Ouro pode abrir/reabrir portas na Seleção A



O vôlei brasileiro fechou o Pan de Guadalajara com 100% de aproveitamento.

Depois da Seleção feminina e das duplas Alison/Emanuel e Juliana/Larissa, a Seleção masculina fez sua parte nesta madrugada, após vencer Cuba por 3 sets a 1, parciais de 25/11, 24/26, 25/18 e 25/19 (foi duro aguentar até  2h e tanto da madrugada, não?).

Mais do que o ouro, o Brasil deve comemorar a certeza de que alguns atleta do time B poderão, em breve, estar no time A.

Fiquei impressionado positivamente com a atuação do oposto Wallace Souza (do Sada/Cruzeiro). Eleito o melhor atacante, ele merecia, na minha opinião, o prêmio de MVP dado ao cubano Leon. Na final, marcou 21 pontos (15 de ataque, três de bloqueio e três de saque) e demonstrou, além de confiança, uma amadurecimento. Lembro que Wallace deixou a desejar na final da Superliga contra o Sesi e foi questionado justamente por ter desaparecido nos momentos decisivos.

Atualmente, ele é a quarta opção para a posição no time A, atrás de Théo, Wallace Martins (do Sesi, que ficou no banco no Pan após ter jogado Liga Mundial, Copa América) e Leandro Vissotto, que parece se recuperar no Cuneo. Vejo que Wallace Souza, pela idade do trio acima citado, terá chance mesmo no próximo ciclo olímpico, para os Jogos do Rio em 2016. Para Londres, só deverá ter chance caso os “rivais” se machuquem.

Os mais experientes também corresponderam à altura o que se esperava deles. Bruninho fez uma competição muito regular e pareceu muito à vontade com este grupo, algo que não vejo tão claramente na Seleção principal. Ganhou merecidamente o prêmio de melhor levantador. Talvez ganhe a confiança que falte para a Copa do Mundo.

O central Gustavo, como já escrevi durante a competição, ainda tem jogo para estar no time A. O saque continua calibrado e possui uma das melhores leituras de bloqueio do planeta. Estaria na minha lista para a Copa do Mundo.

Já Mário Júnior, melhor recepção, confirma ser o substituto imediato de Escadinha para o próximo ciclo olímpico.

Concordam? Acrescentam mais alguém à lista acima?



  • emanuella

    Brasil jogou muito bem ontem/hoje, fez o melhor jogo do campeonato. o saque funcionou muito bem Thiago Alves arrasou nesse quesito, quando precisamos abrir o placar, lá estava ele para sacar bem e dar tranquilidade ao Brasil.
    Bruno jogou bem distribuindo bem as bolas, todos os atacantes marcaram bastantes pontos.
    e Wallace foi ótimo, nosso MVP com certeza, queria muito ele no time, quem sabe o Bernardo leva três opostos.

  • Lucas

    Parabens meninos!
    Grande jogo contra o favorecido Cuba, e fiquei impressionado com Wallace Souza e Bruninho … desempenho fantástico!

  • Joao Paulo

    Gosto muito do estilo do Wallace. Salta demais! Bloqueia, ataca e saca muito bem! Talvez ainda não esteja mesmo preparado para a pressão da seleção, mas é importante estar sempre junto com o grupo, pq é minha aposta para MVP das Olimpiadas do Rio.
    Discordo apenas do comentário sobre o Mario Jr. Não acho que ele passe bem, perde defesas incríveis, facílimas… tem mais “marra” do que qualidade… Gosto muito mais do Alan… o problema são as constantes contusões…
    Fora Gustavo, Bruninho e Wallace, acredito que nenhum desses jogadores tem potencial para a seleção A, mesmo o Thiago Alves, que esteve lá, mas a meu ver está atrás de outros jogadores…

  • Jailson

    Hernandez só faltou dançar rumba na rede.Mas no fim vence o melhor.

  • Jairo (RJ)

    Tb gostei do jogo ontem.
    Eu não sei o que se passa na cabeça do Bernardinho, mas deve ser bom ter uma dor de cabeça como essa de ter várias peças em condições de figurar no tabuleiro…

    Gustavo ainda tem vaga e ela seria no lugar do Rodrigão. O Bruno fez uma distribuição harmônica, mas confesso que não entendi a opção do Bernardo em colocá-lo na seleção B. Se ele já fechou com o filho dele, não seria legal ter colocado o mago William ou o Sandro nessa lista.

    Acho tb que já estava no hora de rodar os liberos. Temos o Alan, o Thiago Brendle e outros. Qdo o Escadinha sair, o Mario Jr como titular vai ter sombra de quem?

