O Dia D para Zé Roberto



José Roberto Guimarães prometeu resolver sua transferência ou não para o Dínamo Krasnodar, da Rússia, até amanhã, após consultar a CBV.

Vejam aqui o que ele disse ao repórter Geovanne Esteves, em Saquarema, esta semana: http://www.lancenet.com.br/minuto/semana_D_Jose_Roberto_Guimaraes_proposta_time_russo_0_1162683914.html

Sendo muito sincero, eu não vejo necessidade de um técnico ser exclusivo da Seleção Brasileira apenas pelo motivo de a Olimpíada de 2016 ser no Rio de Janeiro.

Logicamente a pressão será maior pelo ouro, que seria o terceiro consecutivo da Seleção feminina. Mas o calendário da FIVB não dá brechas para períodos maiores de treinamento, por exemplo, assim não permitindo que um treinador exclusivo passe mais tempo trabalhando seu elenco.

No caso de Zé Roberto, estar na Europa uma temporada antes da Olimpíada ainda permite observação, in loco, das melhores jogadores do mundo – neste caso sem contar algumas brasileiras que seguirão atuando na Superliga. Sem falar na bolada financeira que os russos costumam desembolsar para atletas e treinadores top.

Ou seja: entre prós e contras, eu não me surpreenderei com a ida dele para o vôlei russo.

 



MaisRecentes

Copa altera o status da Seleção Brasileira masculina



Continue Lendo

Coluna: Vale prestar atenção na vizinhança



Continue Lendo

Coluna: Já esperava ver a Seleção em outro patamar



Continue Lendo