Perguntas e respostas sobre a eleição da FIVB



Como muita gente perguntou sobre diferentes aspectos da eleição da Federação Internacional, aproveito um release da CBV para tentar esclarecer algumas situações para vocês.

A definição do novo presidente acontecerá na sexta-feira. Além da Ary Graça, concorrem o americano Doug Beal e o australiano Chris Schacht. Nos bastidores, a vitória do brasileiro é dada como certa.

Abaixo, algumas explicações sobre o processo eleitoral:

Por que esta é considerada a primeira eleição democrática da história da FIVB?
Esta é a primeira vez em que mais de um candidato participa do pleito presidencial da entidade. Não à toa, a FIVB tomou a decisão inédita de instituir uma comissão para acompanhar o processo eleitoral, liderada pelo presidente Jizhong Wei.

Qual a duração do mandato presidencial?
Quatro anos.

Existe a possibilidade de reeleição?
Sim. Não há um limite de quantas vezes o mesmo candidato pode ser eleito. Há, no entanto, uma restrição de idade (75 anos).

Quem pode votar?
A FIVB possui 220 filiados, número superior aos de Fifa (209) e até da Organização das Nações Unidas (193). A previsão é de que 204 federações nacionais votem no pleito desta sexta-feira. Países como a Síria e a Coreia do Norte não puderam enviar representantes. Os sírios, no entanto, enviaram seu voto por meio de outra federação.

Qual o sistema de votação?
A votação é secreta e manual. Cada federação nacional filiada à FIVB tem direito a um voto. Para ser declarado vencedor, o candidato deve ter a maioria dos votos válidos. Caso o cenário não ocorra na primeira rodada de votação, os dois primeiros colocados disputam o segundo turno. Neste caso, quem tiver mais votos vence.

Qual será o procedimento de votação?
Primeiramente, os procedimentos de votação serão explicados aos representantes das federações nacionais. Em seguida, as entidades serão chamadas uma por vez, seguindo ordem alfabética, para votarem. O delegado receberá uma cédula de votação com os nomes dos candidatos e um envelope. Ele deverá se encaminhar para a cabine de votação e, em seguida, depositar o envelope na urna.

Quem fará a contagem dos votos?
Um grupo de cinco delegados da FIVB foi designado para a apuração dos votos, que iniciará logo após o encerramento da votação.

Como será feito o anúncio do vencedor?
O secretário da FIVB será informado do resultado pelos delegados responsáveis pela apuração. Em seguida, revelará o vencedor aos presentes ao Congresso.

Quando o novo presidente tomará posse?
Assim que anunciado o vencedor, o novo presidente já será empossado. Em seguida, concederá sua primeira entrevista coletiva à frente da entidade. No sábado pela manhã, já comandará reunião do Conselho de Administração da FIVB.



  • Jairo(RJ)

    Para a pergunta: Por que esta é considerada a primeira eleição democrática da história da FIVB?

    Temos o seguinte complemento?
    “Qual o sistema de votação?
    A votação é secreta e manual. Cada federação nacional filiada à FIVB tem direito a um voto. Para ser declarado vencedor, o candidato deve ter a maioria dos votos válidos. Caso o cenário não ocorra na primeira rodada de votação, os dois primeiros colocados disputam o segundo turno. Neste caso, quem tiver mais votos vence”

    Exemplo meio esquisito de democracia, não?

    • daniel

      no país que você mora a escolha dos governantes é diferente?

  • LEANDRO

    Daniel, no site melhor do vôlei que um tal de Toroca que deve assumir a presidência da CBV. Quem é esse cara? Por que eles não colocam uma pessoa que fez algo pelo vôlei brasileiro, alguém da geração de prata de 1984, da geração de ouro de 1992 ou da geração de ouro de 2004. Precisamos de pessoas novas com idéias novas e não de velhos ultrapassados e com idéias ultrapassadas.

MaisRecentes

Vaivém: Mais estrangeiras na Superliga?



Continue Lendo

Com emoção, Corinthians se garante na Superliga



Continue Lendo

Com méritos, Brasil cumpre obrigação



Continue Lendo