Os jogos de sábado da Superliga feminina



Rexona-Ades e Camponesa/Minas abriram os playoffs das quartas de final com vitória neste sábado.

Em São Paulo, o time carioca, o melhor da fase de classificação da Superliga, fez o esperado e venceu o Pinheiros em sets diretos. Chamaram a atenção na partida o apagão no ginásio (algo que tem acontecido com certa frequência nesta temporada em vários lugares do país), que interrompeu o duelo no segundo set, e a contusão de Gabi.

Segundo os médicos do Rexona, a torção no tornozelo de Gabi foi leve e ela não preocupa. Monique, com 15 pontos, foi a maior pontuadora do time. Na terça, às 19h, no Tijuca, o Rexona pode se garantir na semi com mais um triunfo. A destacar a reação carioca no fim do terceiro set, impedindo que o Pinheiros forçasse o quarto.

Já as mineiras precisaram suar muito na vitória sobre o Rio do Sul/Equibrasil, no tie-break, em Belo Horizonte. O time comandado por Paulo Coco esteve duas vezes atrás do marcador e mostrou força para virar, com parciais de 18-25, 25-20, 23-25, 25-18 e 15-3.

Para quem não viu o jogo, a primeira reação ao ler o parágrafo acima é dizer que resultado do quinto set está errado. É atípico e muito estranho, mas o placar foi mesmo 15 a 3. O Minas chegou a abrir 10 a 0, uma sequência de pontos espetacular e raramente vista em jogos de times profissionais deste quilate. Mari Paraíba, com 22 pontos, se destacou. Tandara foi eleita a melhor em quadra. Destaco também o aproveitamento de Rosamaria na saída de rede e Tandara na ponta a partir do quarto set, duas mudanças de Coco que surtiram efeito.

Por fim, arrisco a dizer que uma vitória do Rio do Sul, em BH, poderia decretar o fim do confronto, já que a equipe de Spencer Lee tem um altíssimo aproveitamento de vitórias jogando em Santa Catarina nesta Superliga.

 



MaisRecentes

Seleção masculina terá logística complicada na Liga das Nações



Continue Lendo

Seleção feminina jogará em Barueri na Liga das Nações



Continue Lendo

Sábado dos visitantes na Superliga masculina



Continue Lendo