O adeus emocionado de Del Core



Terminada a partida entre Itália 3 x 0 Porto Rico, algumas jogadoras da Azzurra correm em direção ao grupo responsável pelo entretenimento do Maracanãzinho. Elas querem fazer uma última homenagem para Antonella del Core.

A capitã italiana, aos 35 anos, acabara de realizar a última partida da carreira. Ela então foi entrevistada por Betina Schmidt no centro da quadra, cercada pelas demais companheiras. Antes de fazer um depoimento ao público presente no ginásio, o time puxa o grito de “Anto” e ganha a ajuda de milhares de torcedores. A camisa 15 chora. Depois joga uma  bola autografada e até os tênis para a torcida.

– As jogadoras queriam me dar um presente no último jogo. Queriam que eu terminasse bem – disse Del Core. – Elas me fizeram chorar. É uma equipe maravilhosa, somos muito próximas umas das outras.

Homenagem para a capitã Del Core (15) ao fim do jogo (FIVB Divulgação)

Homenagem para a capitã Del Core (15) ao fim do jogo (FIVB Divulgação)

Em vários momentos da partida ela já havia sido focalizada pela transmissão oficial e nitidamente estava emocionada. As jogadoras atuaram com uma mensagem nos braços: “Grazie CAP #15”, ou seja, obrigado, capitã!

– No vestiário, fui para o banheiro fazer xixi e quando voltei vi que elas haviam escrito a mensagem nos braços. Chorei – admitiu.

Uma homenagem bacana para a ponta, com extenso currículo de serviços prestados para a Azzurra, incluindo dois títulos de Copa do Mundo, dois Europeus e quatro pódios no Grand Prix.

Na Rio-2016, Del Core esteve longe das melhores atuações. Contra Porto Rico foram apenas quatro pontos,  colocando no chão apenas três de 16 ataques. No total, em cinco jogos, 35 pontos (26 de ataque, quatro de bloqueio e cinco no saque):

– Não fizemos os Jogos Olímpicos que gostaríamos, mas isso é esporte. Mas tenho belas lembranças, de verdade.

Agora a nova aposentada já sabe bem o que fazer:

– O vôlei meu deu tudo. Cresci com valores por causa do vôlei. Sei que é hora de parar, quero ter filhos. 36 anos no vôlei é muita coisa. Estou pronta para a vida nova.

 

 



MaisRecentes

Minas espera Hooker ainda em outubro



Continue Lendo

Vaivém: Vôlei Nestlé confirma apresentação de peruana



Continue Lendo

Vaivém: Polonesa é esperada em Barueri



Continue Lendo