    Na guerra dos Opostos, acho que levaria o Walace Souza pra rodar. Um garoto intenso que só precisa controlar a ansiedade.

    O ciclo olímpico ainda terá vários capítulos, mas creio que o treinador já tem o grupo formado na mente dele.

    • Mauricio

      É realmente questionável a ida do bruninho para o Pan, afinal ele já está convocado para a seleção A (e é o titular absoluto, não?). será para dar mais “rodagem”? mas se a maioria dos que estiveram em guadalajara não participarão das próximas principais competições, não seria mais útil tê-lo deixado treinando no Brasil? Há uns meses, antes da Liga Mundial, o técnico á havia fechado seu grupo olímpico. depois, vieram os supostos desentendimentos e racha no grupo.

      Não dá para saber o que de fato está acontecendo com o time, mas que existe uma lista de espera e que ela pode andar antes que as pessoas – e principalmente os jogadores – imaginam, ah isso está rolando. e certamente o bernardinho sabe muito bem como utilizar desse artifício com relação aos seus discípulos “dissidentes”.

  • Luciano

    Parabéns ao Brasil pela conquista, valeu a felicidade e euforia do Lipe (Chupita), pois sabe que seleção principal pode estar muito longe para ele apesar de ser na minha opinião a melhor opção para o lugar do João Paulo Bravo. A avaliação passa pelas peças da nossa seleção como o Wallace Souza que com certeza está em um momento diferenciado, maduro (cuidado para ele não passar do ponto e se tornar velho para a seleção e ficando desmotivado, assim como aconteceu com o Vissoto). Thiago Alves já foi melhor, pois por ser ponta fica muito em bloqueios na posição dele, tendo o saque e o ataque de meio fundo como suas melhores saìdas. Éder sempre foi realidade, mais o Rodrigão não deixa ele aparecer no time principal, e ele já não é tão garoto. Gustavo jogou muito bem para esse nível de competição, porém não podemos cair na armadilha que a Itália vive hj com uma seleção sem peças de reposição a altura. Mário Junior anos luz longe do Serginho, tem outros líberos no Brasil que são melhores que ele. O Bruno jogou como comandante até discutindo com o Chupita pois alí ele manda, com uma seleção que lhe dá confiança e não na principal que baba ovo para os outros, na principal ele não tem confiança pois o gaviões de lá não permitem isso ( se o levantador é o ponto de equilíbrio do time ele faz a diferença e nessa seleção ele faz). Mais vejamos os últimos comentários, Murilo Radke levantador de potencial, jovem que deve jogar sempre com a seleção principal, Maurício Borges um pouco mais leve e rápido será o melhor ponta futuramente, sua altura e idade permitem isso. O Mauríco Souza acredito que é um pouco inferior ao central Isaac do São Bernardo, o Renato foi de figurante apesar de ser muito bom, pois sua idade não permite mais seleção e ele mesmo na Cimed será reseerva de Giba e João Paulo Tavares. Por fim veja que Cuba tem um time muito novo com potencial, Argentina não foi com seu time A também, mais deu trabalho, os Estados Unidos sem sua Seleção principal inteira, portanto a realidade do volei mundial será vista na Copa do Mundo do Japão, torcendo muito para o Brasil não perder essa oportunidade, e se não ficar entre os 3 primeiros, irá disputar com a Argentina um lugar em Londres, porém não temos mais o Joel para fazer a diferença. Valeu Brasil, fizeram o que o Basquete não faz a anos, raça sempre.

  • Afonso (RJ)

    Um placar de 25×11 não é normal num BrasilxCuba, ainda mais numa final de Pan. A única explicação que tenho para isso é o nervosismo da jovem equipe cubana. Atualmente a “amarelinha” impõe tremendo respeito no vôlei, assim como fazia no futebol dos bons tempos. Foi uma sucessão de erros cubanos enquanto o Brasil entrou focado e confiante. No segundo set, os cubanos de acalmaram e entraram mais focados. Me parece que os brasileiros pensaram que Cuba jogaria como no primeiro set. Foram surpreendidos e deixaram os caribenhos empatarem. Os dois sets seguintes foram mais “normais”, com ambas as equipes mais à vontade em quadra, jogando o que seria seu verdadeiro voleibol. E claro, a equipe brasileira prevaleceu.

    Dos cubanos, vi o de sempre: uma equipe que tem sua melhor arma no ataque e no saque. Recepção regular, relativamente bom bloqueio e fraca na defesa. Me pareceu a equipe brasileira ser mais equilibrada em todos os fundamentos e com um conjunto bem mais forte. Mereceu a vitória.

