O jogo a céu aberto



Infelizmente duas reuniões em sequência, ontem, me impediram de acompanhar Itália 3 x 2 Brasil, no imponente Foro Itálico, em Roma, palco de grandes jogos de tênis, mas que desta vez recebeu um jogo de vôlei.

Algo raro em alto nível, numa competição oficial, acontecer uma partida em um estádio, sem cobertura. Cenário bacana, 11 mil pessoas lotando o espaço (rende batendo 220 mil euros – um número acima da média para o vôlei), mas com uma interferência clara no andar do jogo.

Cenário belíssimo em Roma (FIVB/Divulgação)

Cenário belíssimo em Roma (FIVB/Divulgação)

Lendo a repercussão do duelo, elogios à iniciativa, mas sempre deixando nítido que não foi um “jogo normal”:

– Do ponto de vista técnico, foi um jogo difícil, porque as diferenças em relação aos jogos indoor são grandes – disse Rubinho

– É realmente bem diferente de uma partida em um ginásio fechado, como estamos acostumados – pontuou Bruninho.

E a intenção aqui não é achar uma desculpa pela derrota, que fique claro. A mudança de um ginásio fechado para um estádio é bem grande. Interferência da condição climática, sem referências para levantadores… Tudo isso necessita adaptação, algo difícil de acontecer com um ou dois treinos no local. Mas acho que tudo isso vale a pena ao se analisar o show, a repercussão, o espetáculo diferente.

O que vocês acharam da iniciativa? E do jogo em si?

 



  • albertho

    Era um jogo para a seleção ganhar de 3 x 0 de lavada, a Itália é muito inferior a Sérvia. uma pena vê o Lucarelli, um garoto talentoso se acabando em tocos simples de um jogador medíocre como o Vetori – foram três, o Wallace não vai aguentar por muito tempo e vai acabar se tornando um jogador facilmente marcável.Agora o Riad e o Isac bancando pro Lucão… não entendo porque o tecnico prefere perder do que trocar jogador, ele não tem independecia pra fazer isso? e alguem poderia me explicar do ponto tatico porque nunca teve uma troca simples de levantador eu não me lembro de ter visto desde que acompanho jogos da seleção.

    • Aline

      O BRASIL ja esta classificado! E a ordem eh fazer TESTES… A prioridade nao eh vencer jogos na FASE DE CLASSIFICACAO, e sim testar formacoes! Somente na FASE FINAL teremos o time realmente entrando para vencer!

      • Fábio

        Realmente, jogadores como Bruninho, Lucão, Vissoto e Murilo são jogadores que precisam de muitos testes né –‘

  • Rafael Silva

    Foi um espetáculo interessante,catimbado como todo Brasil x Itália.Muitos erros de ambas as partes,instabilidade enorme do Brasil no passe,saque inofensivo do Brasil, esse fundamento e preciso agressividade aliado a assertividade que faz o jogo acontecer ,senão fica difícil. Bruno e um levantador obvio, faz tanta força pra na ser que acaba prejudicando o jogo.
    Lucao não ta jogando rigorosamente nada,serginhio também já teve melhores dias e Murilo joga só com o nome pois nem no fundo ele ta segurando mais.

  • Mario

    Desculpinhas esfarrapadas. Só não tem desculpas pro absurdo de não estarem dando chances pra testar outros jogadores….Murilo, com menor aproveitamento na recepção que Lucarelli e ridículos 3 pontos em 3 sets…vai ser indispensável até quando? Pô, cadê Luca Loh e os outros novatos? Medo de mostrarem que são melhores? Desde quando a seleção está ganhando com este segundo líbero e até quando vão ficar dizendo que ele é craque e tantas baboseiras, atravessando recuperação por cirurgia em ombro…oras, vão catar coquinho e deixem de puxar saco. Por favor! Outro absurdo: qual o motivo de Walace ser titular quando o filho do Papai também começa jogando? Este é o melhor oposto e colocam, por isso, o instável Vissoto e o novato com William e Raphael. Claro que também não querem mostrar o quanto os dois levantadores reservas rendem mais que o doninho do time.

