Ouro e bronze para o Brasil na Universíade



O vôlei brasileiro encerrou a Universíade com um ouro e um bronze.

O lugar mais alto no pódio foi garantido pela equipe feminina, que derrotou a China na final por 3 a 0, parciais de 25-17, 25-12, 25-17.

– Fizemos nosso melhor jogo no campeonato. Já tínhamos ido bem na semifinal (contra o Japão), mas agora foi ainda melhor. Jogamos em um nível muito alto – afirmou o técnico Hélio Griner, assistente de Bernardinho na Unilever.

Fernanda Berti, Regiane e Roberta foram os destaques da final.

No masculino, o terceiro lugar foi garantido após vitória sobre o Canadá por 3 a 1, parciais de 25-20, 25-15, 19-25 e 25-19. O oposto Wallace, com 22 pontos, foi o melhor do Brasil.

– Começamos muito bem a partida, com todos atuando em um ritmo forte. Dominamos os dois primeiros sets. No terceiro, eles abriram uma vantagem e não conseguimos recuperar. Também enfrentamos um problema com o Thiago Alves, que teve uma leve torção no tornozelo. O Rogério entrou bem, mas, no último set, vimos que não era nada grave e o Thiago voltou muito bem também – disse Rubinho, assistente de Bernardinho na Seleção principal.

O ouro ficou com a Rússia, que havia batido o Brasil na semi.



MaisRecentes

Coluna: O Brasil queria receber os Pré-Olímpicos de vôlei. Mas…



Continue Lendo

Coluna: Minas e um dia histórico para o vôlei nacional



Continue Lendo

O tremendo desafio de Minas e Dentil/Praia Clube no Mundial



Continue Lendo