    Para mim o destaque do Brasil na competição foi o Bruninho, seguido pelo Wallace Souza. Também sempre enche os olhos a técnica e a postura em quadra do Gustavão. Eder e Mario Jr também estiveram bem e os ponteiros Tiago Alves e Chupita longe de comprometerem, mas alternaram bons e maus momentos. Os reservas quando entrara cumpriram bem seu papel.

    Em relação ao aproveitamento dos atletas dessa equipe na seleção principal, a menos que as circunstâncias mudem muito, tirando o Bruninho, acho que só o Gustavo pela experiência e o Mário Junior como eterno reserva do Escadinha. Wallace Martins também tem chances remotas. Os demais acho que vão torcer pela TV como todos nós, pobres mortais.

    Finalmente, o vôlei brasileiro está de parabéns pelos 4 ouros com um aproveitamento de 100%. Mas que isso não nos iluda, pois as próximas competições serão “pra valer” e certamente os Estados Unidos não virão com essas seleções “meia bomba”, além da participação das tradicionais potências européias e asiáticas.

  • klaus

    Daniel,como está a condição física do Giba? Espero que ele consiga se recuperar, pois ele ainda é muito importante na seleção.

  • Mauricio

    pois é, vamos esperar o campeonato mundial e ver qual vai ser o caminho escolhido pelo bernardinho. afinal, ninguém sabe exatamente o que está acontecendo com a seleção principal, a relação entre os jogaores, etc. talvez, um ou outro dessa seleção panamericana consiga uma vaga na equipe principal antes que muita gente imagina.

  • Naty

    Daniel, gostei também de ver essa seleção….quanto ao Wallace Souza, sou fã dele há muito tempo…..adoro ver seus ataques….impressionante….acho que só faltava mais rodagem mesmo na seleção principal, com jogadores como Bruninho e Gustavo….acho que injustiçaram muito o Wallace na final da superliga…ele jogou mal, como acontece com qq jogador…ele não se escondeu….muito pelo contrário…ele é um cara que vc vê que joga com o coração, sempre se esforçando muito…. Tb gostei do ponteiro Chupita…como tem força, muito bem fisicamente, ataque e saque potentes….temos jogadores mais técnicos sim, mas acho que ele foi muito bem…..enfim, Mario Junior, Éder, Thiago Alves…todos foram muito bem….

  • Diogo (Oz)

    É uma piada saber que o Leon levou o MVP, não foi o destaque nesse jogo e nem contra o México, caso fosse o Hernandez ainda poderia aceitar.

    Nesse time gostei da atuação do Wallace, inversão do 5×1 e Éder. Quem vai para CP dos que tiveram no Pan: Thiago Alves, Wallace Martins, Bruno, Gustavo e Mário Jr.

  • Álvaro Médio

    Contando os dias pra começar a copa do mundo !!!!

  • Márcio Tame

    O Pan valeu pelas experiências. Wallace Souza mostrou que tem condições de fazer parte do time A. Talvez não para esse olimpíadas, mas com certeza para Rio. O Gustavo mostrou que tem qualidade e experiência para integrar o time principal, mesmo não sendo titular. Em 2002 Giovane e Mauricio davam a bagagem necessária aos demais. Em jogos contra time marrentos como Cuba e Italia, sempre é bom ter um Gustavo na rede!!
    Vamos esperar como se saí a seleção na Copa do Mundo. Se tudo sair como o planejado, ou seja, vaga para as olimpíadas garantida, o grupo estará fechado!!

  • Mauricio

    Daniel, vai ter bolão para a Copa do Mundo masc. e fem. ? hahaha…abs

  • Carol

    Acho que faltou o Thiago Alves na sua lista Daniel, ele é um grande ponteiro, tem rodagem internacional e está na seleção a algum tempo já e agora que ele se recuperou totalmente da cirurgia que fez no final do ano passado e retomou a forma técnica e fisica ninguém segura ele, não acho que o JP Bravo (que não deve rirpara a Copa do Mundo) deva fazer frente para ele não.

    Discordo do que vc falou sobre o Mario Junior, acho ele um libero de mediano para ruim e tem pelo memos 3 ou 4 líberos melhores do que ele, além do mais ele não deve se fixar não já que no clube dele ele é reserva, todo mundo em Araçatuba sabe que o líbero titular será o Tiago Brendle que o Mario vai bancar, o que eu acho justo e certo pq o Tiago é um líbero melhor, defende muito, tem um ótimo passe e é jogueiro, sem contar que é querido entre os jogadores o que não acontece com o Mario, acho que depois de Londres 2012 quando o Serginho deve se aposentar da seleção outro líbero deve ser chamado para assumir pq o Bernardo não é bobo e nem nada, o Mario deve ir na Copa do Mundo pq o regulamento exige dois liberos.

