“O time do Brasil não mereceu a classificação”



A sincera declaração de José Roberto Guimarães explica bem o momento da Seleção feminina.

“Passamos a depender de outros resultados, o que é péssimo. Mas a verdade é que, até o momento, o time do Brasil não mereceu a classificação”.

A vitória no tie-break sobre a China só reforça a agonia. Torcer contra a Coreia, depois secar de novo a Turquia, torcer pelos Estados Unidos na última rodada, fazer contas na calculadora… Um 3 a 1, que o Brasil teve totais chances de conseguir hoje, deixaria a classificação menos dramática.

Uma situação delicadíssima do time campeão olímpico para conseguir o quarto lugar em um grupo de seis… Um esforço grande para uma tarefa que não deveria ser difícil.

Ao menos, na vitória contra as chinesas, o time brasileiro parecia ter outro espírito. Melhorou sim em alguns fundamentos, mas ainda peca para fechar as parciais, sofre apagões e se complica em várias situações.

É esperar o fim da rodada para ter um panorama melhor das combinações necessárias para a classificação

 



  • Mauricio

    Ufa. Mas valeu a pena ter visto um Brasil lutando até o fim, apesar de ter ido ao tie-break. Pena que pode ser que acordamos para Londres 2012 um pouco tarde.

    • Fabiano

      Acordamos? Esse time está dormindo há meses. Ainda não sinto confiança. O pior é a possibilidade de cruzar com a Rússia na próxima fase caso a classificação aconteça.

      • Mauricio

        acho que acordamos sim, mas tarde. e falo isso pela postura em quadra, com sangue nos olhos e a fim de ganhar. diferentemente do que foi o jogo contra a Coreia do Sul.

        a Dani Lins, tão criticada, fez um jogo bom. E os ataques do fundo da Thaisa que, até então, não vinha acontecendo? A Thaisa queria cravar as bolas e estava com sede de vitória.

        O Brasil não jogou mal, apesar de ter perdido o quarto set. O outro lado de lá era uma China vendendo caro a derrota. Prefiro que esse time saia das Olimpíadas da maneira que jogou hoje do que perder de lavada, cabisbaixas.

  • Luiz

    O problema é que desde de a Copa do mundo este time está adorando jogar 5 sets. Será que mesmo com a Sérvia capenga esta seleção vai conseguir vencer de 3×0?

  • João Lucas

    Que sufoco. Não comentei o jogo contra a Coréia, porque foi difícil digerir aquela derrota, e depois dela decidi não assistir mais os jogos da nossa seleção, entretanto, acordei e me deparei com o jogo e não resisti. A seleção ganhava por 2 sets a 1 e no 4º set tinha a vantagem de 24×22, só que de novo eu vi um apagão e a China inacreditávelmente conseguiu levar a partida para o 5º set. Vi o quinto set e percebi uma mudada de postura do time e saiu vencedor. Após o jogo muito sorriso, muita comemoração, o que me incomoda. O incômodo se dá porque a seleção torce para um tropeço da Turquia. Que coisa, a atual campeã olímpica secando um time promissor para se classificar em 4º num grupo de 6. Infelizmente eu vivi para ver isso. Não sei o que é pior, vê-la desclassificada, ou vê-la passando pegando a Rússia e levando uma coça da Gamova. Mais é bola pra frente e vou comentar o que vi Thaísa finalmente voltou a ser Thaísa. Fê Garay merece ser titular. Constatei que estava totalmente errado quando dizia que queria Dani Lins fora de Londres, eu queria Fabíola e Fernandinha, enquanto que o Zé Roberto optou por Fernandinha e Dani Lins. Eu afirmava que gostava da Dani, e sempre disse que ela é melhor tecnicamente que Fabíola e até Fernandinha, só que a meu ver faltava a Dani psicológico e por isso deveria ficar de fora. Hoje na entrevista fiquei muito feliz por ver que Dani está solta e tranquila, ela merece essa chance e deve ser melhor trabalhada para chegar arrasando em 2016. Vejo que estava errado e o Zé também. As levantadoras deveriam ter sido Dani LIns, quem diria vêm salvando a seleção e Fabíola a grande injustiçada.
    Agora a pergunta que não quer calar: _A seleção só sabe ganhar no 5º set? Desde a Copa do Mundo é esta agonia. Jeová afasta de nós esse cálice.

