O novo calendário do vôlei brasileiro vai sair do forno



O novo calendário do vôlei brasileiro está praticamente pronto.

Ele voltou a ser discutido nesta semana, em São Paulo, em um encontro entre CBV, clubes, atletas, treinadores e representantes da Rede Globo. Sada/Cruzeiro, que entrou em rota de colisão com a entidade após as críticas de Vittorio Medioli (relembre aqui: http://blogs.lancenet.com.br/volei/2013/04/15/email-bombastico-de-dirigente-do-sadacruzeiro-para-a-cbv/ ), e Vôlei Futuro, com a participação indefinida na próxima temporada, não estiveram presentes.

Nos próximos dias, o calendário deve ser oficializado e divulgado pela CBV. As datas citadas abaixo ainda poderão ser corrigidas.

Apesar de algumas mudanças feitas pela Rede Globo na versão inicial, que teve Bernardinho como um dos mentores, o calendário manteve grande parte dos pedidos de jogadores e clubes: Superliga com período maior de duração, com rodadas nos fins de semana e maior período de descanso para os atletas, criação da Copa do Brasil e Jogo das Estrelas. Ele também inclui a Copa Sul-Americana, competição que dará vaga ao Mundial de Clubes.

Em 2013, a Superliga está prevista para começar na primeira semana de setembro no masculino. A primeira fase vai se estender até o fim de fevereiro. Ela será interrompida em algumas períodos: durante a Copa dos Campeões (torneio entre Seleções no Japão), o Mundial de Clubes e os Jogos Abertos do Interior, tradicional competição de São Paulo. Já a Copa do Brasil tem previsão de começar em dezembro, terminando em 25 de janeiro, com decisão transmitida pela Globo. Playoffs da Superliga (quartas e semifinal) seguirão sendo disputados em melhor de três jogos, com a grande final em jogo único, em 13 de abril. Este é um dos pontos que não me agradam neste grande avanço que o esporte terá.

Entre as mulheres, com menor quantidade de times na disputa, o calendário é um pouco diferente.  A Superliga começará na última semana do mesmo mês, se estendendo, durante a fase classificatória, até meados de março. A final está prevista para 27 de abril. A Copa do Brasil começará em dezembro, terminando em 18 de janeiro, também com transmissão pela Globo.

Uma festa de abertura da temporada está prevista para o dia 4 de setembro.

Gostaram?

 



  • Natalia

    Poderia ter gostado mais se tivessem mudado o sistema de disputa em jogo único na final,algo totalmente chato. Do que adianta um calendário longo com uma final sendo decidida em um único dia e com mando da cbv

    • Adriano

      Eu não consigo entender porque todos odeiam a final em jogo único. Eu quase tenho a impressão que eu sou a única pessoa que não se importa, porque quase todos os comentários enfatizam isso. Não tenho nenhum problema com a final ser em jogo único, assim como não teria nenhum problema com a final ser em série de jogos. Acho que tem coisas bem piores que isso a se lamentar.

      • daniel

        Concordo com vc Adriano

  • Carlos Costa

    Daniel, com esse novo calendário, você saberia dizer como fica a situação do Campeonato Paulista?

    • Daniel Bortoletto

      vai existir normalmente. as datas estão pré-definidas, inclusive

  • Jorge Villac

    Oi Daniel, uma parte que não entendi, haverá algumas rodadas no fim de semana ou todas serão no fim de semana?

    Quanto aos estaduais continua a mesma coisa né?

    • Daniel Bortoletto

      Uma ou outra rodada apenas.
      Estaduais mantidos.

    • FINAL EM JOGO ÚNICO É PÉSSIMO

      Campeonato paulista você quer dizer né? Nos outros estados nem tem estadual, no mineiro só tem 3 times, então é um triangular.

      Deveria acabar os estaduais ou melhor o campeonato paulista.

