O “aquecimento” do Sada/Cruzeiro para encarar o Zenit



O esperado 3 x 0 do Sada/Cruzeiro sobre o Capitanes de Arecibo aconteceu sem sustos na abertura do Mundial de Clubes, ontem, em Betim.

Apesar de óbvio ele pode ser útil para os donos da casa enfrentarem hoje o poderoso Zenit Kazan, da Rússia, às 20h.

Útil pois os brasileiros já tiraram das costas o “peso da estreia”. Normalmente o primeiro jogo de uma competição é sempre mais arrastado para um favorito do que para um franco atirador. Ainda mais em casa. Culpa da tal ansiedade, que não perdoa sequer os times mais experientes. E a atuação do Sada ontem comprovou esta tese.

O time de Marcelo Mendez entrou em quadra tenso e errou mais do que deveria diante de um adversário limitado. Foram 23 pontos dados de graça para o time de Porto Rico. Número alto, mas que não custou mais caro justamente pelo nível do rival.

Wallace no ataque na abertura do Mundial (FIVB Divulgação)

Wallace no ataque na abertura do Mundial (FIVB Divulgação)

Contra os russos tal peso não existirá mais. E certamente o técnico argentino já cobrou o elenco para minimizar a quantidade de erros. Entregar praticamente um set inteiro em erros contra o Zenit seria fatal.

Checando outros números do jogo é possível ver um equilíbrio quase perfeito entre os pontuadores. Leal, Isac e Filipe fizeram dez pontos cada. Wallace veio logo atrás, com nove. O único ponto fora da curva entre os atacantes ontem foi Eder, com apenas dois pontos, ambos em ataque, e zerado no block e no saque.

O bloqueio do Sada, inclusive, é um fundamento que precisa funcionar com maior eficiência hoje contra os russos. Foram apenas três pontos na estreia, muito pouco. Contra um ataque pesadíssimo de Matt Anderson, Leon & Cia. será preciso bem mais para deixar o Divino Braga com vitória e classificação em primeiro lugar do grupo para as semifinais.



MaisRecentes

Joelho afastará Gabi das quadras



Continue Lendo

As primeiras transmissões da Superliga na TV



Continue Lendo

Vaivém: Thaisa jogará a Superliga



Continue Lendo