Pedido do internauta: O que passa com a Seleção?



Para aumentar a interatividade com vocês, que visitam diariamente o blog, criei uma seção para abrir espaço para as sugestões que costumam me mandar.

A inauguração é com as perguntas do Luciano, após o título sul-americano do Brasil, em Cuiabá.

O que falta pra essa seleção deslanchar? Qual o melhor e o pior fundamento do Brasil?

Vou começar a resposta pelo fim. O melhor fundamento brasileiro é o passe, com o trio Escadinha/Dante/Murilo. Os três dão consistência ao setor e costumam ter aproveitamento acima da média. Ter excelentes passadores no vôlei moderno, cada vez mais pautado pela força, é a base para a montagem de uma equipe vencedora.

Já o principal problema atual é a dúvida no levantamento. Bernardinho não consegue fixar Bruninho ou Marlon. E o revezamento acaba sendo prejudicial, já que os dois possuem estilos diferentes e muitas vezes é demorado para acertar o tempo de ataque de alguns jogadores. Ficou claro como Marlon se encaixa melhor com Dante, por exemplo, por terem jogado juntos nos clubes. O mesmo com Bruninho, Theo e Lucão também acontece. Essa falta de continuidade impede que a Seleção deslanche, que era a primeira pergunta do Luciano.

Vocês concordam?

 



  • Daniel_Sam

    Concordo sim,e ainda acho que o Bernardinho vai penar pra preencher o espaço que ficou vazio desde a saída do Ricardinho!!!

  • Marcos Rocha

    Marlon e Dante jogaram juntos aonde????? Se jogaram, faz uns 34 anos, né? Vale lembrar que no RJX eles sequer treinaram juntos, Daniel.

    • Daniel Bortoletto

      Jogaram juntos no Brasil Vôlei, antes de o Dante rescindir e volta para a Rússia

      • Marcos Rocha

        Nossa, Daniel. Isso faz mais de dois anos. Depois disso, o Marlon levantou bola para uns 10 atacantes já, não existe todo esse entrosamento com o Dante…. A sua preferência pelo Marlon é óbvia e injusta!

        • Daniel Bortoletto

          Marcos, perguntei para o Marlon e para o Dante no último Mundial sobre isso, inclusive. Quem viu a final contra a Argentina percebeu que eles se dão bem juntos. Só isso. Não existe preferência. Apenas uma análise em cima de fatos.

          • Rubens

            Isso não tem a ver com o tempo, tem a ver com afinidade. Eles jogaram juntos uma temporada e viram que os jogos “casavam”. O fato de ter mais de 2 anos, não muda isso. Além do que continuaram treinandos juntos e seleção e por aí vai. Não vejo qual o problema em se falar que o jogo do Dante flui melhor com o Marlon, isso tá tão na cara, só não ver quem não quer. Assim como Lucão sempre se deu muito bem com o Bruninho e por aí vai. Aliás, o jogo do Dante, de todos os levantadores que já jogaram com ele na seleção, o pior entrosamento dele é com o Bruninho. E o melhor até hoje é com o Marcelinho, a bola vinda de trás que Marcelinho levantava pro Dante era ponto na certa, uma bola lindíssima.

          • Marcos Rocha

            Perdeu parou, Daniel. Você é que só escreve barbaridade aqui. A audiência desse blog deve ser tão pequena que você agora começou a colocar mulheres de biquini aqui. Um absurdo. Uma apelação. Lamentável!

          • Daniel Bortoletto

            continue dando seu show aí, amigo

          • Marcos Rocha

            Show? Não viu nada ainda…

        • emanuella

          mas o Bruno e o Sidão jogaram junto em 2005, e até hoje os dois tem um ótimo entrosamento, não precisa ter preferencia para ver que o Marlon e o Dante funcionam muito bem juntos, e só ver a quantidade de bola que o Dante recebeu.

          • Marcos Rocha

            Daniel, não entrarei em discussão com você. A sua tentativa de criar polêmica é absurda. Como dizer que Bernardinho nao “consegue” fixar Bruno ou Marlon? Hoje, o titular é o Bruno e não há o que discutir. O Bernardo já falou isso.
            Mas como o time titular não vai para o Pan, provavelmente você vai dizer que o Bernardo ainda tem algumas dúvidas no time que vai pra Londres e quer ” analisar ” a seleção B, que vai pro Pan!
            Exclui seu blog, é melhor!

          • Daniel Bortoletto

            Marcos, lamento por sua visão distorcida dos fatos. Se você acompanha o blog há algum tempo, deveria saber que não é em polêmica que me pauto para falar de vôlei. Deve ter confundido de blog, como costumam dizer por aqui.
            Quem seria titular no Mundial da Itália em 2010, Marcos? Era o Marlon, que tinha entrado bem na reta final da Liga, mas teve aquele problema de saúde já na Europa e só não foi cortado por ser impossível inscrever um substituto. O Bruninho entrou e ficou até o fim da competição, oscilando, mas teve méritos também.

