No primeiro 3 a 1 do Pré-Olímpico, Sérvia bate a Coreia



Agora são 11 jogos terminados em 3 a 0 e, finalmente, um mais disputado, com o placar de 3 a 1.

Nesta madrugada, no Japão, o Pré-Olímpico feminino viu uma partida equilibrada, a primeira com duração superior a 1h30. De virada, a Sérvia derrotou a Coreia, parciais de 16-25, 25-21, 25-13 e 25-20, se recuperando do tropeço diante da Tailândia.

Brakocevic, com 22 acertos, 19 deles no ataque, liderou o time europeu. Pelo lado coreano, Kim tentou carregar o time nas costas, mas os 30 pontos não foram suficientes.

O resultado fez com que as sérvias assumissem isoladamente a terceira colocação, com seis pontos. Japão e Rússia, com nove, lideram a competição. As coreanas estão em quarto, com 3, com a mesma pontuação de Cuba, Tailândia e Peru.

As russas não encontraram resistência no duelo com Cuba: 25-19, 25-18 e 25-20. Gamova comandou a vitória, ao marcar 20 pontos.

 



  • Guga

    A Kim enche os olhos de qualquer um… Joga muito, 30 Pontos, pena que o time só tenha ela, pq se tivesse uma meio e ponteira eficiente o time daria mais trabalho p os adversários

  • Jailson

    Eu vi um jogo da Rússia e fiquei espantado com o fato da levantadora Startseva jogar bastante pelo meio.Como todos sabem os levantamentos da seleção da Rússia são tão altos que nem a câmera de transmissão pega.

  • Lilian

    Olha o Japao e’ o melhor time desse torneio ate’ agora e ja’ garantiu a sua vaguinha em Londres, a Russia esta’ bem encaminhada, a federacao cubana parece que realmente tinha razao em nao querer gastar dinheiro com esse time cubano e KIM e’ a melhor jogadora desse torneio, mas, as vezes, nao consegue ganhar um jogo sozinha. A Servia com 5 desfalques conseguiu um milagre contra a Coreia.

  • Caco

    Daniel, entrei no site da CEV e lá estava sendo anunciada a lista dos clubes que participarão da próxima Champions League. O Fenerbahçe feminino não constava. É isso mesmo? Por não terem chegado à final do Campeonato Turco o atual campeão está fora da próxima Champions League?

  • Jailson
    • Guga

      q massa, valeu pelos links.

      Nao entendi a do ESPN, transmitiu o pré-olimpico Europeu, usando como Marketing a particpação da Equipe Russa e algumas outras, e agora nesse outro pré-olimpico que tem mais equipes de nome, ignoraram.. Descaso total

  • Dani

    Pelo andamento da competição Cuba não vai mesmo à Londres e todo o dinheiro gasto pela Norceca e pela FIVB com a equipe cubana vai por água abaixo, o maior problema de Cuba não era nem mesmo a grana, mas a falta de passe e defesa, que deixam o time muito vulnerável. A Sérvia com 5 desfalques está encontrando muitas dificuldades no torneio e talvez fique pelo caminho. Na Rússia, a Artamonova (Estes) está suprindo muito bem a falta da Sokolova, na verdade, a melhor formação é com Artamonova, Sokolova e Gamova nas pontas. KIM tem feito de tudo para levar a Coreia à Londres, e pode conseguir se tiver ajuda das companheiras. Tailândia está se esforçando bastante, está alternando bons e maus momentos, mas ainda está na briga. A China Taipei levou surra de todo mundo, até agora perdeu tudo de 3×0. O Peru só ganhou mesmo da China Taipei. O Japão continua sendo a melhor equipe da competição e tem feito grandes apresentações, até agora venceu tudo por 3×0 e está praticamente garantido em Londres.

    • Afonso RJ

      Numa boa: quando se referir a cidade, país, ou outro topônimo, coloque voltei. Se voltei DE Paris, ir a Paris não tem crase. Se voltou DA Sérvia, ir à Sérvia tem crase. Portanto ir/levar a Londres não tem crase (voltei DE Londres). É só um macete, porque na verdade não há uma regra para dizer se um lugar é masculino (O Paraná), feminino (A Bahia) ou neutro (Londres). É aleatório mesmo. No mais, bom comentário. Abração.

  • Lilian

    Acredito que as 12 seleções para Londres serão assim classificadas no feminino:
    Equipe dona-da-casa: Reino Unido; COPA DO MUNDO: Itália, China e EUA; Norceca: Rep.Dominicana; África: Argélia; Europa: Turquia; América do Sul: Brasil; Ásia: Coreia; Pré-Olímpico Mundial: Japão, Rússia e Tailândia.

  • Leonardo

    A coreana Kim Yeon-Koung, MVP da Liga dos Campeoes da Europa, e a italiana Carolina Costagrande, MVP da Copa do Mundo, sao as duas jogadoras mais completas do voleibol, em atividade. As 2 sao “ponteiras-passadoras” de verdade, tem um excelente fundo de quadra, defendem muito bem e dao seguranca p/as levantadoras com o passe. Alem disso sao atacantes de seguranca de suas equipes, viram bolas de qualquer ponto da quadra com muita habilidade. Sao duas ponteiras-passadoras que juntam a habilidade de uma Sassa’ no fundo de quadra com a eficiencia ofensiva de uma Gamova no ataque. Enfim, sao verdadeiras MVP’s do voleibol.

MaisRecentes

Minas espera Hooker ainda em outubro



Continue Lendo

Vaivém: Vôlei Nestlé confirma apresentação de peruana



Continue Lendo

Vaivém: Polonesa é esperada em Barueri



Continue Lendo