No primeiro 3 a 1 do Pré-Olímpico, Sérvia bate a Coreia



Agora são 11 jogos terminados em 3 a 0 e, finalmente, um mais disputado, com o placar de 3 a 1.

Nesta madrugada, no Japão, o Pré-Olímpico feminino viu uma partida equilibrada, a primeira com duração superior a 1h30. De virada, a Sérvia derrotou a Coreia, parciais de 16-25, 25-21, 25-13 e 25-20, se recuperando do tropeço diante da Tailândia.

Brakocevic, com 22 acertos, 19 deles no ataque, liderou o time europeu. Pelo lado coreano, Kim tentou carregar o time nas costas, mas os 30 pontos não foram suficientes.

O resultado fez com que as sérvias assumissem isoladamente a terceira colocação, com seis pontos. Japão e Rússia, com nove, lideram a competição. As coreanas estão em quarto, com 3, com a mesma pontuação de Cuba, Tailândia e Peru.

As russas não encontraram resistência no duelo com Cuba: 25-19, 25-18 e 25-20. Gamova comandou a vitória, ao marcar 20 pontos.

 



  • Guga

    A Kim enche os olhos de qualquer um… Joga muito, 30 Pontos, pena que o time só tenha ela, pq se tivesse uma meio e ponteira eficiente o time daria mais trabalho p os adversários

  • Jailson

    Eu vi um jogo da Rússia e fiquei espantado com o fato da levantadora Startseva jogar bastante pelo meio.Como todos sabem os levantamentos da seleção da Rússia são tão altos que nem a câmera de transmissão pega.

  • Lilian

    Olha o Japao e’ o melhor time desse torneio ate’ agora e ja’ garantiu a sua vaguinha em Londres, a Russia esta’ bem encaminhada, a federacao cubana parece que realmente tinha razao em nao querer gastar dinheiro com esse time cubano e KIM e’ a melhor jogadora desse torneio, mas, as vezes, nao consegue ganhar um jogo sozinha. A Servia com 5 desfalques conseguiu um milagre contra a Coreia.

  • Caco

    Daniel, entrei no site da CEV e lá estava sendo anunciada a lista dos clubes que participarão da próxima Champions League. O Fenerbahçe feminino não constava. É isso mesmo? Por não terem chegado à final do Campeonato Turco o atual campeão está fora da próxima Champions League?

  • Jailson
    • Guga

      q massa, valeu pelos links.

      Nao entendi a do ESPN, transmitiu o pré-olimpico Europeu, usando como Marketing a particpação da Equipe Russa e algumas outras, e agora nesse outro pré-olimpico que tem mais equipes de nome, ignoraram.. Descaso total

  • Dani

    Pelo andamento da competição Cuba não vai mesmo à Londres e todo o dinheiro gasto pela Norceca e pela FIVB com a equipe cubana vai por água abaixo, o maior problema de Cuba não era nem mesmo a grana, mas a falta de passe e defesa, que deixam o time muito vulnerável. A Sérvia com 5 desfalques está encontrando muitas dificuldades no torneio e talvez fique pelo caminho. Na Rússia, a Artamonova (Estes) está suprindo muito bem a falta da Sokolova, na verdade, a melhor formação é com Artamonova, Sokolova e Gamova nas pontas. KIM tem feito de tudo para levar a Coreia à Londres, e pode conseguir se tiver ajuda das companheiras. Tailândia está se esforçando bastante, está alternando bons e maus momentos, mas ainda está na briga. A China Taipei levou surra de todo mundo, até agora perdeu tudo de 3×0. O Peru só ganhou mesmo da China Taipei. O Japão continua sendo a melhor equipe da competição e tem feito grandes apresentações, até agora venceu tudo por 3×0 e está praticamente garantido em Londres.

    • Afonso RJ

      Numa boa: quando se referir a cidade, país, ou outro topônimo, coloque voltei. Se voltei DE Paris, ir a Paris não tem crase. Se voltou DA Sérvia, ir à Sérvia tem crase. Portanto ir/levar a Londres não tem crase (voltei DE Londres). É só um macete, porque na verdade não há uma regra para dizer se um lugar é masculino (O Paraná), feminino (A Bahia) ou neutro (Londres). É aleatório mesmo. No mais, bom comentário. Abração.

  • Lilian

    Acredito que as 12 seleções para Londres serão assim classificadas no feminino:
    Equipe dona-da-casa: Reino Unido; COPA DO MUNDO: Itália, China e EUA; Norceca: Rep.Dominicana; África: Argélia; Europa: Turquia; América do Sul: Brasil; Ásia: Coreia; Pré-Olímpico Mundial: Japão, Rússia e Tailândia.

  • Leonardo

    A coreana Kim Yeon-Koung, MVP da Liga dos Campeoes da Europa, e a italiana Carolina Costagrande, MVP da Copa do Mundo, sao as duas jogadoras mais completas do voleibol, em atividade. As 2 sao “ponteiras-passadoras” de verdade, tem um excelente fundo de quadra, defendem muito bem e dao seguranca p/as levantadoras com o passe. Alem disso sao atacantes de seguranca de suas equipes, viram bolas de qualquer ponto da quadra com muita habilidade. Sao duas ponteiras-passadoras que juntam a habilidade de uma Sassa’ no fundo de quadra com a eficiencia ofensiva de uma Gamova no ataque. Enfim, sao verdadeiras MVP’s do voleibol.

MaisRecentes

Bento fora da Superliga. Castro já comemora vaga



Continue Lendo

Semana positiva das Seleções adultas



Continue Lendo

Coluna: O polêmico teste na regra do vôlei



Continue Lendo