Não é piada de 1º de abril



Você acredita em liberdade de expressão no Brasil? Eu, ainda mais como representante de um meio de comunicação, acredito, mas passei a repensá-la depois de um ato de censura que tomei conhecimento no vôlei.

Aconteceu no sábado, no Ginásio da Vila Leopoldina, em São Paulo, durante o jogo Sesi x Sada/Cruzeiro.

Uma faixa levantada na torcida com os dizeres “#UnidosPorUmaSuperligaMelhor”, hashtag usada por centenas de jogadores brasileiro desde a última semana no Twitter, pedindo mudanças na competição, foi proibida de ser mostrada ao ser notada.

A ordem foi expressa: não queremos que a Globo mostre isso. E a pessoa que levou a faixa foi ameaçada da multa, já que era ligada a um dos times que estavam em quadra.

Será que podemos tratar o fato como CENSURA ou ela não existe mais no país?

Estou com vergonha ao terminar de escrever o post. Será que vocês, ao lerem isso, possuem o mesmo sentimento?

 

 

 

 



  • Racing Volleyball Club

    Simplesmente vergonhosa esta atitude, o que prova que parte desta crise que a competição passa foi causada pela própria emissora e seu grupo.

  • daniel

    Caro Daniel, a mim em nada surpreende esta atitude lamentável e medíocre. O VOLEIBOL BRASILEIRO VIVE SOB CENSURA. Ninguém pode falar nada, ninguém pode criticar. Os comentaristas mais parecem sabonetes ou vaselina de tão escorregadios que são. Ninguém se compromete. Os técnicos da seleção são intocáveis. Em muitos e muitos anos, nunca vi nenhum comentarista na televisão questionar a presença ou ausência de um atleta sequer na lista de convocação ou de escalação da seleção brasileira. E olha que polêmica é o que não faltou, até porque temos tantos bons atletas que é mais do que normal termos opiniões diferentes. Ninguém é o dono da verdade. Se Bernardinho e Zé Roberto invertessem de posição, com certeza alguns nomes mudariam, mas os comentaristas continuariam com a mesma opinião, ou seja, nenhuma. Vejo no basquete os comentaristas se posicionando. No futebol nem se fala, cada um fala o que quer, ou pelo menos uma parte do que quer. Até na política e na economia vemos, pelo menos na tv fechada, analistas tecendo críticas contundentes contra atitudes de presidentes, ministros, senadores, etc. Mas quando chegamos no voleibol, vivemos no mundo da fantasia e não vejo perspectiva de mudança. A postura da maioria esmagadora da imprensa quando o assunto é vôlei, é vergonhosa. Do que já vi, algumas das poucas exceções à censura são o seu blog e o do Bruno Voloch, de quem discordo na maioria das vezes, mas que ganhou o meu respeito por pelo menos ser livre. Desculpem-me os outros poucos jornalistas que tratam o voleibol de maneira séria, mas no momento só lembrei destes dois. Parabéns pela sua atitude, ela é bastante digna e corajosa.

    • daniel

      Só para acrescentar e fazer justiça, antes, durante e até após as Olimpíadas, o excelente jornalista Elia Jr do Band Sports não endossou o coro dos fantoches de plantão e se posicionou a cerca dos cortes de Mari e Fabíola.

    • José Roberto fenuchi

      Eu acredito que vocês estão errados!
      Quando o atleta tem influência na equipe, quando ganha ele é herói.
      Quando perde o grupo se esconde e sempre sobra para o técnico e diretoria.
      Time que está ganhando não se mexe.
      Bernadinho / José Roberto são excelentes técnicos vencedores.
      Eles tem convicção do que querem e elevaram junto com grupos escolhidos, Glórias e muitas vitórias de torneios e campeonatos que disputaram.
      Será que você está com problema de memória ou só acompanha o vôlei recentemente?
      A Democracia tem seus limites, como tudo na vida !
      Para que mexer no que está dando certo?
      Acredito com está sua crítica você deve ser Argentino, que está tentando minar nosso vôlei
      do qual vocês são freguês a décadas!
      Bernadinho/José Roberto são os caras do vôlei!!!

