O laboratório de Zé Roberto na Copa Yeltsin



A Seleção B feminina, ou de Novas, como preferirem, começa seu laboratório nesta terça-feira, na Copa Yeltsin, na Rússia, contra a Holanda.

Sob o comando de Claudinho Pinheiro, assistente de Zé Roberto, o time dará chance para atletas que costumam ser reservas  na Seleção principal, casos de Sassá, Adenízia, Camila Brait e Joycinha, além de testar jogadoras que foram bem na última Superliga (Natasha é um bom exemplo) e abrir as portas para outras que são consideradas talentos que precisam de lapidação e farão a estreia neste nível, como Priscila Daroit e Ivna.

Na competição, o Brasil enfrentará Polônia e Holanda na primeira fase, devendo cruzar depois com Rússia ou China.

Dentre todas, estou curioso para ver como Ana Tiemi, após anos na reserva de Carol Albuquerque em Osasco, vai desempenhar a função no levantamento.

O restante do elenco é formada por Claudinha, Tandara, Naty Martins, Andressa e Natasha. 

Zé Roberto fez questão de dizer que o grupo para a Olimpíada de Londres está aberto. Daqui pode sair alguma surpresa para a busca do bi em 2012.



MaisRecentes

Coluna: Minas e um dia histórico para o vôlei nacional



Continue Lendo

O tremendo desafio de Minas e Dentil/Praia Clube no Mundial



Continue Lendo

Coluna: Sinal de alerta com as chuvas no Brasil



Continue Lendo