê-la para o time e ela sempre demonstrou vontade de jogar na Unilever.



  • Marcelo Souza

    Sempre fui um critico ferrenho da Natália, mesmo quando ela jogava em Osasco, no meu ponto de vista ela nunca foi promessa, nunca teve foi destaque em 2 ou 3 jogos seguidos, sempre ficou na promossa, todo ano era a mesma coisa, ano que vem ela vai estar mais solta e vai mostrar a que veio, ai no ano seguinte a mesma coisa, a mesma ladainha de sempre. Na seleção nas chances que teve não aproveitou. Como pessoa fico triste pela contusão pois não devemos desejar para os outro o que não queremos para nós mesmos. E logico sem deixar de ser ironico ainda bem que o Unilever/Rio de Janeiro esta com este abacaxi todo, enquanto isso a Hooker esta ai prontinha para atacar. rsrsrrsrrs

    • Gustavo

      Não concordo em relação a Natália e a Hooker só volta na metade de Janeiro ao Sollys

      • matheus

        Que ponto de vista idiota , a Natália é admirada por todos os técnicos no mundo , tanto pela força quanto talento,vai fazer uma muito grande a UNILEVER e um pouco para a seleção , que precisa e muito dela !

    • Mauricio

      realmente vc não entende de voleibol, dos atletas, equipes e tampouco deve acompanhar os jogos de vôlei…finais da Superliga ou Campeonatos mundiais, Grand Prix…sabe nada.

      • Marcelo Souza

        É parece que a Natália disputou umas 5 finais de Mundiais e uns 20 Grand Prix.

  • raquel

    vc devia lavar essa sua boquinha, nao entende nada de volei,essa menina tem um futuro pela frente porque sabe jogar bem e faz bem feito, sao so mais 3 meses, mais quem e fa vai ver ela arrasando denovo com certeza, natalia ja salvou tanto o brasil, quanto o osasco variaaaaaas vezes, o volei vai ficar por mais 3 meses sem graca nenhuma, mais quando ela voltar tapando a boca desses recalcados ai, vai dar pra dizer ai sim.

  • Simone Gomes

    Eu sou muito fã da Natália e desejo que ela tenha uma ótima cirurgia e uma ótima recuperação.
    Ela é uma pessoa muito bacana e uma atleta arrasadora.
    Energia positiva para vc Natália
    Estamos torcendo todos juntos.

  • graca

    É realmente uma pena a NATALIA não vai participar da SUPERLIGA, e com isso a chances de UNILEVER diminuem muito, desejo sorte a NATALIA e que tenha boa recuperação…
    enquanto isso o PINHEIROS vai sendo saco-de-pancadas da superliga, quem diria que um time tão tradicional, que ano passado foi campeão paulista, perdeu patrocinio, perdeu jogadoras e o tecnico põe a melhor jogadora do time, CAMILA ADÃO, p/ ficar de castigo…

    • Raffael

      Pro investimento da Pinheiros, até que a SUperliga delas ta sendo descente. To adorando ver a Andréia na função de ponteira-passadora. Me surpreendeu nos 2 jogos que vi, muito segura. Ano que vem pega um time melhorzinho.

    • mauricio

      pos a camila adão de castigo porque ela desobedeceu a tática da equipe. se vôlei é coletivo e ela, sendo a levantadora, deveria jogar pelo grupo. já não é de agora a teimosia da camila adão. lembra na superliga passada que ela deu muito trabalho ao macaé??????? pau que nasce torto….

  • Marcelo Souza

    Bla, bla, bla e bla. Por isso gosto do blog cada um tem uma opinião e todos a respeitam.

  • Daniel

    Uma pena uma atleta tão talentosa ficar praticamente 1 ano sem jogar. O lamento maior é pela própria atleta, depois a os seus times que ficarão desfalcados. O caminho do Unilever será mais árduo ainda sem ela. Quanto a seleção, é bom ZRG torcer muito pra que dessa vez a Natalia se recupere e consiga voltar a jogar a tempo de disputar as Olimpíadas em alto nível. Sem ela, acho difícil.

  • Nilton

    Tem “pessoas” que acham o voleibol,é um esporte individual…se liga mané !

MaisRecentes

Semana positiva das Seleções adultas



Continue Lendo

Coluna: O polêmico teste na regra do vôlei



Continue Lendo

Vaivém: Mais estrangeiras na Superliga?



Continue Lendo