Ótima chance para ver o futuro do vôlei brasileiro



Se você é carioca e gosta de vôlei, reserve na sua agenda alguns intervalos para ir ao Macaranãzinho ou ao Caio Martins, em Niterói.

Começou nesta segunda-feira o Campeonato Mundial juvenil masculino. Até o dia 10, 16 seleções brigarão pelo título máximo da categoria. A entrada para os jogos é gratuita.

O Brasil, que defende o título, buscará a sexta conquista. O primeiro jogo do time comandado por Leonardo Carvalho acontece às 18h30, no Maracanãzinho. Torcida entra pela rampa da Rua Eurico Rabello.

Depois de duelar contra os campeões asiáticos na primeira rodada, o Brasil enfrentará, nesta terça, os Estados Unidos e, na quarta, no encerramento da primeira fase, a seleção da Bulgária. A equipe brasileira jogará sempre às 18h30.

Confira a tabela e mais informações em: http://www.cbv.com.br/v1/mjuvenil/mjuvenil.asp



  • Rubens

    Algum canal irá transmitir? Trocentos canais passaram os jogos de volei do Mundial Militar, que me desculpem foram de nível bizarro, e agora esse Mundial Juvenil no Brasil, não vai passar em lugar algum?

  • Diogo Márcio

    Chance essa que os cariocas vão ter, pois a Grade do Sportv e E+I não consta jogo algum do torneio ¬¬’

    Jogo AO VIVO > http://www.fromsportcom.com/v-2/12/62/v-326238.html

  • Afonso (RJ)

    Infelizmente nenhum canal vai transmitir os jogos. Nem Globo/Sportv, nem Band Sports nem Esporte Interativo. Com a transmissão de campeonato de futebol de várzea com jogos em vilarejos do interior de Minas, intermináveis mesas redondas onde se discute toda a sorte de abobrinhas, e campeonatos de futebol português, francês entre outros disparates, não sobra espaço na grade de programação para os meninos do vôlei.

    A FIVB vai transmitir alguns jogos pela internet. Dei uma olhada no primeiro, entre Rússia e Egito no Caio Martins. A imagem estava boa e sem travamentos, mas com câmera fixa no fundo de quadra e sem nenhum tipo de placar. Fica bem difícil de acompanhar. Hoje estão programados EUA x Bulgária e Brasil x Japão. Tenho a impressão que a transmissão vai ser a mesma coisa. Em todo o caso, passo abaixo o link para a TV da FIVB.

    http://www.laola1.tv/en/int/fivb/video/285–.html

  • Jailson

    País onde o voleibol é respeitado é na Polônia.Dá gosto de ver as transmissões mesmo sem entender polonês.O que mais acho engraçado é que passa série c de futebol na cultura por exemplo…

    • Ana Elisa

      Eu não vejo problema em se passar série c do futebol, acho complicado comparar qualquer coisa ao futebol aqui no Brasil. Só deveria ter além disso, mais espaço pra outros esportes, principalmente em canais de esporte. Nem sempre um mundial de categoria de base pode parecer chamativo, mas nesse caso é diferente. É um mundial que está acontecendo no país, de um esporte que se torna cada vez mais popular e vencedor. Deveriam ter dado mais atenção a esse campeonato.

  • Afonso (RJ)

    É, a coisa tá feia.

    Acabei de assistir a boa parte do jogo Brasil x Japão. Vitória japonesa no tie break com parciais de 25×21(Bra) 25×19(Jap) 25×20(Jap), 25×22(Bra) e 18×16(Jap).

    A transmissão foi aquilo mesmo: câmera fixa do fundo da quadra, sem o menor sinal de placar. Mas fiquei bastante decepcionado com a equipe brasileira. Muitos erros em todos os fundamentos, e o que mais chamou a atenção foi a quantidade de ataques para fora e erros de saque. Mas o que mais me procupou foi a falta de vibração da equipe. Parecia que estavam jogando um amistoso. Posso até estar cometendo uma injustiça causada pela transmissão distante, mas dava para ver a vibração dos japoneses que pulavam e davam socos no ar, enquanto os brasileiros burocraticamente faziam aquele “bolinho” no centro da quadra.

    Uma partida só não dá para avaliar uma equipe, principalmente em início de campeonato. Vide a Itália no feminino que cresceu barbaramente durante a competição. Mas se não houver uma melhora acentuada nos próximos jogos, e esses jogadores forem realmente o que temos de melhor, temo pelo futuro do volei masculino brasileiro.

    Torço, mas torço muito mesmo para estar “queimando a língua” e tenha que me retratar depois, mas que estou preocupado, estou.

  • Rubens

    O que mais chamou atenção no jogo foi o levantador da equipe brasileira, muito fraco o garoto. Escolhas sempre erradas, tempo de bola errado. Não sei se era nervosismo ou ele é fraco assim mesmo.

MaisRecentes

Joelho afastará Gabi das quadras



Continue Lendo

As primeiras transmissões da Superliga na TV



Continue Lendo

Vaivém: Thaisa jogará a Superliga



Continue Lendo