Outra vitória e um susto



O Brasil venceu novamente a Bulgária, em Maceió, por 3 a 0 (25-23, 25-15 e 25-17), na preparação para o Campeonato Sul-Americano. Mas desta vez ficou uma sensação ruim no ar.

A capitã Fabiana precisou deixar a quadra com uma torção no pé direito, após pisar em Dani Lins numa tentativa de bloqueio. Pela imagem do SporTV ficou claro que o pé da central deu uma baita virada. Ela chorou, precisou sair carregada, preocupou a todos e acompanhou o restante da partida do banco de reservas. Ao fim do duelo, saiu novamente carregada. Hoje ela faz exames para os médicos terão uma noção melhor do grau da lesão. Pelas primeiras informações a situação não é das mais graves.

Qualquer tipo de contusão deste momento até a véspera da Olimpíada irá preocupar. Muitas jogadoras brasileiras já estão com a cabeça na Rio-2016, pois sabem que estarão na lista de José Roberto Guimarães.  Faz parte do jogo, mas é algo que deve mesmo atormentar atletas das mais variadas modalidades.

Sobre a partida, Zé Roberto deu chance para a líbero Léia e para a central Adenízia como titulares. Achei a substituto de Camila Brait um pouco insegura no passe em algumas situações. A oposto Monique, com 13 acertos, foi a maior pontuadora.

O próximo desafio da Seleção será o quadrangular no Rio de Janeiro contra Alemanha, Holanda e a mesma Bulgária.

 



MaisRecentes

Esperava um jogo tecnicamente melhor no Mineirinho



Continue Lendo

Reflexão sobre o momento da Seleção é necessária



Continue Lendo

O novo capítulo de uma relação conturbada entre Brait e Zé Roberto



Continue Lendo