O “título” de Bruninho deve ser comemorado?



Leio que Bruninho foi eleito o melhor levantador de 2012 nas enquetes que o site italiano Volleyball.it promoveu com o nome de Volleyball Globe. Lembro de já ter escrito sobre ele aqui no blog, tratando a escolha como válida e interessante.

Na final, o jogador do RJX superou o compatriota Rapha, do Trentino, em disputa apertada: 1449 votos (52%) x 1328 (48%).

Digo que é significativa a vitória por a eleição acontecer na Itália. Basta que vocês vejam quem foram os outros vencedores:

Oposto: Tsvetan Sokolov (BUL), do Cuneo; ponteiro: Matey Kaziyski (BUL), do Trentino, central: Marko Podrascanin (SER), do Macerata; líbero: Hubert Henno (FRA), do Macerata; técnico: Radostin Stoytchev (BUL), do Trentino.

Devem ter reparado que todos jogam na Itália. Ou seja: fica bem clara a influência do “fator casa”  na escolha dos melhores.  Existe também a mobilização maior de uns nas redes sociais, campanha que alguns sites internacionais fizeram para seus conterrâneos e por aí vai…

Admito que os resultados finais até me surpreenderam, pela ausência de italianos. Birarelli concorria como central, Zaytsev como ponta, Bari como melhor líbero e Alberto Giuliani como treinador. Todos perderam para gringos na rodada final. Muito graças aos fatores que citei no parágrafo acima.

Ainda assim, acho que Bruninho deve comemorar. Gostem ou não de seu estilo, gostem ou não de ele ter como pai o treinador da Seleção… Eu, no lugar dele, ficaria satisfeito com o reconhecimento.

 

 



MaisRecentes

Vaivém: Renovações nos times masculinos do Sesi e do Sesc



Continue Lendo

Vaivém: Principais times femininos do Brasil com muitas mudanças



Continue Lendo

Fabi e destaques do Praia analisam final da Superliga



Continue Lendo