Na estreia de Lucas Lóh na Liga das Nações, Brasil se recupera



A Seleção Brasileira se recuperou das três derrotas seguidas na Liga das Nações masculina. Em Melbourne, os campeões olímpicos derrotaram a Austrália por 3 sets a 0, parciais de 25-22, 25-19 e 25-19, nesta sexta-feira.

Um resultado essencial na matemática para a classificação para as finais. O Brasil entrou na partida pressionada na sexta posição, o limite para garantir a última vaga.

Com mais dois jogos a fazer, a Seleção soma agora 9 vitórias e 27 pontos, deixando para trás Polônia e Sérvia, que já entraram em quadra hoje e venceram Argentina e Canadá, respectivamente.

Neste sábado, o confronto direto com os poloneses pode valer a classificação para as finais na França.

A novidade de Renan Dal Zotto na escalação foi Lucas Lóh. O ponta, que se juntou ao grupo apenas para a etapa australiana da Liga das Nações, foi titular no lugar de Douglas Souza.

Uma clara demonstração da insatisfação do técnico em relação ao desempenho da linha de passe brasileira nos últimos duelos. Maurício Borges e Thales completaram a formação.

Lucas Lóh acionado no jogo contra a Austrália (FIVB Divulgação)

No primeiro set, Lucas Lóh foi o grande nome do time e no ataque. Recebeu seis bolas para atacar e pontuou em cinco delas. Liderou o time. No decorrer da partida, teve uma queda no aproveitamento (11 em 24) e terminou com 12 pontos marcados.

Apenas para variar, o oposto Wallace foi o maior pontuador, com 16.

LEIA TAMBÉM

+ Claudinha chega com moral ao Osasco/Audax



MaisRecentes

Coluna: Minas e um dia histórico para o vôlei nacional



Continue Lendo

O tremendo desafio de Minas e Dentil/Praia Clube no Mundial



Continue Lendo

Coluna: Sinal de alerta com as chuvas no Brasil



Continue Lendo