    • Héllenne Vivian

      A única chance da Turquia ganhar dos EUA era o mesmo entregar o jogo jamais fariam isso, pelo belo trabalho que estão demonstrando já mais de 5 anos, logo não secaram a Turquia.Concordo com incômodo da seguinte forma: “achar que estão bem e se acomodar´´, preferia elas vibrando e com raiva para atropelar todas e trazer o ouro. Ainda não vi jogar juntas: Socolova , Gamova e Artamonova (Estes), com as duas primeiras já perdemos e ganhamos vou torcer que Jaqueline esteja inspirada para defender, bloquear a Gamova e sair vibrando porque ela não quis tirar uma foto com ela; uma recepção nos moldes brasileiros para não sucumbir aos saques da Socolova; muita atenção diante da genialidade e frieza da Gamova, já a neutralizamos muitas vezes, mas ela é maravilhosa jogadora e não levar as bolas de china, marcar bem e não ir de mão boba ao bloqueio, ir para encaixotar!!!

  • Carlos

    Nossa Mãe. O que Fabí faz nessa seleção? Só se for mesmo para não ter desiquilibrado as companheiras, Jacque é ruim no ataque, mas defende 100 vezes melhor do que a Fabí. Se eu fosse o Zé largava dessa história de líbero em quadra deixava a Jacque fazer essa função e coloca a Natália nos jogos. Agora é tudo ou nada!!

  • leandro

    Só assisti alguns lances do jogo, e é notório que a Fabi tá ajudando a afundar esse time, ela não passa e quando passa seus passes são em sua maioria passes B, não defende, chega atrasado nas bolas e deixo uma pergunta: Qual foi a última vez que Fabi apareceu nas estatísticas com uma das melhores líberos em uma competição? Nem na Superliga ela aparece. Quantos anos ela tem?
    A Paula Pequeno que também está ajudando a afundar esse time, não sabe passar, quando consegue passar seus passes são em sua maioria passes B ou C e no ataque está um desastre. Qual a sua idade?
    Fabiana nossa central não tem potência no ataque, suas jogadas são apenas chinas e só. Como levar para seleção uma central que não ataca bolas rápidas? É boa no fundamento de bloqueio, mas apenas isso. Quantos anos tem?
    Sheila foi uma jogadora talentosa, foi uma das melhores opostas do mundo, mas hoje em dia não tem mais condição física e técnica de antes, não é mais a jogadora de definição desse time. Tem um alcance de ataque muito pequeno em comparação a Hooker, mais de 20 cm de diferença, é muita coisa. Quantos anos?
    A Jaqueline é outra, não passa bem, não defende e não coloca bolas no chão. Marco Freitas a defende dizendo que sua obrigação não é atacar, então ela tinha que ser líbero. O Zé Roberto criou uma nova função na seleção? Ponteira-Líbero. Quantos anos ela tem?
    Em suma, o time tem uma média de altura baixa, jogadoras velhas e sem condição física e de ataque de uma Hooker, sem condição técnica de uma Kim, uma ex-líbero que há tempos não joga nada, que não passa e não defende coma uma Davis, etc.
    O Brasil ganhou, ou seja, ainda tem chances de classificar, se mantêm vivo por aparelhos, mas não depende mais dele, tem que ganhar da Sérvia por 3 x 0 ou 3 x 1 e depender de outros resultados.
    A seleção só dependia dela para classificar e agora também depende dos outros.
    Se o Brasil classificar não passa das quartas de final.

  • Luiz

    Ou tem gente fazendo conta errada ou eu estou louco. Porque acho que mesmo que se a Turquia vencer, e a Coréia vencer a China, o Brasil pode roubar a vaga da própria China, se não me engano.

    • Paula

      Luiz, vamos aos cenários possíveis, segundo minhas continhas:
      O Brasil tem 4 pontos. Ganhando de 3×0 ou 3×1 da Servia, fica com 7.
      A Turquia, com a vitória no Tie Break sobre a Coreia tinha 4 e ficou com 6. Podemos considerar que não vai sair disso, pois não arranca dois sets dos EUA.
      A Coréia tinha 6 pontos e ganhou mais um hoje, ficando com 7. Se perder da China por 3 x 0 ou 3 x 1, fica com 7 em quarto lugar, e nós em 3º pois ganhamos no número de vitórias e no set average. A China, que tem 7, vai a 10 e fica em 2º. Se a Coréia ganhar da China por 3 x 0 ou 3 x 1, vai para 10 pontos. A China fica com 7 e pelo número de vitóras e set average fica em 4º e o Brasil fica em 3º. Agora se der tie break não importando o lado, Coréia ou China, nós seremos 4º lugar.
      Ou seja, se fizermos a nossa parte ganhando de 3 x 0 ou 3 x 1 da Sérvia, já estaremos classificados. Só vamos depender dos outros resultados para saber em qual posição.
      PS – Não acredito que as americanas favoreceriam a Turquia para nos prejudicar. Seria algo totalmente fora do espírito olímpico e essa grande equipe não precisa disso para ganhar de seus adversários.