  • Graça

    O que vocês acham da atitude dos mexicanos em nitidamente torcer contra a seleção brasileira de vôlei e demonstrarem isso inclusive na premiação de MVP dada ao cubano LEON. Sei que LEON é um ótimo jogador, mas fez uma final ruim, principalmente no primeiro set esteve muito apagado e em nenhum momento no jogo mostrou volei ter condições de comandar uma virada. Eu acho que o verdadeiro merecedor do MVP foi o Bruno que jogou muito solto, variou muito bem as jogadas confundindo o forte bloqueio cubano, usou bastante os meios de rede, tá com entrosamento excelente com Gustavo e Éder, acelerou bastante as bolas nas pontas e também com o fundo-meio, além disso Bruno tá sacando muito bem dificultando bastante o passe adversário e ajuda muito na defesa salvando bolas incríveis. Infelizmente os mexicanos queriam a vitória de Cuba, mas como não aconteceu deram o MVP para o cubano, talvez como forma de protesto, mas o que importa é que o Brasil ficou no lugar mais alto do podium.

  • Jailson

    Nem interessa a idade do Wallace Souza,o cara derruba muita bola.Acho que o percentual de acerto dele é excelente e seu saque muito bom.Mas como a família Bernardo é uma “panela” fica difícil o garoto entrar nesse ciclo.

  • ALAN BANDEIRA PINHEIRO

    Queria aproveitar este site para parabenizar todas as equipes de Voleibol do Brasil; a masculina de quadra, a masculina de praia, a feminina de quadra e a feminina de praia.Também friso a homenagem á Jaqueline do Vôlei feminino de quadra, que infelizmente sofreu fraturas no pescoço, mais graças a Deus já está tudo bem.Estas equipes nacionalizaram e lutaram para conseguir o lugar mais alto do pódio em Guadalajara.Fizeram mais do que uma vitória deles, a vitória de uma nação.Parabéns vocês jogam muito e são demais!!!.. E se preparem para as próximas olimpiadas e competições internacionais.

    • Marcelo Arrais

      É isso ai Alan Bandeira , devemos reconhecer que o Vôlei Brasileiro é 10 ! Valeu.

  • Adriano Rangel

    Achei esse post super coerente com a realidade do vôlei masculino, entretanto acho que o Wallace Souza deveria ser aproveitado já no ciclo olímpico de 2012, creio que a seleção precisa de jogadores novos, com novas técnicas e tão bons quanto aos que lá estão, penso desta forma porque muitos dos nossos selecionados já estão muito “marcados” pelo vôlei mundial. Considero o Bernardo Rzende um mago da posição em que ocupa, porém não consigo entender sua insistência em certas posições, para mim é hora de dar oportunidade ao Rapha (levantador), ao Wallace Souza e até outros jogadores que estavam ou não na seleção B, mas que ainda não tiveram qq chance. Chega dessas panelas de Giba (excelente jogador), Rodrigão e cia, são caras fabulosos, mas a imprensa divulga sempre um mau star desses rapazes junto ao técnico. Gostaria que comentasse sobre a sua opinião sobre o meu ponto de vista, pode ser?

    • Daniel Bortoletto

      Adriano, não gosta de usar o termo panela. Existem ciclos e os técnicos costumam ser coerentes (nos critérios deles) com quem fez parte deste ciclo deste o início.
      Mas acho, assim como vc e vários outros, já deveriam ter acontecido outros testes na posição de levantador, por exemplo.

  • Maria Tereza

    Como praticamente o mesmo time vice campeão mundial nesse mesmo Japão o ano passado com partidas memoráveis pode ter chegado a esse estágio ninguém desaprendeu a jogar a CBV precisa chamar o Zé para um conversar e resolver o problema acredito nesse grupo elas tem todas as condições de dá a volta por cima agora é preciso acima de tudo humildade do Zé das jogadoras e até dos que fazem a CBV para admitir que o grupo chegou em um encruzilhada e desse ponto ou é declínio total ou volta por cima e bi campeonato Olímpico não tem meio termo.
    Outro ponto é que essas jogadoras precisam ser lembradas também que elas vestem a camisa da seleção elas estão representando a todos os brasileiro, levam as esperanças de milhares apaixonados por Vôlei que sofrem com a falta de vontade e compromisso delas perder tudo bem faz parte do esporte, mais serem derrotadas da forma como elas estão sendo com um time sem vontade apático é inaceitável. O Brasil é um país de povo aguerrido e essa seleção para ter a honrar de representá-lo precisa pelo menos lembrar disso.

MaisRecentes

Joelho afastará Gabi das quadras



Continue Lendo

As primeiras transmissões da Superliga na TV



Continue Lendo

Vaivém: Thaisa jogará a Superliga



Continue Lendo