Os candidatos à elite estão definidos



A CBV divulgou ontem os participantes das duas seletivas que irão definir os últimos participantes na próxima Superliga. Os classificatórios irão acontecer entre os dias 30 de julho e 1 de agosto.

No torneio masculino, a vaga será disputada por São José dos Campos, São Bernardo, Apan/Barão/Cremer (SC) e Upis/Brasília. O quadrangular será disputado na capital federal.

Já o feminino, que será jogado em Araraquara, interior de São Paulo, terá como participantes Uniara/Afav, Maranhão, São José dos Campos (SP) e Renata Valinhos/Country. A CBV anuncia transmissão pela Rede TV!

Cada torneio garantirá ao campeão vaga na elite do vôlei nacional.

No mesmo comunicado, a entidade confirmou a criação da Liga Nacional sub-23, que será uma seletiva para a disputa da Superliga B.



  • leo

    Entrem no meu blog theworldvoleibol.blogspot.com

  • douglas

    Ate que em enfim o CBV se moveu em fovor da nova geração tomara que essa liga sub 23 sirva da oportunidade pra novas jogadoras da base.

  • @alcidesxavier

    O time de Valinhos vice da Superliga B participará?! Mais um, jeito de burlar as regras, caso o mesmo ganhe a competição. O que acho defícil, uma vez que Araraquara e Maranhão tem maior estrutura.

    • Marcelo Souza

      Renata Country/Valinhos não é vice-campeão da Superliga B 2015. A final foi disputada por Concilig/ Vôlei Bauru x Sogipa/Capemisa/Porto Alegre. Ou seja o time do interior paulista terminou na 3ª colocação.

      • @alcidesxavier

        Sim vdd!! kkkkkk Tinha me esquecido, isso pq estava na final!! huahuuaha

    • Marcelo Souza

      Campeonato Sub 23 para ter acesso a Superliga B? A CBV não sabe nem administrar a Superliga principal. A um tempo atras a Superliga Feminina era disputada por 8 equipes apenas enquanto a Masculina chegou a ter 16 equipes. Agora com a possibilidades de termos 16 times feminino (1. Osasco, 2. Rio de Janeiro, 3. SESI, 4. Uberlândia, 5. Minas, 6. Pinheiros, 7. São Caetano, 8. São Bernardo, 9. Brasilia, 10. Rio do Sul, 11. Maranhão, 13. Araraquara, 14. Bauru, 15. São José dos Campos, 16 Valinhos. eles me veem com esta patifaria ridícula.

      • Joao

        Concordo Marcelo, sinceramente não entendo a CBV, a entidade está longe de ter um campeonato A organizado, a Superliga B começou efetivamente na temporada passada e acho um erro esse campeonato Sub 23 e essa Seletiva tbm, pq não manter 14 ou 16 equipes?
        Ninguém quer jogar Superliga B se nem a A tem a visibilidade que os clubes tanto reclamam…
        Enquanto durar essa administração equivocada, os mais prejudicados serão os atletas.
        Maranhão Volei já desistiu da seletiva, se tivesse vaga garantida na superliga o time não teria acabado, garanto.
        Por outro lado, algumas jogadoras estão desempregadas (Paula Pequeno, Jordane, Camila Torquete, Gabi (Central que estava no Minas), Eli Paulino, Perê, Nikolle, Pully, Talita, Fernanda Oliveira, Fernanda Silva, Flavinha, Elisãngela, etc).
        Se a CBV estivesse preocupada com o esporte e com os profissionais não estaria criando campeonatos e regras ridículas que só atrapalham o desenvolvimento do voleibol e não ajudam em nada.

    • Almir

      O time que ficou com o vice da Superliga B foi a SOGIPA. O time de Valinhos foi terceiro colocado.

    • Valinhos ficou em 3º na Superliga B (caiu diante da Sogipa na semifinal). Tinha que ser a Sogipa a 4ª concorrente.

      • Hiago

        “Tinha”? Eles não quiseram

  • Bernardo

    Até que enfim a CBV fez algo de bom: volta da Liga Nacional, repescagem superliga e ainda com transmissão pela REDETV! Na competição feminina a disputa será boa, até pq Maranhão e São José ainda não definiram elencos, o favorito parece ser a UNIARA até por jogar em casa, mas não duvido do time de Valinhos que foi bem na superliga B. Já no masculino favoritismo claro para São José, agora imagina se esse super time não conseguir a vaga, será que o elenco seria mantido para disputar a SEGUNDA DIVISÃO??? Acho que não.

    • Pela regra, era pra Sogipa/RS ser o 4º postulante à vaga, já que o time gaúcho foi o vice-campeão da Superliga B (Renata/Valinhos foi apenas o 3º colocado; liderou toda a fase de classificação e perdeu na semi justamente pra Sogipa – lembrei de um certo time grande que conseguiu a mesma façanha na temporada anterior, na divisão principal).
      Pelos elencos montados, Uniara (no feminino) e SJC (no masculino) são os favoritos às vagas. Pena pro time do ABC, que pode se despedir da primeira divisão.

    • Joao

      Maranhão desistiu da seletiva

  • JOSE HERBERT DE ARAUJO

    Não tem nada de bom esta liga nacional “B” sub-23 pois limitando a idade para 23 anos vai excluir aquelas boas atletas de 24, 25, 26, 27 anos que ainda estão na ativa e não poderão participar do torneio nacional, ficando à míngua, ou seja, menos oportunidades e menos visibilidade. A liga nacional “B deveria ser um torneio aberto como era antes e como é a superliga “A” e “B”, deixando livre a participação de qualquer idade. Já existe o CBS(campeonato brasileiro de seleções, até categoria juvenil, ou sub-21), então que se criasse o CBS categoria sub-23.

