O jogo que gostaria de ter visto



Banana Boat/Praia Clube 2 x 3 Vôlei Amil.

Gostaria muito de ter acompanhado este jogo, ontem. Vamos aos motivos:

– As fases completamente opostas dos times. As mineiras buscam recuperação para os playoffs, enquanto as paulistas ainda sonham com o primeiro lugar. Apesar do momento distinto, os dois times possuem elencos com potencial por, ao menos, uma vaga nas semifinais.

– Mari foi titular do Praia, no lugar que vinha sendo ocupado por Michelle. Não vou relembrar aqui toda a matéria que escrevi semanas atrás sobre os embates internos que o time de Uberlândia enfrentou. E também não vou escrever de novo sobre o potencial que o elenco tem. Mas admito que esperava bem mais do que os oito pontos que Mari fez, sendo titular nos cinco sets.  Foi o número mais baixo entre as atacantes de Uberlândia nas estatísticas de pontuação: Herrera (18), Monique e Natalia Martins (16), Mayhara (11).

– Natália fez 25 pontos pelo Vôlei Amil. Vou dizer que não me lembrava de um jogo com ela pontuando mais do que Tandara, por exemplo.  Coincidentemente, ela foi capitã do time, na ausência de Walewska, lesionada. Natália estava devendo uma grande atuação. Falta ter uma sequência de bons jogos agora.

– Sem Walewska, Angélica daria conta do recado? Foram nove pontos, quatro deles no bloqueio. Comparando com a companheira de setor, conclui-se que a atuação não foi ruim. Carol Gattaz também fez nove, com um block a mais.

– Claudinha tomou muitos esporros de Zé Roberto? Ou está assimilando jogo a jogo a cobrança e atuando melhor? Peço ajuda aos universitários que viram o jogo ontem.



MaisRecentes

Conheça Kadu, a novidade da Seleção nos jogos pré-Mundial



Continue Lendo

Em dia de justa homenagem por ouro em Pequim, Brasil perde a quarta seguida



Continue Lendo

Coluna: Uma semana estranha para o vôlei brasileiro



Continue Lendo