O adeus de Fabi



A história entre Fabi e Seleção Brasileira foi encerrada nesta sexta-feira.

O anúncio aconteceu em Saquarema. Leiam o relato aqui: http://www.lancenet.com.br/volei/Fabi-Libero-Aposentadoria-Selecao_Brasileira_Feminina_de_Volei-Volei_0_1156084428.html

É o fim de uma era de vitórias e conquistas importantes. Tanto que Fabi virou sinônimo de líbero da Seleção. A mesma situação de Escadinha com o masculino. Duas referências para a posição mais nova do vôlei. Ídolos de uma geração. Referência para novos atletas, principalmente para os “baixinhos” que procuram espaço em um esporte cada vez mais para gigantes.

Certamente Fabi deixará saudades e uma lacuna a ser preenchida por Camila Brait, que já vem sendo preparada para assumir a função há alguns anos.

O Brasil tem muito a agradecer a ela.

 



MaisRecentes

Giovane encaminha manutenção do vôlei carioca na Superliga



Continue Lendo

Basta! Nada justifica ameaças de morte



Continue Lendo

As duas formas de ver o novo Sesi



Continue Lendo