O pedido de Ary Graça para Fabíola



O texto abaixo é do repórter Felipe Mendes e está nas páginas desta segunda-feira do Diário LANCE!.

– Eu quero que você jogue assim na Seleção.

Foi com essas palavras que o presidente da Confederação Brasileira de Vôlei (CBV), Ary Graça, se dirigiu à levantadora Fabíola após a vitória do Sollys/Nestlé sobre a Unilever, na decisão da Superliga Feminina,   sábado  no Rio de Janeiro. A reportagem do LANCE! flagrou a cobrança do dirigente durante a entrega do prêmio de melhor jogadora da final.

Graça agiu dessa maneira por conta das atuações inconstantes de Fabíola com a camisa verde-e-amarela. No próximo mês, a Seleção Brasileira disputará o Pré-Olímpico Sul-Americano, em São Carlos (SP).

Abordado pela reportagem  após o ocorrido, o presidente da CBV aumentou ainda mais a pressão sobre a jogadora. Além de confirmar sua cobrança, Graça falou que se Fabíola jogar como na decisão da Superliga, o Brasil conquistará o bicampeonato olímpico. Eleita também a melhor levantadora da temporada 2011/2012, Fabíola reconheceu a responsabilidade diante da cobrança do mandatário da confederação de vôlei.

– Ele pediu realmente e o que eu tenho de fazer é continuar meu trabalho. É meu sonho disputar uma Olimpíada e quero lutar, ao lado das minhas companheiras, pelo ouro em Londres – disse a levantadora de 29 anos, que tem sido convocada com frequência desde o fim de 2008 e é dona de uma medalha de prata no Mundial de 2010.



MaisRecentes

Vaivém: Renan acerta volta para a Itália



Continue Lendo

Vaivém: Argentina marca golaço ao acertar com Marcelo Mendez



Continue Lendo

Vaivém: Kim, Boskovic e Larson no mesmo time



Continue Lendo