  • Breno

    DETESTEI o fato da final continuar sendo em jogo único.
    Putz… com isso nem dá pra se animar com as outras mudanças….

  • bsb

    O inicio da SL sendo em setembro é bom, pois os times terão mais tempo para jogar uma competição tão importante, sou contra os playoffs em melhor de 3 deveriam ser melhor de 5, e a grande final também não sou a favor de jogo único. A Copa do Brasil é necessária e o Jogo das Estrelas tem que ser em uma data que faça sentido e não no início da temporada.
    Agora no que se baseia essa afirmação que a SL masculina terá mais times do que o feminino? No feminino além das 10 equipes de 12/13 terão ainda o Maranhão e o Jacareí, sendo assim se todos os participantes da ultima edição confirmarem presença serão 12 times, a não ser que no masculino serão mais que 12 equipes.

    • Alexandre

      Nao sei se realmente é verdade, mas parece que a Masculina terá 14 equipes pois com a subida de Alfa/Monte Cristo, e a inclusao de Taubaté, Permanencias de Volei Futuro , Campinas, e Sao Bernardo tudo indica que serao mais que 12 equipes

      • Daniel Bortoletto

        é bem possível

        • Felipe

          Na masculina das 12 equipes do ano passado 10 confirmaram. Com Monte Cristo e talvez Lajes a Superliga Masculina teria 12 equipes, se Vôlei Futuro e Florianópolis confirmarem aí sim teremos 14 equipes.
          Uma dúvida Daniel, caso o time que ganhe a Liga Nacional feminina esse ano não seja o Jacareí ou o Maranhão, esse time vai subir pra Superliga essa temporada ainda?
          Pq aí nesse caso a SL Feminina terá 13 equipes.
          Outra coisa vi em um site a possibilidade de um time de Maceió estar se formando pra SL Feminina desta temporada e que a equipe da Uniara tb pode participar, vc sabe de alguma coisa?

          • Daniel Bortoletto

            não é simplesmente ganhar a Liga para jogar a Superliga. A CBV pede garantias (que o time não sofrerá com falta de dinheiro), por exemplo.

  • FINAL EM JOGO ÚNICO É PÉSSIMO

    Daniel, os times de Jacareí e do Maranhão vão receber convites para a disputa da Superliga Feminina 2013/2014. Com o elenco dos 2 times nem deveriam disputar a Liga Nacional. Portanto a Superliga Feminina 2013/2014 vai contar com 12 times, tendo que começar junto com o masculino.
    Não gostei da final em jogo único, mas quem manda nesse país é a REDE GLOBO. Continuo não acreditando nestas mudanças, mas se conseguirmos pelo menos essas já é uma vitória.

    • Daniel Bortoletto

      sim.
      mas o masculino pode ter até 14 times.
      o feminino ainda será menor do que o masculino

  • Paulo Torres

    O Jogo das Estrelas foi confirmado como abertura da temporada?

    • Daniel Bortoletto

      confirmado ainda não. está previsto assim

      • bsb

        Não faz sentido

  • Diego

    Final tem que ser melhor de 5 jogos!! Por favor né!! Como a CBV fica refém da Globo???

  • Amanda

    Poxa Daniel.. será mesmo que o Volei Futuro vai ficar fora dessa? Vai ser lamentável para a cidade e sua vibrante torcida!! Mas que eu saiba, o único efetivamente que deixou o time foi o Vini..

    • Speed Volleyball

      A situação do outrora vice-campeão da SLm 2011/12 está complicadíssima… Os dirigentes adiantaram que o time deve continuar, mas o que se vê é o contrário. Ver Superliga sem o VFT é como ver o Brasileirão Série A sem o SPFC…

  • Alexandre Garcia

    Na minha opinião o principal não mexeram. Decisão em um único jogo é de uma estupidez e ignorância tão grande que não consigo entender o porque fazer desta forma.