      • Depois de ler sua opinião não sei se choro ou dou risada. Defendo o seu direito de expresar-se mais afirmar que democracia tem limites? Gostaria que você me informa-se onde é o limite da democracia, o que você entende por este limite e quem o estabelece?
        Democracia ou é plena ou não é democracia. Na democracia plena as pessoas são livres para pensarem, expresar-se, manifestar-se, organizarem-se sendo que o único meio de evitar abusos ao direito de alguém é a lei estabelecida por pessoas livremente escolhidos pela sociedade e não em processos democráticos “limitados”onde as leis são estabelecidas por algum “iluminado” de plantão. Democracia limitada ou parcial não é democracia, é uma outra coisa qualquer com um ranso de ditadura.
        Na democracia plena não existem assuntos proibidos e nem pessoas intocaveís e é o maior inimigo do obscurantismo e da manipulação. Já aqueles que se sentem incomodados com a crítica e que tem um medo danado de serem expostos, querem logo estabelecer limites e que defendem o “controle” social da mídia (censura mesmo) onde só se pode publicar aquilo que entendem não prejudicar os seus interesses, que retiram faixas de ginásios que não são de seu agrado e punem quem tem opiniões divergentes. De que tem tanto medo? Se são tão competentes assim porque então tentam calar estas pessoas? Coisa boa não é meu caro.
        Quanto a atribuir uma suspeita nacionalidade Argentina (ô complexo de inferioridade besta sô) ou seja lá do que for a aqueles que não comportam-se bovinamente diante dos desmandos cada vez mais evidentes, tenho certeza que é falta da sua parte de entendimento do que ocorreu e o que se tenta acobertar já que o que se questiona neste caso é o direito de manifestação e de crítica seja ela correta ou não e da falta de respostas e não a competência ou endeusamento de técnicos.
        O melhor caminho para a queda é continuar acreditando que resultados passados garantem a glória do futuro e que tudo vai bem enquanto se ganha. É a cultura dos fins justificam os meios. A coisa não vai bem não e mais importante é se saber como se ganha (ou se perde como no masculino) pois a crise interna no feminino quase levou a uma humilhante desclassificação na Olímpiada. Aqueles que você defende são os mesmos que não querem com certeza que este assunto a seja discutido, estão tentando censurar mesmo.

        • José Roberto fenuchi

          Caro Santos,
          Acho que você deve Chorar!!!
          Bom está nosso Basquete, Futebol, Atletismo, Handebol e outros esportes.
          Falar/criticar e escrever um monte de besteira é muito fácil.
          No meu entender você pertence aquele grupo de pessoas que diz que nunca vai dar certo!
          O “quase” não existe no meu dicionário, e não seria desmérito nenhum, porque no esporte vence que melhor aproveitar o momento.
          Sabe qual foi a colocação do Vôlei Masculino em 2012 ?você Sabe?
          E o título esteve muito perto. O Brasil repetiu o que havia feito na primeira fase e atropelou os russos nos dois primeiros sets. No terceiro, teve duas chances de fechar, mas um “apagão” na hora errada comprometeu o jogo. E perdemos por 15 a 09.
          Culpa do técnico?
          Incompetência e amarelão como sempre acontece no esporte Brasileiro!!!
          Para encerrar fomos Bi-Campeão Olímpico Feminino e Medalha de Prata no Masculino o
          que prova que estamos muito bem neste Esporte.
          Graças a nossos atletas e acima de tudo nossa C.B.V. que estimulou nosso vôlei em alto nível, o que atrai a cada dia mais investidores para esporte que mais cresceu no país.
          Porque mudar o que está dando certo?
          Detalhe: Tenho 53, sou profissional liberal e não tenho nenhum envolvimento com a confederação.
          Sou fã do Vôlei Brasileiro e sou contrário a mudar sempre o que está dando certo.
          ” EM GINÁSIOS/ESTÁDIOS E LUGAR DE TORCER/VIBRAR/CANTAR PARA SUA EQUIPE E NÃO MANIFESTAÇÃO POLÍTICA”, Manifestação é na Rua/Av. e Praças.
          Para frente Brasil….
          Dane-se Santos & Bartolletos

          • Daniel Bortoletto

            Bartoletto? ganhei um novo sobrenome, pelo jeito. Mas o que eu disse para provocar sua ira, meu caro?