  • Luciano

    Bom do ponto de vista do espetáculo foi bonito, e condições climáticas não servem de desculpas para a atuação dos jogadores pois se o Brasil ganhou da União Soviética no Maracanã na chuva e com piso solto, as condições de ontem entre Brasil e Itália estavam excelente.
    Agora em relação as condições dos jogadores acredito que estamos abaixo de muitas seleções de ponta por aí. O desentrosamento é nítido, coisa que a seleção precisa ter pois só ganharemos algo no conjunto, nunca no individual ou nas costas de dois jogadores.
    Se o Murilo for titular mesmo ele deve ser cominicado que ele é o segundo líbero em quadra e fazer seu papel, se o Bruno for o titular, ele deve ser comunicado a jogar o básico e não inventar e mandar umas jacas para os atacantes.
    Coitado do Serginho que está sofrendo com as irregularidades desses jogadores comuns. Nessa seleção nem Wallace nem Lucarelli que são exceções vão dar jeito.
    A cara do Wallace mostrava que não tem alegria nessa seleção. Sei não algo estranho no ar….

    • Aline

      O fato eh que o Walace joga melhor com o Wiliam do q com o Bruno ou Raphael. Walace se sente mais confortavel e rende muito mais com o Wiliam.

      • Luciano

        Pode ser também, mais pode ser que o jogo dele já está marcado. Largadinhas e ataques pra baixo.

  • Edu

    Foi um espetáculo bacana.Claro que existe a interferência externa nas condições de jogo.Começa com luz natural e depois vai para a artificial e a mudança climática submete a partida sob diferentes circunstancias.Sobre a partida em si, o técnico italiano,Berruto, parece ter uma pinimba pessoal contra a comissão técnica brasileira.No ano passado ao escalar na fase intermediária da Liga somente reservas para dificultar o acesso do selecionado brasileiro depois de uma fase de inicio ruim.Eles realmente se motivam a jogar a vera e como se fosse valer taça.Bruninho ainda não entrou em harmonia com o time em 2015.Anda levantando muito próximo a rede e passível de toques e consequente pontuação adversária na nova regra.Reclamam do Vissoto, mas esse Evandro demonstra ser um jogador inferior.Éder teve o prodígio de errar seis saques consecutivos.Pode colocar na conta da interferência da ambientação externa.Mas não se treina ritmo de saque antes no aquecimento de inicio de partida.Os dois pontos finais da Itália tiveram a participação direta do Xupita que fez um desastrado golpe de vista e depois aparou uma bola de forma bem ruim e distanciando da rede.Prejudicando a virada e retomada da pontuação.No mais, ainda e muito cedo para avaliar a evolução da temporada tanto para a Itália como para o Brasil.

    • Luciano

      Pode ser também, mais pode ser que o jogo dele já está marcado. Largadinhas e ataques pra baixo.

  • Lucas

    Concordo com que já foi dito.Murilo está comprometendo o jogo, ele não está sendo efetivo em nenhum dos fundamentos – principalmente no ataque – isso faz com que o jogo fique marcado nas pontas (Wallace e Lucarelli).Ele já foi um excelente jogador, mas,infelizmente, está sendo mais nome mesmo. No caso do Bruno, ele tem mostrado irregularidade,poderiam fazer a troca direta, como se tem feito em alguns jogos em outras posições. Raphael e William podem ser titulares tranquilamente com mais rodagens,porém já se sabe das “regras da seleção” . Lucarelli está jogando demais em todos os fundamentos,além dele,Isac e o Wallace estão sendo bem efetivos.

  • Bruno

    A insistência com o Murilo é um nojo….O cara há bastante tempo, na bola, não é merecedor de estar ali, ainda mais com o status de “cadeira cativa”. Essa politicagem e apadrinhamento no é algo repugnante. Pelo bem da Seleção a comissão técnica tem que ver os conceitos, porque com essa política, sabemos que não vamos ser campeão. O que Lucas lo, Maurício estão fazendo lá, se não possuem a menor capacidade de substituir ninguém.Muda Brasil…

    • Luciano

      Dante está infinamente melhor que Murilo. O que será que aconteceu para ele nem ser lembrado.

  • debygoiania

    Sempre detestei essa seleção por conta da marra e das caretas(Giba, Escadinha, Murilo). Agora, volta esse marrento líbero, que acha que pode ganhar tudo na careta. O levantador já nem falo.
    A seleção atravessa uma fase medonha. O time italiano é medíocre ao extremo. A meu ver, só salva Birarelli. Zaytsev é mediano e instável. Vettori e Lanza são uma piada.
    Rússia e EUA, com a Polônia correndo por fora, são os grandes candidatos a ganhar a Olímpiada.

