Parceria entre Cimed e Sky começa muito bem em Floripa



Alô, clubes de vôlei, basquete, futebol. Façam contato com a Cimed e a Sky em busca de detalhes da apresentação do time masculino, na noite de quinta-feira, e usem o exemplo dado por eles em seus eventos.

Numa excelente ação de marketing, a equipe catarinense lançou o time para a temporada 2011/2012 com uma grande festa para a torcida de Florianópolis (SC), no Ginásio Capoeirão.

Luzes, músicas, vídeos e a presença surpresa da banda Jota Quest levaram ao delírio mais de dois mil torcedores lotaram o ginásio. Um dos pontos altos foi a entrega da camisa 7 para Giba. Até então, o número era dedicado à torcida e nenhum atleta o usava. Como o ponta se caracterizou por vestir a 7 na Seleção, uma campanha foi criada e 86% dos torcedores foram a favor da utilização do “número sagrado” por ele.

Durante a festa, a torcida pode rever no telão montado na quadra imagens dos quatro títulos da Superliga e da conquista do Sul-Americano em 2009.

Com exceção de Éder, Murilo e Renato Russomano, que estão servindo às seleções de novos e miltar, o capitão do Cimed/SKY, Bruninho, recebeu os companheiros de equipe na quadra. Entre luzes, som e imagens, os atletas Rafael, Bernardo Reitz, Bernardo Roese, Léo, Thales, Rivaldo, Renato Felizardo, Badá, Gustavo, João Paulo Tavares e Kaio foram chamados um a um para a quadra. Giba foi o último a entrar, com uma camisa com um ponto de interrogação. Divulgada a pesquisa, o ponta recebeu a camisa 7 do time.

Por fim, dois sets disputados contra o Vivo/Minas, que “estragou” parte da festa da Cimed/Sky ao vencer ambos por 25 a 23. Durante os intervalos, show dos mineiros do Jota Quest.



MaisRecentes

Quem fica com as últimas vagas na Superliga masculina?



Continue Lendo

Giovane encaminha manutenção do vôlei carioca na Superliga



Continue Lendo

Basta! Nada justifica ameaças de morte



Continue Lendo