      • daniel

        José Roberto fenuchi, acho que você não entendeu o que escrevi. Não estou aqui criticando um ou outro técnico, nem pedindo a cabeça de nenhum deles. Apenas defendo a livre expressão. Para mim, Bernardinho, apesar do esquecimento de William, é disparado o melhor técnico do mundo. Sou fã dele. Mas não acho que todo mundo precisa concordar com tudo que ele faz. Zé Roberto é um dos maiores vitoriosos de todos os tempos, tricampeão olímpico, quem sou eu para criticá-lo? Mas ninguém pode me tirar esse direito. E de que adianta um jornalista especializado que não pode ou que não quer falar o que pensa?

  • EDUARDO

    Maior que vergonha é a revolta de nao podermos nos expressar e tentar melhorar uma competiçao que nao é da cbv…é do Brasil. Acho que esta atitude deve ser colocada como exemplo para reforçarmos a luta por uma superliga que clama melhorias em pontos cruciais e que,se nao forem feitas a contento, poderão culminar na decadencia do volei brasileiro.

  • Paulo Roese

    Vergonha esta é palavra mais apropriada para esta situaçao , mas o Voleibol infelizmente é assim , nao que seja negativo , mas só vendo para crer estas mudanças ,pois, tem algum MEDO nesta questao , e nao consigo entender pq, se atletas e todos (nao apenas alguns poderosos), tecnicos e dirigentes e tbm PATROCINADORES nao conseguirem estar sentados e juntos com a tao poderosa ENTIDADE , nao tem como ,pois, novamente ira acabra em PIZZA, podem me cobrar depois.

  • Marcelo

    No Engenhão isso é costumeiro acontecer..

    tenta entrar com uma faixa de protesto pra ver se não te barram na roleta…

  • Clau

    Infelizmente as coisas são assim! Por isso o vôlei brasileiro, nunca vai crescer, e aqueles profissionais, ou até os jovens prodígios não terão oportunidades pelo o esporte. O que é vergonhoso.

  • Fernando

    Já aconteceu comigo numa etapa do mundial de volei de praia em Salvador.
    Levei a bandeira do meu clube, e sentei na parte de trás da quadra… coloquei a bandeira na hora que o jogador ia sacar e provavelmente apareceu na Tv… na 2ª ou 3ª vez que fiz, chegou 2 seguranças e disseram que eu não poderia colocar a bandeira ali… eu questionei e perguntei porque não poderia…. me disseram claramente: “porque está aparecendo na TV e eles não querem”

  • Mariana

    Que absurdo estou sem palavras para isso. Sinceramente passou da hora da globo sair do vôlei assim teremos mais voz para falar o que queremos.

  • Pri

    kkk piada mesmo fizemos isso na nbb basquete, e fomos ameaçados até de levar multa pro time, mas ai fica a mesma indagação e o direito de expressão q está na constituição, será q esses manés das ligas conhecem isso….. ou VOLTMASO A DITADURA??? E esqueceram de nos avisar.. Esporte no Brasil virou piada galera, temos q parar de prestigiar pra ver se algo acontece

  • Pri

    está historia de censura é quando se fala verdade é ridículo, mostra hipocrisia do Brasil

  • Pri

    álias a globo tem q sair do esporte, é vôlei , basquete aff… absurdo não a ditadura e rede globo

  • Luiz

    Imagine se o Daniel me censurasse??? O que eu faria? Sei que vocês adorariam.

    • Marco Túlio

      Particularmente eu não acharia correto.

      “Posso não concordar com o que dizes, mas defenderei até a morte o direito de dize-lo.” (com certeza você conhece essa citação de Voltaire)

      • Luiz

        Não, não conheço. Mas, valeu pela forcinha! Ás vezes eu discordo do Daniel, mas eu gosto dele. Só em em aturar já é um grande feito… hahahaha

  • Joyce Ferreira

    É triste vê que existe interesses particulares, em algo que é coletivo e lindo de vê que o esporte, indepedente qual seja. Vivemos no país democrático e não mais ditador, eu ´´creio´´ , é tão feio observar atitudes tão mesquinhas, o Brasil é o país do volei, fato, que poderia ser maís ou tão popular quanto o futebol, mais precisamos acordar com essas atitudes e divulgar mais o esporte brasileiro que nos enche de tanto orgulho, chega de favoritismo e monopolio de algumas redes televisivas, acorda aí Brasil.
    Por uma super liga melhor, meu totsal apoio.