    • Dalton Luz

      Procura um viaduto e se joga!

  • jose herbert arujo

    Concordo. Foi um espetáculo bonito, casa cheia, jogo um pouco diferente, mas nada que comprometesse o andamento do mesmo. Agora só acho que deveria dar mais chances aos outros levantadores. O Bruninho(não tenho nada contra ele)mas como alguém já falou eu tbm o acho muito previsível em seus levantamentos, tirando aquela bola que ele chuta pro Lucão, que já não é mais surpresa, são jogadas óbvias. Acho que em clubes ele dá um show mas na seleção…sei nao, pode ser que a influência do pai o perturbe um pouco e ele não fique tão à vontade. Mas, como ele será o titular mesmo, é torcer que dê tudo certo pois as finais será com certeza cada jogo uma pedreira. Assisti ao jogo do Irã contra os EUA e foi um show do levantador iraniano. Com a ajuda da torcida, que é bem fanática, e os ótimos levantamentos de Marouf, os iranianos atropelaram os até entao invictos americanos que estavam atordoados e levaram um 3×0 solene.

    • Renan

      Jose,sabe onde encontro o jogo do IrãxEUA?

  • MVP do blog

    Não será transmitido em canto nenhum esse jogo, por causa do choque de horarios de outras competições; Alguem tem links salvadores na net, pra quando isso acontecer? Parece que o LAOLA não ta transmitindo a liga mundial…

    • jose herbert arujo

      o live.it está transmitindo todas os jogos da liga mundial, das três divisões. Foi lá que assisti a outra vitória esmagadora do Irã contra os EUA. Um j-o-g-a-ç-o.

      • MVP do blog

        Obrigado Josó. Bom domingo pra tu!

        • MVP do blog

          José*

  • Alex Lima

    Brasil 3 e Itália 0 no segundo jogo… E ae??

    • Roberto

      Rindo muito agora desses comentários Zé-Mané, não escapou um, como o amigo citou ai: Brasil 3 e Itália 0 no segundo jogo… E ae??

  • ALINE

    Lembram-se disso???
    Aline disse:13 de junho de 2015 às 13:07
    DISCORDO que os EUA estejam SOBRANDO:
    1.Somente jogaram em casa ate agora.
    2. Ganharam os jogos com MUITA DIFICULDADE, nenhum foi molezinha.
    3.Quero ver se eles mantem a invencibilidade FORA DE CASA…
    4. Jogando em casa, o Brasil tbem estava invicto, so perdeu a invencibilidade na SERVIA.
    Foram jogar em Teran no Iran e levaram duas SURRAS DE 3X0!!!
    NA ÉPOCA QUASE TODO MUNDO DEBOCHOU DE MIM E DISSE QUE EU NÃO SABIA NADA DE VÔLEI…

    • Virginio

      Eu concordei com vc, Aline. Os EUA não estão sobrando não. Se bobear, ainda perdem pontos para a eliminada Rússia, semana que vem.

  • Juliano

    Já tinha falando em outro blog. O Brasil entregou a partida na cara dura.

    Ficou visível que o Brasil estava fazendo doce e queria que a partida durasse mais por causa de todo o espetáculo armado. Sacou flutuante e viagem fácil a partida inteira. Quase ninguém arriscava nada.

    Depois, quando os italianos começaram a provocar e o Brasil resolver ganhar, já era tarde. Estávamos no quinto set e perdemos no detalhe.

    Itália é fraca, não tem ponteiros definidos. Zaytsev é uma bomba a ser explorada, pois sofre muito no passe. Travica é regular, não é aquilo tudo que a Itália acredita ser. Aquele reserva novinho é muito melhor. Até o que atuou pelo Macerata, e que foi “expulso” pelo Beruto, joga mais.

    Eles pelo menos encontraram um bom líbero. Muito bom mesmo, pois o Rossini vinha sofrendo muito na recepção, apesar de ser um excelente defensor.

    O 3 a 0 de hoje só mostrou como o Brasil entrou preguiçoso e queria alongar partida na anterior. Entrou forte no saque e queria acabar logo. Foi um 3 a 0 que poderia até ter sido mais forte, se a seleção não tivesse emocionalmente instável por bobear no jogo anterior (achou que conseguiria vencer quando quisesse, sem qualquer resistência).

