Na definição dos playoffs, Medley/Campinas sai como maior vencedor



A Superliga masculina conheceu os confrontos das quartas de final já na madrugada deste domingo.

RJX x São Bernardo; Sada/Cruzeiro x Volta Redonda; Sesi x Móveis Kappesberg/Canoas; Medley/Campinas x Vivo/Minas.

O Medley/Campinas é quem mais teve motivos para comemorar. Em casa, o time de Marcos Pacheco fez 3 a 1 no Vivo/Minas e roubou o quarto lugar do rival. O duelo voltará a se repetir nos playoffs, com o time paulista tendo a vantagem de jogar duas vezes em casa. O oposto Rivaldo, com 28 pontos, foi o grande nome do confronto.

Outro duelo que tende a ser bem equilibrado é Sesi x Móveis Kappesberg/Canoas, novo confronto entre os irmãos Murilo e Gustavo. Apesar de ser um time repleto de selecionáveis, o Sesi teve dificuldades em toda a competição para escalar os titulares e ter uma sequência com eles. O resultado foram muitas vitórias sofridas contra time inferiores tecnicamente. Repleto de jogadores experientes, o time gaúcho, que poderia ter ficado em quarto se não tivesse levado o jogo com a UFJF para o tie-break, pode sentir falta de Roberto Minuzzi, contundido, que vinha fazendo uma ótima Superliga.

Nos demais confrontos, RJX e Sada/Cruzeiro são favoritos. Líder da competição, o time de Marcelo Fronckowiak pode ficar sem Bruninho, que sofreu uma forte torção no tornozelo no duelo com o Super Imperatriz e será reavaliado hoje. Já os mineiros contam com o excelente momento do cubano Leal, jogador que evoluiu bastante na reta final do returno.

Por fim, qual será o futuro do Vôlei Futuro? Uma pergunta que gostaria que os dirigentes de Araçatuba respondessem.



  • Emanuella

    o maior perdedor foi o Canoas. Que dependia só deles para acabar em quarto lugar e conseguiu perder um ponto para o vice lanterna. Dançou e ficou em sexto. Vai enfrentar o Sesi que apesar dos altos e baixos acho que leva a série sim.
    Melhor confronto será o quarto contra o quinto mesmo. Aposto no Medley. Os outros três confrontos acho que serão mais fáceis.

  • Luiz

    O Futuro do Vôlei Futuro é o fim. O time não teve dinheiro para contratar nem jogadores médios. Tirando Ricardo, Vini e Minchael, o time era 1 numa escala até 10. Vergonha! Eu mesmo como fã do time, cantei esta bola antes mesmo da superliga começar, eu sabia que não se classificariam.

  • bsb

    Uma pena este 6º lugar do Canoas, uma equipe que foi muito bem durante quase toda a superliga agora no final decaiu de produção e acaba encontrando o Sesi. O Minas é outro que podia ter feito coisa melhor contra o Campinas, mesmo assim acho que o time mineiro chega nas semis. O Volei Futuro foi uma decepção, apesar das perdas da temporada passada para essa a equipe podia ter feito algo melhor, não acredito que o projeto continuará sendo bancado, se isso acontecer será só mais um caso entre tantos que já aconteceram.

  • Adriano

    Foi, realmente, bastante vacilo do Móveis/Canoas sair em 6º, perdendo um ponto valioso para Juiz de Fora. Infelizmente, não creio que ele consiga muito diante do Sesi. Acho que é uma questão de o jogo não encaixar – se o adversário fosse o Medley ou o Minas, certamente ele teria uma chance melhor. E acho que se o Sesi fosse enfrentar o Minas, ele sofreria bem mais para passar às semis.

    No fim das contas, creio que a única série realmente equilibrada, e na qual boto fé que haverá terceiro jogo, será entre Medley e Minas, repetindo esse jogão da última rodada.

MaisRecentes

Semana positiva das Seleções adultas



Continue Lendo

Coluna: O polêmico teste na regra do vôlei



Continue Lendo

Vaivém: Mais estrangeiras na Superliga?



Continue Lendo