Os números da final da Liga



– 14 pontos de ataque fez Rouzier, o melhor francês no fundamento

– 8 pontos marcou Atanasijevic no ataque, pouco para quem é a melhor opção ofensiva da Sérvia

– 13 pontos de block foram feitos pelos sérvios, quase o dobro dos campeões (7)

– 6 aces fez a França, três com Le Roux e dois com Ngapeth

– 48% de aproveitamento no ataque tiveram Ngapeth e Rouzier na final

– 63% de aproveitamento no passe teve Tillie, o filho do técnico

– 2 defesas em média fez Rosic por set. Grebennikov fez três



MaisRecentes

Mais seguro, Brasil vence e está nas finais da Liga das Nações



Continue Lendo

Vaivém: Mais uma campeã da Superliga no Osasco/Audax



Continue Lendo

Na estreia de Lucas Lóh na Liga das Nações, Brasil se recupera



Continue Lendo