O próximo Mundial de Clubes feminino quase definido



O Rabita Baku, do Azerbaijão, é o quinto time confirmado no Mundial de Clubes feminino, que acontecerá mais uma vez em Doha, no Qatar.

O time foi convidado pela organização do evento e se junta ao Fenerbahce (TUR),  campeão europeu, Tianjin (CHN),  campeão asiático, Kenya Prisons (QUE),  campeão africano, Lancheras de Cataño (PUR), representante da Norceca.

Falta apenas a definição do representante da América do Sul. O Sollys/Nestlé, campeão da última Superliga, aparece como favorito. Mas não existe definição ainda sobre participantes, convidados e data da competição.



  • Jailson

    Espero que o Sollys Nestlé não vá com time reserva.Está na hora do nosso esquadrão vencer esse torneio.
    Só uma curiosidade: Istambul (Turquia),Madri (Espanha) e Tóquio (Japão) estão na briga pela olimpíada 2020.Já foram eliminadas: Baku (Azerbaijão) e Doha (Qatar).

  • Vanessa

    Se tiver o Osasco,Go Rabita!!!!

  • Clivia

    Acho q o Osasco deve levar a equipe titular, se não me falha a memória a Unilever abriu mão de participar por não conseguir levar equipe completa ano passado, acho q o Osasco foi o representante.

  • GRACA

    Se o ZE’ ROBERTO nao atrapalhar o SOLLYS novamente, como em 2011 qdo convocou as principais jogadoras do SOLYS p/ disputar o PAN, O SOLYS entra nao competicao como um dos favoritos ao titulo MUNDIAL ao lado das grandes equipes europeias do Fenerbahce(CAMPEAO EUROPEU) e do RABITA BAKU(CAMPEAO MUNDIAL/2011). Caso contrario, a final sera’ o confronto entre os gigantes europeus.

  • Robeeto

    O São José E.C é Tricampêão da Taça Libertadores da América , ta ai um time bem forte que poderia representar o Brasil . “SÃO JOSÉ DOS CAMPOS”

MaisRecentes

Semana positiva das Seleções adultas



Continue Lendo

Coluna: O polêmico teste na regra do vôlei



Continue Lendo

Vaivém: Mais estrangeiras na Superliga?



Continue Lendo