Participantes da Superliga confirmados pela CBV



A CBV divulgou, na segunda-feira, a lista de participantes da Superliga 2018/2019 no feminino e no masculino.

A principal novidade é a confirmação do São Bernardo entre os participantes. O time estava com dívidas pendentes e foi o último a se garantir entre os homens.

Além da equipe do ABC, que na temporada passada teve o CNPJ utilizado pelo Corinthians, estão confirmados no masculino Sada/Cruzeiro, Sesi, EMS/Taubaté, Vôlei Renata, Minas, Sesc, Caramuru, além de Vôlei Ribeirão e Vôlei UM Itapetininga, os dois times que subiram.

Na nota oficial, você ainda encontrará o Montes Claros. O clube mineiro, porém, cedeu o CPNJ para o Corinthians/Guarulhos.

Sada/Cruzeiro defenderá o título no masculino (Divulgação Sada/Cruzeiro)

Completa a lista o Copel Telecom/Maringá, que substituiu o Lebes/Canoas, que abriu mão da vaga por problemas financeiros. O time paranaense havia sido rebaixado, ao lado de Juiz de Fora, e ficou com o lugar na elite por ter terminado na 11ª colocação e ter dado garantias financeiras da continuidade.

No feminino, os participantes serão Dentil/Praia Clube, Sesc, Minas, Osasco/Audax, Hinode/Barueri, Fluminense, Pinheiros, Sesi Bauru, São Cristóvão Saúde/São Caetano, BRB/Brasília, além de Curitiba Vôlei e o Vôlei Balneário Camboriú, que subiram da Superliga B.

Nas próximas semanas, a CBV reunirá os clubes para confirmar regulamento e divulgar as tabelas.

LEIA TAMBÉM

+ Detalhes da primeira edição da “Libertadores” do vôlei masculino



MaisRecentes

Giovane encaminha manutenção do vôlei carioca na Superliga



Continue Lendo

Basta! Nada justifica ameaças de morte



Continue Lendo

As duas formas de ver o novo Sesi



Continue Lendo