Os testes do Brasil no início do Grand Prix



José Roberto Guimarães definiu a equipe brasileira que vai iniciar a disputa do Grand Prix, que acontecerá na cidade de Lodz, na Polônia, entre 8 e 10 de junho, contra italianas, polonesas e sérvias. E, como já anunciado pelo próprio treinador, será um momento de testes.

Ele definiu o grupo com as levantadoras Dani Lins e Fernandinha; as opostos Tandara, Jú Nogueira e Joycinha; as ponteiras Paula Pequeno, Mari, Fernanda Garay e Gabi; as centrais Adenízia, Juciely, Andressa e Natasha, além da líbero Camila Brait.

Em Saquarema, permanecerão treinando as levantadoras Fabíola e Claudinha, a oposto Sheilla, as ponteiras Jaqueline, Natália e Priscila Daroit, as centrais Fabiana e Thaisa e a líbero Fabi.

Zé voltou a  dizer que testará Mari na saída de rede.

– A Mari ficou fora do Pré-Olímpico, por contusão, e precisa jogar. Como ela está se recuperando bem, quero testá-la um pouco na saída de rede também. E a Paula vai porque a Priscila ainda se recupera de uma lesão que sofreu durante a Superliga e achei melhor dar um pouco de ritmo a ela, já que também jogou pouco no classificatório.

Entre os demais testes, estou curioso para ver Fernandinha, Gabi e Camila Brait, que terá chance de jogar partidas inteiras, já que Fabi permanecerá no Brasil.



MaisRecentes

Vaivém: Mais uma campeã da Superliga no Osasco/Audax



Continue Lendo

Na estreia de Lucas Lóh na Liga das Nações, Brasil se recupera



Continue Lendo

Vaivém: Ribeirão apresenta novo elenco



Continue Lendo