          • Joao Paulo

            Marcos, vc deve estar lendo o Voloch… Esse sim é chegado numa polemica…
            Melhor exluir mesmo o blog, aqui nos insteressamos somente por comentarios com conteudo e que agregam aos seguidores.

          • Marcos Rocha

            Daniel, que coisa feia você querer falar do “outro blog”. Creio que provavelmente o Bruno Voloch sequer sabe da sua existência. Você é que, depois da criação desse blog, passou a imitá-lo.
            Quem garante que o Marlon seria o titular da posição no Mundial? O Bernardinho com certeza não foi. E dizer que o Bruno “oscilou” é uma sacanagem sua. O cara foi bem a competição inteira, jogou a final com o pé arrebentado.
            Feio, muito feio…

          • Daniel Bortoletto

            meu deus, quanta barbaridade. Encerro minha conversa com você aqui, Marcos

          • Joao Paulo

            Marcos, você tá questionando tanto a resposta deste blog, fazendo comparações com o Voloch, mas pelo visto não tem conhecimento do que está dizendo…

            Se você acompanha o Voloch, deve saber que ele sempre falou bem do Bruno, inclusive, quando compararam ele a Stephanie, ele defendeu o Bruninho. Bastou o levantador criticar um post dele, ele passou a detestá-lo e agredi-lo, inclusive questionando a sua qualidade.
            Não estou analisando a qualidade de um ou de outro, e o blog tbm não. Ele fez apenas uma análise do jogo, e voce se ofendeu com ela.
            Se gosta do Bruninho, ok, defenda-o, mas não critique o cara que deu sua opinião.
            Deveria acompanhar mais o volei, pq seus argumentos sao fracos e sem fundamento…

          • Rubens

            Leitor de Voloch, Volochinho é. Nunca vi uma pessoa distorcer tantos as coisas e fazer um drama pro nada igual esse Marcos Rocha. Sendo que o Daniel fez apenas uma observação , por sinal verdadeira, sobre uma coisa que está acontecendo e está na cara. Não tem drama, crítica ou polêmica nisso, apenas uma constatação.

  • Bethania

    Então se fica Claro que Marlon encaixa melhor com Dante, ou seja com o ponteito, e Bruninho encaixa com Theo e Lucão, Oposto e meio, o melhor pra seleção é o que joga bem em mais fundamentos, sendo assim Bruno tem que ser o titular.

  • Joao Paulo

    Nunca achei que o Bruno tivesse condições de ser o levantador titular da seleção. Ele tem sim qualidades, é um jogador de personalidade, mas acho a distribuição dele mal feita, em muitos momentos falta precisão e ele não consegue dar ao time o ritmo necessário.
    Acho que o Marlon é muito mais capaz que o Bruno, mais habilidoso, preciso e com melhor distribuição, mas acho q nao vive boa fase. Talvez pelo revezamente parece inseguro e pouco a vontade em quadra.
    Gostaria de ver o Rapha na seleção e até mesmo o Willian… Acho que poderiam dar uma cara nova, mais ritmo…

    A qualidade de nossos atacantes tem feito a diferenca em alguns momentos, mas ultimamente isso não tem sido tao frequente…
    Sou fã do Bernardinho, mas essa história de grupo fechado tá começando a prejudicar a performance…

  • emanuella

    gostei do assunto, pra mim o pior é o bloqueio, nosso time bloqueia muito pouco. E o melhor, vou ser bem especifica, acho que o ataque dos meios de rede, quase sempre é bola no chão, fora o apagão do Sidão nas 4 bolas seguidas no segundo set, nossos centrais são matadores nesse quesito. mas não bloqueiam nada. mas Brasil tem mais problemas, a posição de oposto é um desses problemas

    e quanto aos levantadores, acho Marlon melhor, mas na verdade não muda muito, acho que o ideal para a seleção seria realmente jogar a metade de um set com um e a outra metade com o outro, por mais absurdo que isso pareça, porque acho que eles se completam. Eu acho que o Bruno tem potencial, mas ele tem mais dificuldade nas bolas de ponta, não conseguiu ainda se acertar principalmente com o Dante, até acho por isso que ele perdeu a vaga de titular, mas ele joga bem com os centrais e os opostos. Ao Marlon parece que falta é personalidade, para um levantador acho ele muito apático. Mas ele é preciso nas jogadas pelas pontas, e difícil errar um levantamento para o Murilo e para o Dante, saca bem e etc.

  • Diogo Márcio

    Saque não foi muito regular contras os hermanos, foi um dos fundamentos que o Bernadinho deu mais ênfase antes do sulamericano. Também acho que os levantadores precisam melhorar o entrosamentos com seus atacantes.

