Pacotão de notícias



Pessoal, bom dia. Antes de partir para mais uma jornada no Maracanãzinho, deixo esse post com um resumão de fatos importantes da noite/madrugada/manhã.

1) Na Califórnia, a Seleção masculina encerrou a série de amistosos contra os Estados Unidos com vitória, a terceira em quatro jogos, desta vez por 3 a 1 (25-20, 31-33, 25-18 e 29-27). Não deixa de ser uma ótima notícia após a desclassificação precoce na fase final da Liga Mundial. O time certamente reencontra a confiança que parecia abalada e também dá um recado para os rivais,

Neste duelo os dois times optaram quase pelas formações titulares. O Brasil com Bruninho, Evandro, Lucarelli, Maurício, Lucão, Eder e Escadinha. Os Estados Unidos com Micah Christenson, Matt Anderson, Taylor Sander,  Aaron Russell, Max Holt, David Lee e Dustin Watten.

Lucarelli, mais uma vez, liderou o Brasil na pontuação: 20 pontos (16 no ataque e quatro no saque). O maior anotador do duelo foi Anderson, com 26.

– É um desafio enfrentar o Brasil. Eles nos mostram quais são nossas fraquezas. Nós aprendemos muitas coisas – analisou o técnico americano John Speraw.

2) A Seleção sub-23 vai disputar o quinto lugar do Mundial diante da Argentina. No jogo de hoje, vitória sobre a Coreia do Sul por 3 a 0. O oposto Kadu liderou o time na pontuação mais uma vez.

3) A Copa do Mundo feminina recomeçou sem zebras no Japão. Sérvia 3 x 0 Rep. Dominicana, Rússia 3 x 0 Coreia do Sul, EUA 3 x 0 Quênia, China 3 x 0 Cuba, Japão 3 x 0 Peru. Emoção zero na rodada. Desta forma, segue a escadinha na classificação: Rússia 17 pontos, EUA 16, Japão e China 15, Sérvia 14. Na próxima madrugada teremos um jogo de verdade: russas x sérvias. É um vale-tudo para a seleção sérvia, que já passou pelos Estados Unidos e vai entrar de vez na briga em caso de nova vitória. Caso a Rússia vença a vaga olímpica estará bem mais próxima.

4) Alison e Bruno Schmidt, que garantiram ontem a classificação para a Rio-2016, estão na final do Grand Slam de Olsztyn, na Polônia. Logo mais os brasileiros, que vivem ótima fase no Circuito Mundial, irão encarar os americanos Gibb/Patterson pelo título de mais uma etapa. Tanto eles quanto Larissa/Talita disputarão o Rio Open, em Copacabana, na semana que vem, livres de qualquer pressão.



MaisRecentes

Não dá pra achar normal jogar duas vezes em 13h



Continue Lendo

Mais seguro, Brasil vence e está nas finais da Liga das Nações



Continue Lendo

Vaivém: Mais uma campeã da Superliga no Osasco/Audax



Continue Lendo