O pós-jogo de Brasil 3 x 0 Coreia



Fala, galera! Enquanto termino de fechar a página de vôlei que sairá neste sábado, no LANCE!, encaminho para vocês alguns links da cobertura do jogo no L!Net, com a análise das jogadoras sobre o 3 a 0.

Amanhã, no Diário, meu material será sobre a “estreia” da Sheilla neste Grand Prix. O que vocês acharam da atuação dela nesta sexta?

http://www.lancenet.com.br/volei/Coreia_do_Sul-Brasil-Grand_Prix-Thaisa-Sheilla-Fernanda_Garay_0_1189681175.html

http://www.lancenet.com.br/volei/Brasil-Coreia_do_Sul-Fernanda_Garay-Grand_Prix-Volei_0_1189681185.html

http://www.lancenet.com.br/volei/Brasil-Coreia_do_Sul-Grand_Prix-Volei-Thaisa-Sheilla-Fabiana-Russia_0_1189681187.html

http://www.lancenet.com.br/volei/Dani_Lins-Brasil-Coreia_do_Sul-Saques-Distribuicao_0_1189681198.html



  • Luis

    A Sheilla, embora nao tenha sido a maior pontuadora, foi a mais consistente no ataque, já que teve como unico erro um bloqueio que tomou atacando do fundo. É a jogadora de maior pontencial do Brasil, pode nao ter ido bem nos ultimos jogos, mas é indispensável para a seleçao, azar para a Tandara…

  • Rodrigo Coimbra

    REGULAR, se trantando de um time mediano talvez muito ruim, exceto a Kim melhor do mundo que não faz milagres, voltando ao assunto Sheilla, espero mais dela pois é craque… veremos contra Rússia e EUA que com certeza será mais exigida!!!

  • Afonso RJ

    Só agora pude assistir ao jogo Brasil 3×0 Coréia do Sul. Baixei do You Tube com o programinha freeware uruguaio “a Tube Catcher”, pus no pen-drive e assisti na TV. (Abaixo o endereço do site):

    https://www.youtube.com/channel/UCq2toZ3OD3mC58y7XSjqUrg?feature=watch

    Quanto ao jogo em si, a meu ver há pouco a acrescentar ao que já foi dito. Um verdadeiro atropelamento. Fiquei com pena da Kim. Não por ter perdido o jogo mas uma jogadora desse calibre merecia companheiras melhores. O resto do time me pareceu pouco mais que medíocre. Me pergunto como o Brasil conseguiu tomar delas de 3×0 nas Olimpíadas de Londres.

    Para fazer justiça, reconheço que houve uma evolução na transmissão do jogo. Luis Carlos Junior um pouco mais contido no berreiro, e NÃO DISSE UMA ÚNICA VEZ o famigerado “saque viagem balanceado”. No terceiro set quase escorregou, e qualificou o saque da Thaísa como “saque balanceado”, mas foi só. E eu não tenho como julgar se ele acertou ou não os nomes das atletas coreanas, pois confesso que não sei os nomes delas exceto, é claro a Kim. (Mas em se tratando de nomes coreanos, é só chutar Kim no feminino e Park ou Lee no masculino que a chance de acertar é enorme 🙂 )

    Fabizinha se saiu relativamente bem, levando-se em consideração que foi sua estréia (pelo menos que eu saiba). É sempre interessante ouvirmos as informações e opiniões de quem esteve “lá dentro” até bem recentemente e conhece tudo de perto. Bem melhor que a maioria dos anteriores, mas acho que ainda precisa evoluir bastante, principamente em termos da leitura tática e observações mais técnicas. Potencial para isso ela tem. E muito.

    Ainda houve uma quantidade muito grande de pontos transmitidos do fundo da quadra. Alguns de uma posição mais alta, o que pelo menos dá um pouco mais de noção de profundidade. Mas sigo firmemente na minha opinião que câmera de fundo, ou outra qualquer que não seja a câmera 1, só serve para replay ou tira-teima. Durante o decorrer do jogo, a variação dos ângulos da transmissão só serve para confundir o espectador.

    Resumindo: Vitória fácil de um time de 7 craques contra outro de uma craque só (coitada). A transmissão melhorou a olhos vistos, mas ainda deixou bastante a desejar.

MaisRecentes

Joelho afastará Gabi das quadras



Continue Lendo

As primeiras transmissões da Superliga na TV



Continue Lendo

Vaivém: Thaisa jogará a Superliga



Continue Lendo