      • Luiz

        Obrigado pelo esclarecimento. Eu estava meio confuso. Então, o Brasil realmente não luta por vaga apenas com a Turquia. Todo mundo só falava na Turquia, mas eu vi a tabela e notei que China e Coreia não estavam tão bem assim na classificação.

  • Afonso RJ

    Torço para que as meninas consigam a classificação. Como brasileiro, torcedor, e admirador dessas meninas maravilhosas que nos deram tantas alegrias, gostaria muito, mas muito mesmo que pelo menos conseguissem subir ao pódio, mas sem querer dar uma de Cassandra, infelizmente vejo poucas possibilidades de que tal qual uma Fênix, a seleção renasça de suas próprias cinzas, e tenho para mim que se a classificação para as quartas vier, será mais um prolongamento da agonia.

  • Ismael

    O choro da Thaisa no meio do jogo quis me dizer muitas coisas… Não quero ver esse time na fase final !
    Adoro essas meninas, mas chega de sofrimento ! Não esta sendo bom para nós torcedores e muito menos para elas que estão simplesmente se acabando emocionalmente !
    Sinceramente é voltar ao Brasil e juntar os cacos e contruir um nova seleção com essa base que ainda é jovem !

    Força meninas.. principalmente Sheilla, Jaque, Paula, Fabi, Fabiana e Thaisa que são o pilar dessa equipe !

  • Marcus Lessa

    Boa tarde daniel!!
    O Brasil pode terminar em 3º ainda!!
    Veja só:
    Se a turquia ganhar da coreia de 3×2 ela vai a 6 pontos.No domingo terá que perder dos EUa de 3×0 ou 3×1. Sendo assim ficaria com 6 pontos. A coreia com mais um ponto do jogo contra a turquia somaria 7 pontos, sendo que a china tem que ganhar de 3×1 ou 3×0 da coreia. Ocorreria um empate entre coreia e brasil em numeros de sets, e o critério iria para os pontos averages..Isso se o Brasil ganhar de 3×0 da Sevia.
    Viva o Brasil! Eu acredito

    vc concorda Daniel???

    • Viviane

      Só que China e Coreia com 7 pontos cada, podem resolver fazer um jogo de comadres. Se for para o quinto set as duas somam pontos, uma vai ficar com 9 e outra com 8, e o Brasil chega no máximo a sete. Logo China e Coreia seclassificariam independentemente de qual das duas saísse vencedora do confronto.
      Tá certo meu raciocínio?

    • Marcus Lessa

      Até pq se os EUA nao entrar pra valer contra a turqui, corre o risco de nao fikar em 1º lugar! Pois Coreia e china tem 7 ponto e os EUA 9. tanto se a coreia ou china ganhar de 3×1 ou 3×0 ultrapassa os EUA…

      To certo Daniel?

      • Natany

        Acho que os EUA já estão isolados na liderança. Ainda tem os jogos contra a Sérvia, que então somaria 3 pontos e iria a 12, e a Turquia. A única coisa certa nessa chave é o primeiro lugar dos EUA.

        • Marcus Lessa

          Ta certa Naty, eskeci do jogo dos EUA contra a servia….

        • Marcus Lessa

          É torcer pro EUA fazer 3×0 ou 3×1 na Turquia e torcer para a China fazer tbm 3×1 ou 3×0 na Coréia…..Mas será que essas equipes vão fazer jogo sujo?? Quem acompanhou o badminton? O COI suspendeu 4 equipes que fizeram corpo mole pra pegar adversarios melhores….esperar pra ve..

  • Bruno

    Daniel, por favor, ao fim do dia, se você puder, tem como você fazer as contagens. Chances e tudo mais, para termos um panorama das possibilidades do Brasil se classificar.

    • Daniel Bortoletto

      já estou fazendo

  • debygoiania

    Faço minhas as palavras do Ismael.
    Chega de humilhação, vou torcer para o Brasil voltar pra casa ainda na primeira fase.
    Arrumemos a casa e mandemos embora as tralhas, começando pelo técnico.

