O ataque apareceu em Sydney



Deu a lógica em Sydney. O Brasil venceu a Austrália na abertura da quinta rodada da Liga Mundial. Dois sets molezinhas e com total domínio (25-17 e 25-18), a baixa de concentração e reação dos times da casa (23-25) e o fechamento do jogo em 25-20.

Em relação às formações que vinham sendo utilizados na gira europeia, a dupla Bernardinho/Rubinho apostou na dupla Riad e Isac no meio de rede, deu chance para o líbero Mário Jr., além de Lipe no lugar de Murilo. Os titulares Bruninho, Wallace e Lucarelli completaram o time.

Na ponta, a mudança surtiu o efeito lógico: o Brasil ganhou poder de ataque. Lipe marcou 13 dos seus 17 pontos no fundamento, terminando o duelo atrás apenas de Lucarelli, que anotou 18 (15 no ataque).

Wallace, aniversariante da semana, veio logo atrás com 16. Tais números mostram como o ataque brasileiro foi eficiente. O oposto terminou com aproveitamento de 68%. Lucarelli teve 62,5% e Lipe, 61,9%. Excelentes estatísticas, que também reforçam a boa distribuição de Bruninho.

No bloqueio, Riad e Isac, a dupla brasileira mais eficiente no setor nesta Liga Mundial após os testes já realizados até agora, não tiveram uma atuação matadora. Juntos fizeram três dos oito pontos do time verde-amarelo.

Ressalta-se a dificuldade de parar o oposto Edgar, que terminou o jogo com 21 pontos, mas com 50% de aproveitamento.



  • Rafael Silva

    Primeiro coisa: Credo!!! Mário Jr de volta!! Desnecessário…. Riad e Isaac atualmente são os melhores no meio, lucao ultimamente não ta jogando nada, ta displicente e ineficiente. E evidente que o ataque melhora quando o Brasil não ta jogando com um a menos, se o Brasil consegue segurar o passe com Lucarelli e lipe , Murilo se torna cada vez menos indispensável, sem ataque não dá. Falta agora mais três amistosos para serem feito as necessárias considerações finais,para jogar a fase que realmente importa aqui no Brasil com as 6 melhores equipes:Brasil, Itália,Sérvia, EUA,Polônia/Ira só Deus sabe qual das duas seleções vai rsrs e um time Da segunda d

    • Pra quê Mário Jr.?

      Mesmo Murilo não fazendo a menor diferença na rede, no fundo de quadra segura a onda nos momentos de pressão. Quero ver nos confrontos decisivos Lucarelli, Chupita, Lucas lóh sustentarem recepção!! Chupita então…

      Isac e Riad no meio realmente é a única escolha realmente sábia. Espero que ninguém da comissão técnica ou Bernadinho quando voltar cisme em escalar Lucão como titular ou voltar com o sempre lesionado faz nada do Sidão.

      Bruno como titular é meramente questionável. Tanto Rapha quanto William não tem menos bola pra não serem os armadores.

      Agora, MÁRIO JR.????????

      • Mario

        Bruno e Rapha sao os melhores na posicao para a selecao. Fora William.

      • Guilherme

        Se o Brsil, precisasse de outro líbero, Murilo seria o ideal. Mas ficar sem atacante por causa do fundo de quadra é a maior idiotice que não dá certo faz tempo. Que o digam as últimas Olimpíadas. Este cara tava lá, mas não atacava e deu no que deu. Então, este discursinho está mais do que cansativo, apelativo e ultrapassado.

  • william

    Grand prix ou liga mundial??

  • Edu

    Vi o jogo de relances, um pedaço no horário original e depois na reprise.O que mais despertou atenção é a ativa comunidade brasileira que reside na Austrália bastante alegre e participativa.Depois, achei acanhadas as instalações da arena.A informação no decorrer da transmissão e que era a construida para as Olimpíadas de 2000 , onde superaram a candidatura dada como certa de Atenas.Ou seja ,uma instalação de 15 anos ainda sendo plenamente utilizada.No Brasil,praticamente tudo que foi construído para o Panamericano foi abandonado ou vai ser demolido para as novas instalações de evento olimpico.Obras, os chamados aparelhos esportivos, em tese com apenas oito anos de utilização.Fazendo uma co relação com a postagem anterior se abriga a fase de Grand Prix num ginásio obsoleto, antigo e ultrapassado como o Ibirapuera novamente.Enquanto no pais afora se mofam as arenas construídas para a Copa do Mundo.Neste interim de 8 anos de Pan nenhuma arena decente foi preparada para abrigar esse tipo de evento realizado no inicio de julho.Mas afinal o Brasil é um pais rico enquanto a Austrália e apenas uma ilha distante que foi colonizada.

