O bronze e a premiação individual do GP



O Brasil encerrou o Grand Prix no terceiro lugar e com duas jogadoras escolhidas entre as melhores.

Justíssima a presença de Juciely na lista como a melhor central. Muito contestável a escolha de Natalia como a melhor ponta.

Fica difícil, ano após ano, defender a forma com que essas listas são feitas, quase sempre com surpresas que beiram o absurdo.

Confira as demais premiações:

Melhor levantadora: Molly Kreklow (Estados Unidos)

Melhor ponteira: Natália Pereira (Brasil)

2ª melhor ponteira: Kelsey Robinson (Estados Unidos)

Melhor central: Juciely Barreto (Brasil)

2ª melhor central: Christa Harmotto (Estados Unidos)

Melhor oposto: Nataliya Goncharova (Rússia)

Melhor líbero: Anna Malova (Rússia)

MVP: Karsta Lowe (Estados Unidos)



MaisRecentes

Coluna: mercado já sente reflexos da crise mundial



Continue Lendo

Itambé/Minas planeja time “em volta” de Macris



Continue Lendo

Osasco Audax quer a volta de Tandara



Continue Lendo