O Sesi me surpreendeu



Quase queimei a minha língua ontem. Iria escrever sobre o  Sesi, apenas quinto colocado na Superliga masculina na virada do ano. Campanha com oito vitórias em 13 jogos e  bem distante dos líderes na classificação geral. Muito pouco para um elenco estrelado e caro.

E aí vem o 3 a 0 categórico de ontem sobre o Funvic/Taubaté, principal perseguidor do líder Sada/Cruzeiro.

Lucarelli foi o maior pontuador e acabou eleito o melhor da partida. O saque fez estragos na boa linha de passe com Chupita, Dante e Felipe. O bloqueio, que vinha até muito bem com Riad, não pontuou tanto, mas ajudou demais a propiciar contra-ataques.

A principal novidade, porém, foi a volta de Murilo, relacionado para uma partida pela primeira vez após a última cirurgia. Fisicamente bem, o ponta pode ser um dos diferenciais neste momento de reafirmação do time paulista.

Será que o favorito fará no returno uma campanha mais digna? Ou menos decepcionante? A primeira impressão é que sim.



MaisRecentes

Quem fica com as últimas vagas na Superliga masculina?



Continue Lendo

Giovane encaminha manutenção do vôlei carioca na Superliga



Continue Lendo

Basta! Nada justifica ameaças de morte



Continue Lendo