Ouro e bronze para o Brasil na Universíade



O vôlei brasileiro encerrou a Universíade com um ouro e um bronze.

O lugar mais alto no pódio foi garantido pela equipe feminina, que derrotou a China na final por 3 a 0, parciais de 25-17, 25-12, 25-17.

– Fizemos nosso melhor jogo no campeonato. Já tínhamos ido bem na semifinal (contra o Japão), mas agora foi ainda melhor. Jogamos em um nível muito alto – afirmou o técnico Hélio Griner, assistente de Bernardinho na Unilever.

Fernanda Berti, Regiane e Roberta foram os destaques da final.

No masculino, o terceiro lugar foi garantido após vitória sobre o Canadá por 3 a 1, parciais de 25-20, 25-15, 19-25 e 25-19. O oposto Wallace, com 22 pontos, foi o melhor do Brasil.

– Começamos muito bem a partida, com todos atuando em um ritmo forte. Dominamos os dois primeiros sets. No terceiro, eles abriram uma vantagem e não conseguimos recuperar. Também enfrentamos um problema com o Thiago Alves, que teve uma leve torção no tornozelo. O Rogério entrou bem, mas, no último set, vimos que não era nada grave e o Thiago voltou muito bem também – disse Rubinho, assistente de Bernardinho na Seleção principal.

O ouro ficou com a Rússia, que havia batido o Brasil na semi.



MaisRecentes

Quem fica com as últimas vagas na Superliga masculina?



Continue Lendo

Giovane encaminha manutenção do vôlei carioca na Superliga



Continue Lendo

Basta! Nada justifica ameaças de morte



Continue Lendo