Paciência, Brasil!



Depois de dois dias em reunião e sem conexão, o blog se desculpa e volta às vésperas de Brasil x Japão.

Uma semifinal surpreendente, visto que as donas da casa ocupavam um lugar secundário no vôlei mundial nas últimas décadas.

Uma semifinal também que pode parecer fácil, mas não será. Apesar de o Brasil estar numa crescente na competição, as japonesas são chatas. Defendem muito, não desistem de nenhum lance, jogam com o passe na mão o jogo todo. Fazem o adversário jogar  cada ponto no esforço máximo. Mentalmente será o jogo mais cansativo até agora no Mundial.

Ainda assim, o Brasil é favorito. Para comprová-lo, vai depender muito da força de suas atacantes. E, neste quesito, Natália é insuperável. Se tiver também paciência, o time de Zé Roberto estará na final do Mundial pela segunda vez consecutiva.

Do outro lado, a Rússia é favorita contra os Estados Unidos. Minha aposta é a repetição das finalistas de 2006.



MaisRecentes

Minas espera Hooker ainda em outubro



Continue Lendo

Vaivém: Vôlei Nestlé confirma apresentação de peruana



Continue Lendo

Vaivém: Polonesa é esperada em Barueri



Continue Lendo