  • Paulo Fonseca

    HÁ UM CERTO BLOGUEIRO QUE TRAZ EM SEU BLOG (VOLEI COM CONHECIMENTO E INDEPENDÊNCIA). Bom, a independência é um tanto questionável, haja vista os ataques de cunho pessoal que norteiam o referido Blog. Já o conhecimento é que fica mais complicado de se analisar.
    1) Ele publicou, em 27/06/2015, que a França, por ter alcançado 10 vitórias seguidas na Liga Mundial de 2015, entrou para a história da competição, pois quebrou um recorde que pertencia a Holanda (9 vitórias seguidas na Liga Mundial de 1990).

    2) O Blogueiro não deve ter visto a LIGA MUNDIAL DE 2004, nela o Brasil fez 15 JOGOS E GANHOU TODAS AS PARTIDAS (CAMPEÃO INVICTO), conforme site da FIVB:
    04/06 – Brasil 3×0 Grecia
    06/06 – Brasil 3×2 Grecia
    12/06 – Brasil 3×1 Espanha
    13/06 – Brasil 3×0 Espanha
    19/06 – Brasil 3×0 Portugal
    20/06 – Brasil 3×0 Portugal
    26/06 – Brasil 3xo Grecia
    27/06 – Brasil 3×0 Grecia
    02/07 – Brasil 3×2 Espanha
    04/07 – Brasil 3×0 Espanha
    10/07 – Brasil 3X0 Portugal
    11/07 – Brasil 3×1 Portugal
    16/07 – Brasil 3×1 Bulgaria
    17/07 – Brasil 3×0 Sérvia e Montenegro
    18/07 – Brasil 3×1 Itália (campeão invicto)

    3) Além de ter ganho em 2004 invicto, repito, com 15 vitórias seguidas, o Brasil ainda ganhou (12 vitórias seguidas na Liga Mundial de 2006) e (12 vitórias seguidas na Liga Mundial de 2007)

    4) Para mostrar que o feito da França não é lá tão importante assim, basta lembrar que a França, nessa Liga de 2015, encontra-se em um grupo com (Japão, República Tcheca e Coreia do Sul). Assim é fácil chegar a 10 vitórias seguidas, ou não é?

    • Wander

      Acabei de ler esse post, e pensei exatamente sobre isso. Lembrando de algumas das campanhas irretocáveis do Brasil entre 2003 e final da década: “será que o Brasil nunca chegou a mais de 10 vitorias seguidas?”.

    • Marcelo

      Por que você não fez essa pergunta no blog dele? Em todo caso, a FIVB responde:

      http://www.fivb.org/viewPressRelease.asp?No=53444&Language=en#.VZGMq4fr1jc

  • douglas

    Daniel não e Grand Prix é Liga Mundial

    • Daniel Bortoletto

      ver jogo e madrugada dá nisso

  • leo

    entrem,theworldvoleibol.blogspot.com

  • Renan

    -Tenho medo de o Bernardinho queria inserir o Sidão novamente na seleção. Não tem mais espaço pra ele.
    -Isaac e Riad são os dois centrais mais completos,sacam bem,atacam bem e bloqueiam bem.
    -Lucão vive em função do ataque,pois não bloqueia e não ataca.
    -Já perdi as esperanças do Bernardinho convocar o Bruno Canuto e o Filipe do Cruzeiro. Pra mim,são dois ponteiros que poderiam ocupar a vaga do Murilo com tranquilidade. São eficientes na rede e têm um bom fundo de quadra.
    -Mário jr na seleção é piada,jogador ruim.
    -Falam tanto do Bruninho,mas na minha opinião ele não compromete e não vejo o porquê da perseguição.
    Anyway,a seleção Masculina me preocupa muito mais que a Feminina.

  • Desses jogos da aí o único que importou na campanha da seleção de 2004 foi a decisão contra a Itália a grande rival da temporada e dos jogos olímpicos pois os outros eram muito fracos tecnicamente pra se fazer comparação Grécia, Espanha e Portugal e a Sérvia eterno fregues do Brasil..Aguardando como vai ser essa fase final no RIO pelo andar da carruagem os brasileiros podem ter USA e FRANÇA favorita da segunda divisão num grupo e POLONIA,SÉRVIA E ITÁLIA na outra chave jogos muito bom pra se ver..