  • Marcos

    EU QUERIA QUE OS CLUBES E JOGADORES TIVESSEM CORAGEM E MANDASSE A GLOBO PRO INFERNO, ISSO SIM, ROMPE COM ELA E FECHA COM A BAND E BAND SPORTS OU ATÉ MESMO A ESPN, MUITO MELHOR DO QUE UM CANALZINHO PREPOTENTE QUE ACHA DONO DA VERDADE…..

    • Luiz

      Exatamente.

  • kleber

    até quando teremos de aguentar o” jeito globo” de fazer esporte? o jeito que idiotifica o esporte…o que aliás ela ja fez com entretenimento, novelas, filmes, telejornalismo, etc

  • Bruna

    Lamentável isso, mesmo após a ditadura, continuamos sendo sensurados, não podendo expor a nossa visão!

  • Juliana

    Quer vergonha, chega a dar nojo da nossa televisão, da CBV …. até quando as coisas irão continuar assim …. Toda forma de manifestação tem quer ser por meio das redes sociais pq a televisão e jornais não transmitem … eu posso estar errada, mas na minha cidade eu nunca vi uma notícia sobre a Superliga nos jornais de grande circulação ….Nada.

    ESPERAMOS MUDANÇAS! QUEREMOS MUDANÇAS!

  • Cleverton

    Tem muitos comentários criticando a postura da CBV claro que não tem como negar mas vamos analisar a posição da Globo, ela realmente exibiria a mensagem sendo que esta envolvida também nessa questão? Do que adianta temos uma final no estilo super bown se o que patrocinadores, equipes e jogadores clamam por mais jogos na tv aberta? E duvido se todas as mudanças forem feitas a Globo ira exibir todos os jogos no sábado e principalmente no domingo brigando com sua programação e futebol.

  • croco

    Só tem uma coisa pior que político no Brasil …. a imprensa …. polícia é mesmo nível …. porém a imprensa Brasileira é mais suja que pau de galinheiro …. existe alguma coisa boa … porém a maioria é podre.

  • Mudando de esporte (pro futebol), mas não de assunto: ano passado aconteceu esse tipo de censura com a torcida do Atlético-MG. A torcida resolveu se manifestar contra os constantes erros de arbitragem a favor do Fluminense, no Brasileirão. Se organizou e, de forma pacífica e sem ofensas, criou um grande mural na arquibancada em que vários torcedores levantavam placas com as cores do tricolor carioca e formavam a sigla “CBF”. Resultado: a CBF ameaçou seriamente tirar o mando de campo do Atlético em alguns jogos, como “punição” pela manifestação da torcida… Em tempo: por coincidência, o presidente de CBF foi um dos principais responsáveis pela prisão do jornalista Vladimir Herzog, durante o regime militar.

  • Rodrigo

    CBV é a maior ditadura que temos nesse país. Vide jogadores de volei de praia que não poderão disputar o circuito mundial por não aderirem ao projeto de seleção imposto pelo Sr. Ary Graça. Dupla tem que ter afinidade pra dar certo. E se criticarem podem encerrar a carreira.

  • Josiane

    Triste realidade porém não me espanto mais com isto. no vôlei só mostram faixas se a mensagem for propaganda gratuita para a emissora de TV…

  • maria tereza

    Esperar o que de um país em que em um 01 de abril não tão longe assim o jornal do mesmo grupo de telecomunicação que hoje é dona da Super Liga veio com editorias defendendo os golpistas foi quando a globo virou esse império bilionário que nos impõe todo lixo e basta uma manifestação do povo brasileiro ganhar força, seja ela cultural vide os desfiles das escolas de sambas ou esportivas como o campeonato de futebol e mais recente o nosso vôlei, que o império compra e enquadra segundo os seus padrões de qualidades ideológicas ou seria mercadológicas não importa o que importa e que enquanto ficamos calados e passivos essa situação vai continuar, hoje 49 anos e um dia depois do golpe militar ainda vivemos uma ditadura só que agora da informação manipulada e do poder econômico.