  • Osmar Cordeiro

    A criação da liga sub23 muito bom e espero que se estenda para outras categorias , precisamos movimentar o vôlei em todo o território nacional . Sobre a vaga , o último deveria cair e ponto final . Caso se alguma equipe acabasse que seja o vice campeão da B .

  • Edu

    No feminino, a primeira vista, o Araraquara leva certo favoritismo.Tem um elenco já formado há dois meses e treinando com algumas jogadoras novas incorporadas com outras da temporada passada.Um time esforçado e limitado mas com certa estrutura de trabalho e bancado por uma faculdade que paga modestamente e fornece bolsas de estudo para as jogadoras o que da certa sustentação em comparação com as outras adversárias de quadrangular.Do Maranhão não temos quase nenhuma noticia e o S.José feminino era o pior time em nível técnico da temporada passada.A maioria dos recurso foram, nesta nova temporada, para o masculino.No papel,o S.José masculino entra com certa vantagem e a expectativa de garantir a vaga.Mas e um time que nunca jogou junto esta sendo construido e o voleibol é um jogo coletivo com rompantes de destaques individuais que inclinam a partida a seu favor.Para finalizar, sobre o mercado Riad e Lucarelli anunciados agora oficialmente como reforços do Taubaté.Brasilia agora começa a anunciar elenco com a central Roberta e a Michelle Eiras( que entrou mais na temporada sacando),Barbara(ex-Sesi e agora definitivamente oposta e treinando na posição em Saquerema) e Sassá (líbero).

  • Kleber Alves

    Novidades sobre o Maranhão? Adorei saber que terá transmissão.

  • Aline

    Acho bobeira todo esse qualificatório, times são montados e desmontados ao sabor do vento…
    Papelão ridículo do Presidente da Federação de Vôlei de Porto Rico Nelson Pérez de também das jogadores porto-riquenhas que não puseram a medalha de BRONZE no pescoço:
    1. Quem é PORTO RICO no Vôlei? Uma seleção rampeira que nunca ganhou NADA DE RELEVANTE. Já CUBA, é simplesmente TETRA-CAMPEÃ da COPA DO MUNDO DE VÔLEI.
    2. Se queriam se classificar, que as porto-riquenhas ganhassem seus jogos e NÃO FICASSEM DEPENDENDO DE AJUDINHA DOS OUTROS. CADA UM NO SEU QUADRADO.
    3. As porto-riquenhas levaram uma SURRA da DESFALCADA REP.DOMINICANA e ainda queriam ir para a COPA DO MUNDO??? PARA QUÊ??? Para levar surras maiores ainda de TODOS OS OUTROS TIMES???
    4. O técnico tem OBRIGAÇÃO DE PRESERVAR SEUS ATLETAS! Se o objetivo já foi conquistado vencendo o PRIMEIRO SET, pra que forçar jogadoras contundidas? Vale ressaltar que Bernardinho fez o mesmo no Mundial 2010 contra a BULGÁRIA: O Brasil já estava classificado e Marlon e Bruno, doentes, estavam SEM CONDIÇÕES IDEAIS DE JOGO, LOGO FORAM POUPADOS!
    5. Em todos os ESPORTES COLETIVOS ACONTECE ISSO: HANDEBOL, BASQUETE, FUTEBOL, POLO AQUATICO etc… Quando uma equipe já está classificada e o jogo é só pra cumprir tabela, os técnicos costumam poupar jogadores e, ao mesmo, dar oportunidade de reservas ganharem ritmo de jogo!
    6. Na COPA DO MUNDO de FUTEBOL mesmo, EQUIPES QUE GANHAM OS 2 PRIMEIROS jogos na fase de classificação e entram para o TERCEIRO JOGO JÁ CLASSIFICADOS, costumam poupar jogadores para a fase seguinte.
    Então chega de chororô, quem decide se vai poupar ou não jogadores é o técnico de sua equipe, e que essas equipes SEM VERGONHA como a de PORTO RICO, JOGUEM MAIS E FALEM MENOS E CONQUISTEM SEUS RESULTADOS COM SUAS PRÓPRIAS PERNAS SEM DEPENDER DE AJUDINHA DAS OUTRAS EQUIPES: DEPRIMENTE!!!
    PORTO RICO VAI MENDIGAR RESULTADO NA CADEIA!!!

  • Higor

    O que sinto é um profundo descontentamento e frustração com relação à escolha de Araraquara como sede do seletivo que vai definir qual time continuará na SuperLiga. É um desrespeito com o torcedor maranhense e com o próprio Maranhão Vôlei Cemar. O time é detentor do recorde de público das duas últimas competições e foi a equipe com o melhor desempenho na classificação entre as últimas colocadas, o que quase fez com que conseguisse escapar do rebaixamento. Infelizmente a reação veio tarde. Questões como essas deveriam pesar na escolha da sede do seletivo, pois é de conhecimento de todos que torcida é importante demais e o MaVôlei sabe muito bem usar a sua apaixonada e empolgante torcida. O coerente seria São Luís sediar a competição. Enfim, mais uma decisão lamentável da CBV que vez ou outra vem caindo no conceito do torcedor com suas decisões.

    • Hiago

      Oi? Maranhão nem se candidatou para ser sede, a equipe não tem dinheiro nem para pagar as atletas, imagina sedir um campeonato.

      • Jessica

        Maranhão se candidatou sim!! Não fale o que você não sabe.

  • Hiago

    Para quem está falando besteira sem saber, as três equipes com excessão do campeão ganharam direito a disputar esse campeonato, os únicos interessados são os que estão aí.

MaisRecentes

Joelho afastará Gabi das quadras



Continue Lendo

As primeiras transmissões da Superliga na TV



Continue Lendo

Vaivém: Thaisa jogará a Superliga



Continue Lendo