  • Marcelo

    No jogo de domingo, Lucas Loh mostrou que Murilo (ou Deus, como queiram) não faz falta. O rapaz teve mais de 80% de aproveitamento no ataque e na recepção… Vejam lá nos dados da partida. Talvez agora tirem de uma vez por todas esse peso que em 5 sets faz 03 pontos. Ah, igual a esposa que na semifinal do mundial (outra indispensável) fez 04 pontos – eu fico imaginando cada vez que vejo aquele jogo – o que ela pensava quando o USA fazia a inversão do 5 X 1 e acabava com a mamata de cruzar com a levantadora…

    • Marcelo

      Assiste a final de Londres xará.

      • Marcelo

        Marcelo, o novo técnico dos EUA aprendeu exatamente com aquela final e a Berg no bloqueio. Realmente a Jaqueline fez uma grande partida no ataque, mas como o Kyrali mostrou no mundial por falha técnica.

    • Renan

      Jaqueline,ao lado da Thaísa,foram as melhores jogadores do Mundial. Não dá pra usar apenas um jogo com parâmetro,sorry. É a jogadora brasileira mais completa,então sim,ela é indispensável pra seleção.

      • Renan

        Melhores jogadoras brasileiras*

        • Marcelo

          Renan, procure no youtube e assista o “um jogo” – uma semifinal de mundial – e veja a atuação das duas jogadoras que você citou. Mas sem paixão, com visão crítica e você verá que na hora do pega as duas não funcionaram. A Taisa não chegava no bloqueio e a Jaqueline não conseguia pontuar no ataque.

      • Guilherme

        Melhores, em jogos insignificantes. Jaquetoco não teve a moleza de cruzar com levantadoras de outras partidas. Errou as principais bolas, como por exemplo a que daria vitória pro Brasil no segundo set e poderia ser decisivo pra uma virada – tanto que escondeu a cara, de vergonha. E a grandona tá procurando até hoje os ataques velozes e infalíveis das norte-americanas. Cara, veja a partida direito. Que piada defender cegamente estas jogadoras. Ser fã, tudo bem. Mas ser cego, aí não. Menos, bem menos…

  • Eu vejo essa campanha de 2004 incrível mais não esquecendo que o brasil estava num patamar muito acima dos de mais enfrentou adversários que nem se pode ter como parâmetro técnico pois teve GRECIA ESPANHA PORTUGAL a SÉRVIA eterna freguesa só adversário mesmo a ITÁLIA o grande adversário da temporada no ano. Agora estou aguardando o desfecho pra essa fase final quando realmente se importa na liga mundial tudo indica que o Brasil irá ter USA e FRANÇA provável campeão do grupo 2 e na outra chave POLONIA SÉRVIA e ITÁLIA vai pegar fogo..

  • Fase Final

    EUA já está classificado. Já deve estar pensando nas possibilidades de quem enfrentar a fim de chegar na semi. Na última rodada antes da fase final vai pegar a Polônia e pode tanto testar novas opções quanto despachar a campeã mundial e facilitar bastante o caminho do Irã que quer carimbar sua vaga para a fase final, já que tombar a digna de pena da Rússia em seus domínios não deve ser das tarefas mais complicadas.

    A fase final deverá ser bem interessante e plenamente desproporcional pelo lado do grupo do Brasil, pois pode pintar um grupo com:

    BRASIL SÉRVIA
    EUA/POLÔNIA (mais provável EUA) ITÁLIA
    FRANÇA (é a favorita, sem dúvida, do grupo 2) EUA/POLÔNIA/IRÃ

    A definição deses grupos está, mais propriamente, nas mãos de duas seleções: EUA e IRÃ, ponto.

    Os iranianos podem somar mais 6 pontos com tranquilidade em casa contra a Rússia, mas irão depender como nunca dos americanos conseguirem duas vitórias acachapantes sobre a Polônia em casa, o que é teoricamente dificílimo, mas não improvável, se tratando da seleção americana, a única a ganhar da Polônia no Mundial do ano passado.

  • verdade mais não acho que a Rússia vai ter entregar um jogo tão fácil que pode sacramentar um rebaixamento de divisão do grupo de elite então o IRÃ vai suar muito a camisa acredito que o apalikov e o museshky pode jogar essas duas partidas lá em terhã já que foi confirmado o ALEKNO o treinador da campanha do ouro está de volta como novo treinador da equipe.Agora esse grupo aí de cima com Sérvia no grupo do Brasil não é verdade que o única coisa certa era que o anfitrião da fase final fica na chave com o 1 do grupo B junto com o campeão do grupo da segunda divisão então a Sérvia e Itália já estão em chaves oposto da seleção.

MaisRecentes

O novo conceito da FIVB para 2018



Continue Lendo

Apenas Lebes/Canoas faz o dever de casa na rodada



Continue Lendo

Um líder por pontos ganhos. Outro por pontos perdidos



Continue Lendo