Montes Claros e Bolívar abrem Sul-Americano com vitória



Brasil e Argentina cumpriram a obrigação e largaram bem no Campeonato Sul-Americano masculino de clubes, nesta terça-feira, em Montes Claros (MG).

O Bolívar passou pelo Thomas Morus, do Chile, por 3 sets a 0, mas com dificuldades em duas parciais: 25-23, 25-16 e 26-24.

No jogo de fundo, Montes Claros fez a festa da torcida da casa ao passar pelo Club Peerless também em sets diretos, parciais de 25-15, 25-15 e 25-17.

Montes Claros

Comemoração do time de Montes Claros (Divulgação)

Nesta quarta, os outros dois representantes de Brasil e Argentina farão a estreia. O Lomas Voley abre a rodada contra o time chileno, enquanto o Sada/Cruzeiro e Montes Claros farão o clássico mineiro.

– O Sul-Americano é um campeonato importantíssimo para o nosso time, não só pelo título, mas porque almejamos jogar mais um Mundial. Nossas pretensões são sempre altas e o time vai com tudo, mais uma vez. Sabemos que há bons times na disputa e que o nosso elenco carrega o peso do favoritismo, novamente. Acredito que dificilmente o título escapa das mãos dos brasileiros ou argentinos, que são os mais fortes entre os seis participantes, então imagino que as semifinais serão entre os quatro. É uma semana dura, de jogos diários, e precisamos estar concentrados para jogar o melhor possível a cada dia para chegar bem nos últimos confrontos – disse o líbero Serginho, que luta pelo pentacampeonato continental.

 



MaisRecentes

12 anos. Mas parece que foi ontem em Pequim



Continue Lendo

Unir concorrentes mostra o tamanho de Rodrigo Rodrigues



Continue Lendo

O indispensável fair play precisa evoluir



Continue Lendo