    Se tem alguém que ganha com isso deve ser a Globo, mas ela poderia passar um melhor de 3 partidas no Esporte Espetacular. É um programinha chato e sem graça, com isso ganharia em emoção….

    • Periico

      Esporte Espetacular só existe para enaltecer Neymar, Cristiano Ronaldo e Messi. Programa babaca.

      • Speed Volleyball

        “Esporte Espetacular só existe para enaltecer Neymar, Cristiano Ronaldo e Messi. Programa babaca.” Bota babaca nisso! Pior é o Band Esporte Clube, que deveria se chamar “Band Futebol Clube”.

  • Marcos

    Como um primeiro passo, não está ruim.
    Lembrando que, na mesa de negociação, sentaram (quase) todas as partes interessadas, com o lado “mais forte” (Globo e CBV), aceitando sugestões e algumas reivindicações do lado “mais fraco”.
    Não concordo com a final em jogo único, mas, dadas as circunstâncias, foi estabelecida essa agenda mínima, em que havia a concordância de todos. Muitos pontos não foram aplicados e alguns não foram divulgados.
    O principal deles: como ficou a divisão dos direitos de transmissão entre CBV/clubes/atletas? Há alguma medida de ajuda financeira da CBV (ex: passagens aéreas)? Há um direito de arena?
    Outro ponto, também muito importante: há um plano de negócios? um plano de marketing para um produto tão bom?
    Se a mudança for só o calendário proposta, ajuda, mas está longe de resolver. Se essas questões que levantei foram tratadas e acertadas (embora não divulgadas), aí sim, teremos uma verdadeira evolução.

    Aproveitando a mensagem: Daniel, há algum tempo você disse que haveria “grandes novidades”. A última novidade importante foi a entrada da Kirim como patrocinadora de Campinas. O que mais vai acontecer?

  • Polaco

    Final de um jogo só é brincadeira . final deveria no mínimo ter três jogos mais a Globo….. outra coisa uma super liga sem nenhum time do Nordeste é uma pena nois nordestinos sentimos a falta de um evento do nivel desse fora da nossa região como baiano fico triste ,pois até o ginasio aqui , não existe mais o que é uma pena para a toda região.

  • daniel, vc pode me dizer se a elisangela vai continuar no sesi na próxima temporada?
    abraço!

    • Daniel Bortoletto

      não irá continuar.

  • André Teodoro

    Daniel, Gostaria de Saber se São Bernardo, Minas, Jacareí, Vôlei Maranhão e Uniara, participarão da Superliga, pois o que se percebe é uma grande confusão em relação a participação desses clubes!

  • o vôlei brasileiro melhorando a cada dia

  • o vôlei brasileiro melhorando a cada dia mas tem q melhorar cada vez mais

    • Speed Volleyball

      Concordo. Pelo menos mais uma emissora de TV aberta transmitindo a competição já seria uma boa.

  • Guilherme

    Daniel, a Superliga feminina vai ter 12 times, certo?
    E e Superliga masculina 13?

    • Daniel Bortoletto

      provavelmente 12 no feminino. 13 ou 14 no masculino

  • Speed Volleyball

    Está bom, mas poderia ser melhor. Apenas uma emissora transmitindo o evento é péssimo. (Eu ainda posso ver na Esporte Interativo pois tenho parabólica convencional, mas e quem não tem?) Pelo menos mais uma emissora de TV aberta deveria transmitir a competição.

  • Pingback: Após aprovação do calendário, clubes marcam reunião sem a CBV | Saque - um blog de vôlei()

  • alguem pode me dizer se o esporte interativo vai transmitir a superliga feminina esse ano de 2014?

MaisRecentes

E vem mais um Zenit Kazan x Sada/Cruzeiro por aí!



Continue Lendo

Após virada incrível no 3º set, Minas avança na Copa



Continue Lendo

O tetra está vivo! Sada/Cruzeiro na semi do Mundial



Continue Lendo