Para quem pergunta pela Natália…



Muita gente quis saber o estado de Natália, que ficou fora da convocação da Seleção Brasileira para a Copa do Mundo. A jogadora se apresentou ao time da Unilever, no Rio, para o início das atividades de preparação para a Superliga.

Seguindo orientações do médico da equipe, Ney Pecegueiro, Natália está liberada para fazer exercícios físicos, mas ainda não pode participar de treinamentos com bola, realizar saltos ou deslocamentos. A jogadora voltou a sentir dores na canela esquerda, submetida a cirurgia há quatro meses para a retirada de um tumor benigno.

– A Natália está em repouso relativo. Ela voltou a jogar dentro do tempo previsto, mas sentiu dores na região operada. Por isso, optamos por um tempo maior de recuperação até que o osso se regenere e ela não sinta mais nenhum incômodo no local. Isso pode demorar de 4 a 6 semanas – explica o médico.

Embora preferisse já estar participando dos treinamentos técnicos e táticos, Natália aproveita para intensificar a parte física.

– É o momento de fazer alguns ajustes, trabalhar, entre outras coisas, o fortalecimento do ombro. Quero estar 100% para ajudar a Unilever na briga pelo oitavo título nacional. Fico até catando bola para não ficar parada. Quero trabalhar. Ter de ficar quietinha é complicado – diz Natália, que irá atuar como ponta na Unilever.



MaisRecentes

Giovane encaminha manutenção do vôlei carioca na Superliga



Continue Lendo

Basta! Nada justifica ameaças de morte



Continue Lendo

As duas formas de ver o novo Sesi



Continue Lendo