    Rapha, ô Rapha…

  • Mario

    Para as idades e capacidades são totalmente do lado de Bruno … 10 anos de diferença! Bruno não tem jogado, mas as poucas vezes que é entrar no jogo eu preferia ele que Marlon.
    Eu teria gostado de ter visto com mais freqüência de acoplado Bruninho- Thiago Alves.
    Eles estavam indo bem na minha opinião.

  • Marceu Valeriano

    Dois excelentes jogadores, mas não estão no melhor de suas fases. Mas mesmo com a organização da Superliga e demais campeonatos disputados no Brasil, onde de ano em ano forma-se um time diferente do ano anterior, era para os levantadores de tudo que é time estarem mais acostumados com este tipo de situação, muitos estilos diferentes de jogadores de ataque chegando temporada após temporada. Mas concorco plenamente que tem de ter sequencia.

  • kino.mauricio@gmail.com

    muito complicado você declarar, uma ano antes das olímpiadas, que a equipe já estava convocada. se de fato aconteceu, as coisas estão se complicando. difícil é tirar o bruninho da seleção: que pai não quer ver seu filho ser campeão olímpico? e se você é o técnico da seleção e o seu filho tem condições de estar entre os melhores, como deixá-lo de fora? agora, se o conjunto não evolui, está acomodado ou incomodado, aí é que a coisa se complica. você não testou outros levantadores, não deu tempo para criar a “química” e, pior de tudo, desmotivou outros tantos atletas.

    solução: ir com que tem e ver no que vai dar.

    • mauricio

      aeee, daniel!!! entrou meu email pessoal!!! hahaaha…tira, por favor!!!

      • Daniel Bortoletto

        xi.. deve ter sido algum bug

      • Diogo Márcio

        Man tu tem

        • Mauricio

          tomei na cabeça, não? hahaha… po, bug justo comigo.

          • Diogo Márcio

            Aff! Esse comentário não era para ser enviado, foi sem querer kkkkkkk

            Eu ia dizer para você olhar se tópicos encima do comentários estão devidamente em seus lugares, porque uma vez eu ia fazer igual a você. Sorte que eu percebi antes!

    • mauricio

      vocês poderiam tirar o meu e-mail pessoal no lugar do nome, por favor??????????

  • Luciano

    Acredito que o melhor fundamento do Brasil é o ataque quando bem executado( lembro bem em comentários quando tinha o Tande uns esquemas que mostrava em uma imagem congelada quantas opções de ataque o Brasil tinha em uma determinada posição, chegava a ter 5 opções, o que deixava os bloqueadores adversários sem rumo), vejo que o ataque e até o contra ataque tem tido dificuladade pelos levantadores quadrados que temos e com a insistência dos dois em repetir bolas para o mesmo jogador quando ele erra com essa deculpinha de dar moral. O pior fundamento hoje no time é o bloqueio, no jogo contra a Argentina o Quiroga d 1,90 passava fácil com bolas no chão.
    Enfim, acho que o que faz a seleção não deslanchar é não ter um levantador líder que todos os jogadores confiam e respeitam, aquele que dá bronca quando o cara erra uma bola redondinha. Se não me falhe a memória eis alguns por aí: Boll dos USA, Grabch da Sérvia, o Ricardinho e o Maurício para o Brasil (mais recentes), a Fofão e a Venturini e assim vai.
    Daniel obrigado por atender ao meu pedido aí, sou leitor diário do Blog e acredito que vc realmente lê os comentários valeu. Boa..

  • Mario

    Para mim, Bruno pode se tornar muito forte para mim, Marlon para idade já está em seu pico. Eu acho que Bruno deve jogar com mais paz de espírito … no ano passado com De Cecco Argentina perdeu todos os jogos, mas eles nunca substituído! Evoluiu este ano ! O problema é que Bruno tem medo de cometer erros para ser o filho do treinador.
    Em clubes joga de forma muito mais precisa.

    • Rodrigo Rodrigues

      concordo! ótima observação!!!

  • Álvaro Médio

    Pra mim, é Bruno e mais cinco. Ele tem é que ter personalidade e dizer que quem acha que ele tá lá porque é filho do treinador que faça melhor do que ele.
    Gosto muito do jogo dele e acho que ele ainda vai evoluir bastante. Além do mais tem poder de bloqueio. Pra mim, o cara é craque e tem pedigree.
    Na minha modesta opinião o time ideal do Brasilna olimpíada é:
    Bruno – Theo – Giba – Dante – Gustavo – Lucão – Escada
    Na reserva
    Marlon – Wallace – Murilo – um ponteiro virador de bolas e mais alto ainda não encontrado – Sidão.

MaisRecentes

Vaivém: Mais estrangeiras na Superliga?



Continue Lendo

Com emoção, Corinthians se garante na Superliga



Continue Lendo

Com méritos, Brasil cumpre obrigação



Continue Lendo