  • Mkl Juliano

    Obvio que existe sensura no Brasil. Lógico que ñ é de modo violento fisicamente como na época da ditadura militar, mas existe outras ditaduras em vigencia. Existem certos interesses daqueles que possuem o poder (como a da informação, controlado pelo imperio Globo) que quem se opoem minimamente, ou atrapalha seus interesses como a divulgação das noticias de gastos absurdos nos estadios em contradiçao com o abandono de outros setores como educaçao etc, simplesmente nao se dá o destaque que merece, assim, a massa esquece e a vida permanece por mais tempo a mesma: ela, globo, no comando, e seus interesses comerciais intocaveis. Como os eventos esportivos transmitidos podem ser criticados? Nossa democracia é leve e delicada. Parece um moça jovem, sem experiencias.

  • Celio Angeloni

    Quando algum segmento se torna um grande evento e atrai investimentos, os interessados direta e indiretamente, por não terem capacidade de compreensão de que, a coisa bem feita, certinha, bem organizada, rende muito mais, exemplo: NFL, aí eles mostram toda sua força primata para manter seu poder a qualquer preço.
    Quem sofre é o esporte.
    Será que ninguém é capaz de enxergar o que a globo está fazendo com o futebol brasileiro?
    Aliás ela já tem os bois de piranha pra 2014,bem armadinhos para a possível derrota da seleção brasileira.
    (Como dizia Don Corleone “Não é nada pessoal, apenas negócios)

  • Luiz Marfetán

    Nos dias de hoje contamos com mais canais de informação, que lamentavelmente não chegam a certos setores como em alguns esportes.
    Essa emissora controla o que e dito, o que é divulgado em um claro cerceamento a liberdade de imprensa, depois vemos no JN a cara cínica de WB queixando-se do governo, quando este fala na criação da “Lei de responsabilidade da imprensa” a cual existe em todas as democracias do mundo. Aqui a censura e aplicada, na surdina, por quem berra publicamente por ela!

  • Lucas Rodrigues

    Brasil realmente continua sendo o país do contrasenso. É permitido levar verdadeiras “armas” letais.(como a que atingiu e matou um torcedor no estádio de futebol) aos sítios esportivos, em contrapartida é proibida a liberdade de expressão nesses mesmos locais. Seguindo essa lógica, será que estamos prestes a vivenciar a Copa e as Olimpíadas da censura??? E olha q motivos para se manifestar não faltarão.

  • Jorge

    Me parece haver um complô das nossas “autoridades” para impedir que torcedores se manifestem. Na inauguração da fonte Nova – Salvador, além de guarda chuva, sinalizador, está também probido faixas com conotação política. Será que estamos prestes a viver uma ditadura ideológica? Os fatos ocorridos com a bloqueira cubana, inclusive aqui em Feira de Santana, Bahia, nos demonstra isso. Lamentável.

  • Geraldo Jr

    Caro Daniel, isso para mim não é novidade. Na superliga passada, o Volei Futuro foi finalista como todos sabem e a nossa torcida foi em peso para a final cuja foi realizada em São Bernardo do Campo, de Araçatuba saíram 35 ônibus como foi noticiado na época, eu e mais alguns familiares que iriamos ao jogo, decidimos por livre espontânea vontade resolvemos mandar fazer faixar para prestar homenagens ao nosso grupo, aos patrocinadores e diretoria, pelo até então momento vivido, e único na história do voleyball, pois bem, chegamos ao ginásio por volta de 8h30, 9h00, adentramos ao mesmo, e começamos a colocar nossas “humildes” faixas, que de conteúdo não tinha nada de desagradável, não estávamos ofendendo ninguém, apenas homenageando quem merecia, depois de todas as faixas penduras (total de 4 faixas), perto do inicio do jogo, mais precisamente na hora da execução do hino Nacional Brasileiro, vieram 4 seguranças, arrancando as faixas, e simplesmente “embolando” e levando as embora, fomos perguntar o motivo e disseram para não fazermos perguntas, que era ordem e atrapalhava a estética, ou melhor a decoração do ginásio, ai perguntamos se podíamos ficar com elas em mãos, no momento nem nos respondeu e saiu andando, só que fomos atras, e depois de tanto insistirmos o pessoal da organização liberou para ficarmos com as faixas em mãos.

MaisRecentes

Vaivém: Jaqueline no Hinode/Barueri



Continue Lendo

Cai o primeiro técnico após UMA rodada da Superliga



Continue Lendo

Luizomar e Rizola não conseguem vaga no Mundial



Continue Lendo