    Há tempos que todo mundo vem pedindo Evandro no lugar do Vissotoco… No jogo de hoje ele foi fenomenal. Parece estar desencantando. Jogou muito bem com o Bruno. Aproveitou bem as bolas rápidas e foi técnico quando precisava, não batendo para baixo. Se fizer partidas neste nível para cima consegue até colocar o Wallace no banco.

  • Danilo Ferreira

    Brasil ganhou o segundo jogo da Itália.
    Mas ainda não consigo entender o que o Murilo está fazendo entre os titulares.
    Não podemos dar o luxo de manter um jogador pelo nome, NENHUM ataque dele vira ponto..
    Cadê o Luca Loh?
    Na minha opinião o William não pode jogar jogos internacionais..veja o tamanho dele, a rede que ele está os outros 2 jogadores precisam marcar a rede toda.
    Não vejo grandes perspectivas nessa seleção do jeito que está, com a panelinha do medalhões.
    Acho tb que o Lipe não teria lugar no elenco, visto que não tem bom passe, muitos tocos nos ataques…

  • SPORTS IN THE WORLD

    Nada a ver. Voleibol de alto nível tem de ser jogado em quadra coberta, PONTO. Agora se é para se fazer festa OK! Muito bom o jogo a céu aberto, como ESPETÁCULO foi bem BACANA, o jogo foi EMOCIONANTE com decisão no Tie break alternância no placar, foi lindo mesmo, viu JOSÉ HERBERT como eu sei ELOGIAR. Agora aquele sujeitinho escrever no blog dele (puxando como sempre o saco dos italianos e do Ary Desgraça, seu patrão), que foi épico e que foi a 1ª vez, blá,blá,blá,blá. Tudo MENTIRA, porque o RECORD MUNDIAL de um JOGO A CÉU ABERTO foi de uma partida BRASIL x RÚSSIA no MARACANÃ com mais de 98.000 pessoas e eu ESTAVA LÁ, VI E PARTICIPEI. Além disto o Brasil e a gestão do NUZMAN na CBV, tem outros RECORDES de jogos a céu aberto. Em São Paulo no MORUMBI, BRASIL x USA com mais de 60.000 pessoas e também com BRASIL x USA em Maceió no estádio REI PELÉ, com mais de 40.000 pessoas, jogo este organizado pelo atual presidente da CBV, o tal de “TOROCA” e que teve um fato INUSITADO. SUMIRAM COM A RENDA DO JOGO. kkkkkkkkk
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.
    Outros recordes brasileiros e mundiais de PÚBLICO, também são da gestão do NUZMAN, jogo de clubes pela Liga Nacional, atual SUPERLIGA, entre MINAS T.C. x PIRELLI em 1989, que lotou o MINEIRINHO com 25.800 PAGANTES. É, eu disse PAGANTES, não como hoje que tem torcida do BB (não pagam), torcida da NÍVEA (não pagam), etc. etc. e de Seleções também o RECORD NACIONAL É DA ERA DO NUZMAN, jogo BRASIL x CORÉIA DO SUL, no Mundial feminino de 1994 igualmente no MINEIRINHO em BH, com público PAGANTE de 26.600 pessoas. Portanto por favor quem está atrás de RECORDES e outros tipos de GLAMOUR, fica sabendo que o RECORD de PÚBLICO E TAMBÉM DE “A CÉU ABERTO”, É DE BRASIL X RÚSSIA NO MARACANÃ É PRATICAMENTE IMBATÍVEL COM SUAS MAIS DE 98.000 PESSOAS. O resto é conversa fíada (e matéria paga) do sujeitinho daquele blog que ninguém sabe mais onde está HOSPEDADO.
    Em tempo: Este jogo a céu aberto da Liga Mundial na Itália entre Itália e Brasil, teve o mesmo público que terá o MARACANÃZINHO nas Olimpíadas de 2016, exatamente 11.000 pessoas, LOTAÇÃO MÁXIMA. Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.

MaisRecentes

Um líder por pontos ganhos. Outro por pontos perdidos



Continue Lendo

Camponesa/Minas quebra longa invencibilidade em Osasco



Continue Lendo

Placar RedeTV!: Futebol 2 x 0 Vôlei



Continue Lendo