Não reclamem da nossa TV



TV aberta é quase igual em todo o lugar do mundo. Programas de auditório com brincadeiras infantis que rendem prêmios em dinheiro, bate-boca entre entrevistados, novelas e … venda de tapete e joias.

Durante as tardes, três canais transmitem simultaneamente o animado comércio de peças persas para o chão e ouro 18 quilates para dedos e pescoços.

Em um deles, o apresentador, que lembra o saudoso Alborguetti, nas feições e no estilo de comandar a atração, tem a companhia de uma loira bem desanimada. No fim do programa, ela está cabisbaixa e levando broncas do bonachão.

Não comprei nada, mas dei boas risadas.



MaisRecentes

Coluna: Minas e um dia histórico para o vôlei nacional



Continue Lendo

O tremendo desafio de Minas e Dentil/Praia Clube no Mundial



Continue Lendo

Coluna: Sinal de alerta com as chuvas no Brasil



Continue Lendo