  • Adriano

    Merecer, não merece, mesmo. Mas a situação está muito estranha, em termos de classificação. Pode até ser que terminem 3 times empatados com 7 pontos (China ou Coréia, se o perdedor não pontuar na derrota; Turquia, se roubar 1 ponto dos EUA; e Brasil, se marcar 3 contra a Sérvia).

    Mas vale atentar que os times podem tentar se ajudar, e, nesse caso, sobraria pro Brasil. Um tie-break entre China e Coréia classificaria os dois times. Todo mundo dá como certo que a Turquia não passa pelos EUA: mas lembrem que os EUA, garantindo a barbada que é a vitória contra a Sérvia hoje, já chega à última rodada como primeiro do grupo. Pode muito bem botar as reservas contra a Turquia e não se esforçar pra ganhar o jogo. Eu acho improvável que essas combinações de resultados ocorram, mas podem acontecer. Bacana, né, FIVB? Deu super certo esse esquema de sorteio de segundos contra terceiros pra impedir combinação de resultados.

    Sobre o jogo, nem dá vontade de falar. A China jogou o jogo praticamente todo com 3 reservas. A melhor jogadora chinesa – Ruoqi Hui – fez uma partida lamentável. O passe da China estava horroroso. A China jogou praticamente com uma central só pontuando o jogo inteiro. E, mesmo assim, o Brasil conseguiu passar a vergonha que passou. O 4º set!!! Não digo que não tenha havido uma melhora em relação ao jogo com a Coréia (seria difícil haver uma piora)… mas mudança de atitude, eu ainda não vejo.

  • Leo

    Acordei hoje acreditando numa vitoria brasileira, não tão sofrida como foi! Quando vi o 1º set achei que ganhariamos os 3 pontos. Esse jogo era para ter terminado em 3×0. No final do 2º set, o erro de levantamento da Fernandinha comprometeu o jogo! Que droga! Agora, sinceramente, na hora que o time mais precisa virar a ultima bola, elas não viram. Sheilla virou bolas importantes no final do 4 set, mas no 24, foi bloqueada. Que droga! Jaqueline que tanto critico, jogou muito bem, fez defesas increiveis. Realmente é incrível a queda de rendimento de Fabi. Erra passes em momentoos importantes, chega na defesa toda quebrada, quando chega. Eita, eita…
    A Turquia acabou de ganhar da Coreia por 3×2. Agora como é que fica a situação Daniel??? Minha cabeça ta doendo pra fazer contas! 🙂

  • lucas

    Se o Brasil perder um set sequer pra Sérvia nao tem chances de ficar em terceiro no grupo, no máximo em quarto. por isso é essencial a vitória do Brasil por 3×0.

  • lucas

    Daniel, vc sabe qual o segundo critério de desempate? O primeiro eu sei que é sets sofridos.

  • Naty

    Pessoal,
    As contas são:

    http://olimpiadas.uol.com.br/noticias/redacao/2012/08/03/turquia-bate-coreia-no-volei-e-brasil-pode-ficar-na-mao-dos-eua-veja-as-chances-de-classificacao.htm

    Bom, acho improvável a Turquia ganhar dos EUA. Só se as jogadoras americanas entrarem de corpo mole ou o técnico não colocar algumas titulares…..
    Ainda dá para nossas meninas, mas tem que ganhar da Sérvia bem….VAMOS MENINAS!!!

    • Ana

      Qual é o time reserva dos EUA? Pq antes das olimpiadas o brasil perdeu em casa pras titulares e tb perdeu pras reservas não?
      É uma tristeza o que está acontecendo!

      • Adriano

        Mas é um time reserva diferente, não vamos nos esquecer. O time do GP tinha Richards, Metcalf e Bown. Nenhuma delas está na Olimpíada. Eu acho que pôr em quadra Danielle Scott, Hodge e Miyashiro não é determinante. Mas se o Hugh apostar em Thompson e especialmente Haneef (no lugar da Hooker, claro), a Turquia pode engrossar.

      • Natany

        Thompson (levantadora), Haneef-Park (oposta), Megan Hodge (ponta), Miyashiro (líbero, mas geralmente entra pra sacar) e Dani Scott (meio). De qualquer maneira vai jogar com uma ponta titular, já que ele tem duas líberos no time.

