Em Gramado, estreia do vôlei com belo espetáculo



A icônica Gramado, na Serra Gaúcha, recebeu na noite de sábado pela primeira vez uma partida da Superliga Cimed Masculina. E pelo envolvimento da comunidade e qualidade do espetáculo a dose deverá ser repetida no futuro.

Mais de duas mil pessoas praticamente lotaram o ginásio Perinão e viram o EMS/Taubaté derrotar o Lebes/Canoas no tie-break, parciais de 25-27, 25-19, 25-23, 22-25 e 15-11.

A direção de Canoas tinha a intenção de levar uma partida para Gramado desde a temporada passada. Para viabilizar o jogo, conseguiu apoio da Secretaria de Esporte e Lazer do município, além do Laghetto Siena, hotel responsável pela alimentação e hospedagem dos dois times, e a Ventosul, empresa de transporte que cedeu os ônibus. Dar visibilidade aos patrocinadores e expandir as fronteiras do vôlei no Rio Grande do Sul, um estado com tradição no esporte, eram algumas das motivações. E a experiência foi aprovada.

– Foi um evento muito bacana. Não foi apenas um jogo de vôlei, pois tivemos vários eventos durante o dia. Foi um sucesso, uma experiência maravilhosa. Para a próxima temporada queremos repetir esse belo evento, talvez até perpetuar. Creio que plantamos uma sementinha, para quem, sabe, futuramente nascer um Gramado Vôlei – comentou Gustavo Endres, supervisor do Canoas, ao blog, que completou:

– O pessoal de Taubaté também adorou. Eles saíram para passear, compraram chocolate pra caramba (risos). Estou muito contente e feliz por ter participado, infelizmente não mais em quadra, mas do lado de fora. Fiquei muito surpreso com a organização. Eles se preocuparam para tudo sair perfeitamente. Desculpe ser repetitivo sobre isso, mas esse exemplo de Gramado poderia ser repetido no Brasil inteiro.

O sucesso da ação mereceu elogios dos adversários.

Otávio e Rapha como os troféus de melhor do jogo e para o vencedor (Divulgação)

– Foi um evento sensacional como um todo. O público compareceu, nos deu muito carinho, e poder ver ali no ginásio tantos fãs do voleibol que nem sempre têm acesso a um jogo foi muito gratificante. Fiquei muito feliz e torço para que mais iniciativas assim possam acontecer na nossa Superliga – disse o levantador Rapha, do Taubaté.

Na véspera do jogo, uma ação de marketing reuniu os campeões olímpicos e mundiais Gustavo e Dante, ponta do Taubaté, para a confecção de um troféu de cristal. Pelo Instagram do supervisor do time de Canoas foi possível acompanhar um trecho do divertido encontro:

– Fizeram dos moldes da minha mão e a do Dante. Depois juntaram uma bola de vôlei para fazer o troféu entregue ao vencedor da partida.  Fomos na fábrica da Cristais de Gramado, um dos apoiadores do evento, conhecemos como eles trabalham. Foi bem bacana – explicou Gustavo.

Com a vitória, o Taubaté chegou a 33 pontos e segue na quarta posição na tabela de classificação. O time comandado por Daniel Castellani está dois atrás do Sesi e dois à frente do Minas. Já Canoas somou um ponto e foi a 21, mesmo número do Vôlei Renata, sexto colocado. Com 20, o Corinthians/Guarulhos fecha a lista de times com vaga nos playoffs, após derrota no tie-break na noite de ontem para Montes Claros.

O central Otávio foi eleito, por votação popular no site da CBV, o melhor do jogo e levou o Troféu VivaVôlei Cimed. Ele marcou 22 pontos, oito deles no bloqueio. O maior pontuador do duelo foi o oposto Abouba, do time gaúcho, com 28 (19 no ataque, cinco no saque e quatro no bloqueio).

– O Lebes/Canoas fez uma partida excepcional e valorizou demais nossa vitória. Nós acabamos não jogando tão bem, por isso encontramos muita dificuldade. Já no tie-break nosso time cresceu, mostrou força de decisão e assim nosso jogo fluiu melhor – analisou Otávio.



MaisRecentes

Dinheiro chinês desequilibra a VNL



Continue Lendo

Coluna: O nível europeu está altíssimo



Continue Lendo

Coluna: Sinal de alerta com a base



Continue Lendo