Na Liga, recuperação brasileira



O Brasil se recuperou da derrota para a Sérvia ao superar, nesta sexta-feira, o Irã, pela segunda etapa da Liga Mundial.

O triunfo verde-amarelo aconteceu em quatro sets, parciais de 25-18, 24-26, 25-16 e 25-17, em Belgrado (SER).

Isac e Maurício Borges entraram bem (FIVB Divulgação)

Isac e Maurício Borges entraram bem no duelo com o Irã (FIVB Divulgação)

Uma das caras novas de Bernardinho na equipe titular foi destaque. Maurício Borges anotou 16 pontos, apenas um atrás do oposto Wallace e um à frente de Lucarelli. O ponta atuou no lugar de Lipe, que sofreu uma lesão muscular na panturrilha esquerda e irá ficar afastado das quadras por cerca de 10 dias.

O treinador fez outras duas alterações no time-base: Tiago Brendle no lugar de Escadinha e Isac na vaga de Maurício Souza. O líbero teve o melhor desempenho da Seleção no aproveitamento de passe (56,2%), enquanto o central anotou 13 pontos (11 no ataque e dois no bloqueio).

Depois do 20 a 2 em aces em favor da Sérvia, na quinta, o Brasil descontou a má atuação no Irã, ficando à frente no placar: 7 a 1. Lucarelli foi o grande destaque, com quatro aces.

Repetindo o fim de semana passado, no Rio, o Irã não teve em quadra Ghafour e Ghaemi, dois de seus principais atacantes. Sem eles o time de Raul Lozano fica bem limitado na virada de bola.

Amanhã, o Brasil encerra a participação nesta etapa diante da Bulgária.

 



MaisRecentes

São Bernardo desiste do Paulista. Alerta ligado na Superliga



Continue Lendo

Brasil leva virada dos Estados Unidos em terceiro amistoso



Continue Lendo

Vaivém: Fronckowiak anunciado por clube polonês



Continue Lendo