  • Adriana

    Mesmo aos trancos o Brasil ainda tem chance. Espero não estar equivocada, mas seguindo um raciocínio simples esquecendo China e Coréia, as americanas vão ganhar das turcas por 3×0 ou no máximo 3×1 (não acho nem um pouco provável que elas entreguem o jogo, isso mancharia a quase certa medalha de ouro, além do que não me parece ser do perfil do técnico nem das atletas) e ai é que entra uma complicada questão, o Brasil joga com a Sérvia que esta capengando nas olimpíadas, teoricamente seria um 3×0 tranquilo, mais o maior problema das brasileiras é o psicológico e me assusta pensar em como elas entraram pro jogo sabendo que é ou ganha ou ta fora!

  • Luiz

    Eu tenho certeza de que os EUA não entregarão o jogo para eliminar o Brasil. Eles querem vencer esta olimpiadas invíctos. Não que a seleção brasileira mereça, mas estou dizendo isto pelo espirito de vitória que os americanos tem.

  • Luiz

    Tive uma sensação estranha esta tarde. Algo que me fez pensar que este ano os resultados serão invertidos. Acredito numa final Brasil x EUA tanto no masculino quanto no feminino, mas com o resultado inverso do que ocorreu em Pequim: No masculino, Brasil bete os EUA (mesmo eu AMANDO o time americano), e no femininho, EUA batem o Brasil. Vamos ver se meus pressentimentos estão corretos… (risos).

    • César Castro

      Luiz, isso seria muito mais do que fizemos por merecer, ou seja, seria maravilhoso!

  • Sila

    Excelente comentário desse individuo que juntamente com seu auxiliarzinho são os únicos culpados pelo que está acontencendo.
    Desde o pré, que essas pessoas resolveram acabar com nossa seleção. Não deixaram quem deveria jogar, fazendo rodízios e trocas esdrúxulas, ameaçando jogadoras com corte.
    Continou o processo de afogamento quando em um saguão de aeroporto simplesmente cortou atletas, deixando-as tão surpresas quanto nós simples mortais. Terminou de afundar quando cortou aquela que segundo ele (técnico) era uma jogadora essencial para a seleção, detalhe, avisou na lavanderia. É perdoável, talvez em Saquarema não tenha espaço suficiente para uma conversa desse nível. E continuando, acredito que esse corte tenha sido por motivos estritamente pessoais (com o auxiliarzinho). Enfim, está colhendo o que plantou. Nao vai se safar…Ninguem tem mais nervos dentro dessa seleção, é uma verdadeira tortura….Para terminar só tenho a dizer..GOMari, você é e continuará a ser brilhante..doa a quem doer, né Paulo Coco ?

    • Guilherme

      Perfeito seu comentario.

  • Fabio

    Espero que no mínimo ele se inclua nesse “Time” que não merece a classificação, e na primeira fileira pra tomar tomate.

  • Sarah

    Estão colocando a pilha errada nessas meninas!!

    • Leo

      Vc tem razão. O tecnico em vez de apoiar as jogadoras, as deixa mais nervosas. Acho o Zé um excelente profissional, mas esse ano, ao meu ver, ele errou em muitas decisões, na maneira como elas foram tomadas e em algumas coisas que disse! Todo ser humano está sujeito a isso. E é claro, tem que ser homem pra assumir os erros e tentar consertá-los.

  • Brasileiro

    Eu estou na torcida para que a seleção feminina e masculina brasileira não ganhe medalha alguma. Pois, às vezes, é preciso chegar ao fundo do poço para que percebam que tem algo de errado e corrijam com a razão e não com a emoção.
    Tem jogadores que estão na seleção por gratidão e não por competência e/ou condições técnica, assim como motivacional, já que a maioria já recebem um bom salário.
    É preciso voltar a jogar com amor e garra!
    Não sou a favor da retirada do técnico Bernardo e nem do Zé Roberto, mas sou a favor da troca dos dois novamente. Colocar Bernardo no comando da seleção feminina e Zé Roberto na masculina. Da maneira que estar, o Brasil vai continuar degradando. FATO!

  • Héllenne Vivian

    Foi um aflição o jogo contra as chinesas, principalmente porque cantei as jogadas o tempo todo e as vizinhas riam de mim, me achando louca, mas se admiravam porque de tanto gritar, aconteceu a jogada que mais pedi:“manda Fabiana fazer a china´´, resultado: não houve defesa chinesa. Inacreditável: sabem o que Zé fez? Tira a Fabiana, quando ela estava aumentando a vantagem e iriamos fechar em 3×1, mas diante desse ato insano a China encosta e levou pro tie break.

MaisRecentes

Minas espera Hooker ainda em outubro



Continue Lendo

Vaivém: Vôlei Nestlé confirma apresentação de peruana



Continue Lendo

Vaivém: Polonesa é esperada em Barueri



Continue Lendo